Jogamos

Análise: Green Lantern Rise of the Manhunters (Wii)

É verão na América do Norte, período de férias e de grandes lançamentos no cinema americano, os c... (por Felipe de Castro em 25/06/11, via Nintendo Blast)

green-lantern-rise-of-the-manhunters-wiiÉ verão na América do Norte, período de férias e de grandes lançamentos no cinema americano, os chamados blockbusters. O popular “cinema pipoca” são aquelas produções extravagantes, com um alto investimento em marketing, muitos efeitos especiais e produzidas para agradar ao público em geral. Alguns desses campeões de bilheteria acabam ganhando suas versões para o universo dos games, com o intuito principal de aproveitar o sucesso dos filmes. Neste ano, um herói da DC Comics, O Lanterna Verde, vai ganhar sua estreia nas telonas. E como não podia ser diferente, o herói também ganhará sua versão em diversos consoles.

O jogo Green Lantern:  Rise of The Manhunters é inspirado no longa-metragem e mostra Hal Jordan, o mais novo membro da Tropa dos Lanternas Verdes, na tentativa de restaurar a ordem intergaláctica empunhando a sua mais poderosa arma: o anel do poder dos Lanternas Verdes. Confira agora no Nintendo Blast a análise deste game para o Nintendo Wii.

A origem, as várias faces e o game do herói…

lanternanegro"No dia mais claro
Na noite mais escura
Nenhum mal escapará à minha visão
E aqueles que cultuam o mal
Temam o meu poder
A luz do Lanterna Verde!"
Juramento do Lanterna Verde
Liga da Justiça - Episódio: Na noite mais Negra
A série de quadrinhos Lanterna Verde (Green Lantern), publicadas pela DC Comics, teve sua primeira história lançada em julho de 1940. O escritor Bill Finger e o artista Martin Nodell foram os responsáveis pelo primeiro Lanterna Verde humano, o Alan Scott. No final da década de 50, a DC Comics reinventa a série e dá a um outro personagem humano, Hal Jordan, o poder do anel. 

O anel é considerado um das armas mais green-lantern-filming-3dpoderosas do universo e cada Lanterna Verde possui o anel do poder, que dá ao seu usuário um grande controle sobre o mundo físico. Para isso, basta que o portador do anel tenha vontade, imaginação e força o suficiente para controlá-lo. Os anéis foram criações tecnológicas dos Guardiões do Universo que concedeu os anéis para quem é digno deste poder.

Green-Lantern-Movie-CostumeO personagem Lanterna Verde ao longo dos anos foi ganhando novas releituras nos quadrinhos e espaços em outras mídias. Na serie animada Liga da Justiça e Liga da Justiça Sem Limites, o Lanterna Verde (John Stewart) combate o mal juntamente com os outros heróis da série. Já o filme Lanterna Verde (2011) produzido pela Warner Bros. conta como Hal Jordan (Ryan Reynolds) o primeiro humano que se tornou um dos Lanternas Verdes. E juntos com os outros guerreiros possuidores do anel, eles precisam impedir que o equilíbrio das forças do Universo seja destruído pelo inimigo Parallax.

O personagem também ganhou sua versão nos games. Green Lantern: Rise of The Manhunters o primeiro game do personagem, lançado para diversos consoles é baseado no filme e tem o intuito de ampliar a experiência teatral de um dos heróis mais populares da DC Entertainment. Será que ele cumpre o que promete?

  • O poder do anel no Wii ou seria 3DS?

nintendo-3ds-green_lantern_6Iniciando Green Lantern: Rise of The Manhunters, o game já começa apresentando a história com imagens estáticas e legendas na parte inferior da tela, que pelo menos podem ser visualizadas em português. A história do game retrata que Hal Jordan, já possuidor do anel, está atravessando o espaço envolvido pelo campo de energia verde em direção ao planeta de Oa. Ele é um dos escolhidos para proteger todo o setor espacial (que inclui a Terra e Oa) em nome dos Guardiões da Oa. O Planeta Oa é o lar da Tropa dos Lanternas e dos magos espaciais azuis, conhecidos como os Guardiões. E é lá que o Lanterna Verde humano vai receber todo o treinamento para usar o poder do anel e proteger seu mundo e os vários outros. Sendo está sua missão. 

A sua missão realmente começa quando, durante o treinamento com os outros membros da Tropa dos Lanternas Verdes, os robôs malvados de Manhunters iniciam um ataque a Oa. Contudo, os Guardiões avisam ao Lanterna Verde que os Manhunters estão invadindo outros mundos e Hal Jordan deve ir junto com os outros Lanternas para impedir a invasão e ascendência dos Manhunters no Universo.

1308187025_4Então na busca para tentar impedir essa invasão, Lanterna Verde deve viajar pelo cinco mundos (Cidade Costeira, Mogo, Oa, Ovacron 6 e Ranx) destruindo os robôs e encontrando os objetos perdidos. Com uma história mediana e diálogos singelos, Green Lantern: Rise of The Manhunters praticamente se resume a uma única funcionalidade: destruir os inimigos robóticos e suas armas.  

Num primeiro instante você acha o visual do game até mediano, mas conforme avança, percebe as várias repetições nos cenários e o conceito vai decaindo. O personagem pode voar livremente pelos cenários, destruindo os inimigos e encontrando objetos, mas para isso deve verificar continuamente o mapa de cada fase. E é bacana o visual e a utilização de variados itens (bigornas, âncoras, carros martelos, etc.) como armas. Mas para isso é preciso fazer o “download” (a tradução do game utiliza dessa palavra) destes itens para o anel fazer a construção como arma. Mas mesmo assim, esses downloads não deixam o anel mais potente e nem melhora a jogabilidade e diversão do game.

nintendo-3ds-green_lantern_2Se Green Lantern: Rise of The Manhunters peca graficamente, não espere muito também da parte sonora do game. Em nenhum momento da aventura (se é que posso dizer isso) pude perceber alguma atuação de voz para os personagens. Nem mesmo na apresentação do game com as imagem estáticas os desenvolvedores se deram ao trabalho de colocar uma voz masculina para ler as legendas do game referentes ao personagem principal. De forma resumida, o game traz músicas repetitivas e alguns efeitos sonoros.

Se o anel é realmente um das armas mais poderosas do universo e o seu usuário pode fazer qualquer coisa que imaginar, no game no Nintendo Wii ele não demonstra isso. Conforme avançamos no game, os novos poderes são adquiridos em um processo lento e repetitivo, o que desanima bastante a possibilidade de adquirir e procurar por esses novos poderes. Além disso, os pontos de experiência podem ser trocados em atualizações para fortalecer algumas características do personagem e do anel. Já para adquirir os pontos de experiência, basta destruir os Manhunters, e cumprir os objetivos e encontrar os itens. Tudo sempre muito repetitivo e enfadonho.

nintendo-3ds-green_lantern_4Além de tudo isso, tenho a ligeira impressão que a versão para o Wii de Green Lantern: Rise of The Manhunters é muito parecida com a versão 3DS. Se realmente isso for verídico, esse é um tremendo desrespeito com todos nós, jogadores de Wii. Um total abuso e desconsideração.
  • Qual era a missão mesmo?

lanterna verdeSe a missão do Lanterna Verde de Green Lantern: Rise of The Manhunters é proteger o universo utilizando o poder do anel, o jogador que realmente quiser se arriscar nessa (des)aventura deve ter um bom motivo para adentrar nessa missão. No meu caso a única motivação era escrever uma análise alertando nossos leitores sobre este jogo. Tanto que nem me interessei pelos extras que podem ser desbloqueados (novos uniformes e cenas em quadrinhos).

Se o real intuito dos produtores e desenvolvedores de Green Lantern: Rise of The Manhunters era ampliar a popularidade e a experiência teatral desse personagem, eles falharam. Eu prefiro lembrar do Lanterna Verde de outras mídias, mas particularmente acredito que a única intenção ao desenvolverem esse game era se aproveitar do marketing e sucesso do filmes e assim agregarem um lucro maior para a franquia.

Prós

  • Legendas em português;

Contras

  • Apresentação com imagens estáticas;
  • Ausência de vozes para os personagens;
  • É apenas um port da versão do 3DS;
  • Extremamente repetitivo;
É uma pena todo esse descuido com os jogos referentes aos super heróis, principalmente os que são adaptações ou baseados em filmes do mesmo. Mas, da mesma forma que são raros os filmes desse tipo de narrativa que recebem boas críticas, parece que os games também estão seguindo essa premissa. Mesmo assim, fica a dica: fiquem longe da “luz do Lanterna Verde” para o Nintendo Wii.
Green Lantern: Rise of The Manhunters – Nintendo Wii – Nota Final:  5,0
Gráficos: 6,0 l Som: 5,0 l Jogabilidade: 5,0 l Diversão: 4,0
Felipe de Castro escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Recomendações