Plug and Blast

Plug and Blast: Wii Classic Controller

Quando falamos de Nintendo Wii, a primeira palavra que pensamos é revolução. E não pense que é só por causa do seu codinome (Revolutio... (por Aurélio Galdino em 08/04/2012, via Nintendo Blast)

Quando falamos de Nintendo Wii, a primeira palavra que pensamos é revolução. E não pense que é só por causa do seu codinome (Revolution), tudo se deve aos seus controladores por movimento que parecem controles de TV, avatares personalizados (Mii) e pela divisão de águas, que separou jogadores entre casuais e hardcore gamers. Algo que chamou atenção no Wii foi a gama de possibilidades de controles, conte comigo, a combinação Wiimote + nunchuck, Wiimote deitado, controle de Game Cube e o Wii Classic Controler, e se formos contar a Balance Board e o Classic Controller Pro, temos, nada menos que seis esquemas de controle possíveis!!! Algo que realmente traz um leque de opções e possibilidades quase infinitas, vamos aos detalhes da mais clássica dessas opções:

Super Nes Controller com alavancas?

Talvez essa seja a forma mais comum de descrição do Wii Classic Controller. Em Viram a semelhança?alguns pontos é a mais acertada e precisa forma de descrição de todas, mas há algumas diferenças:

  • Linhas mais suaves na parte inferior do controlador, design que segue o do console, retilíneo e sóbrio
  • As duas alavancas analógicas a la Dual Shock
  • A inclusão dos botões ZL e ZR na face superior do controle
  • O botão central ‘’home’’
  • Conexão em partes ‘’Wireless’’

O ‘’porquê’’  de tê-lo

A combinação Wiimote + Nunchuck é maravilhosa, foi protagonista e principal motivo de jogos como Mario Galaxy 1 e 2 e Zelda: Skyward Sword serem tão maravilhosos, tamanha a liberdade e engenhosidade que ela propicia. porém alguns jogos simplesmente não combinam com as incessantes chacoalhadas de controles, vamos a lista:

  • Jogos de Virtual Console

Serviço de distribuição de jogos da loja virtal do WiiOs jogos de virtual console foram uns dos fortes motivos para a disponibilização desse controle no mercado, pois o mesmo possibilita jogar os jogos de todas as plataformas disponíveis no serviço. Jogos como Sin and Punishment do Nintendo 64, por exemplo, que só apareceram no Japão, deram as caras por essas bandas a partir da loja virtual da Nintendo, esse jogo já é um grande motivo para você possuir um controle que lhe ofereça a possibilidade de jogá-lo.

Sin and Punishment
  • Monster Hunter 3
Monster Hunter 3O jogo de caça aos mostros da Capcom simplesmente não seria o mesmo sem o suporte ao classic controller, o controle constante de câmera faz desse jogo muito complicado de jogar com a configuração básica de controles do Nintendo Wii. Além disso, a disposição dos botões no Wiimote é demasiadamente estranha e nem um pouco prática. A Capcom inclusive firmou uma parceria com a Nintendo e disponibilizou junto ao jogo o Classic Controller Pro, reforçando a idéia da necessidade de possuir o acessório para que haja uma experiência de jogo satisfatória.
  • Pro Evolution Soccer e Fifa
Jogos de futebolJogar Futebol com o Wiimote + Nunchuck é muito legal, você tem uma liberdade na criação de jogadas inigualável, mas cansa e rápido. Jogos de futebol têm a sua dose de sedentarismo. O esquema não oferece em nenhum momento uma mão livre para pegar os petiscos nas incessantes jogatinas com os amigos. Além, é claro, da precisão que é oferecida pelo esquema clássico que é extremamente maior e para esse jogo em questão atribui maior dinamismo ao jogo.
  • Jogos de luta
Tatsunoko VS CapcomÉ inegável que o Wiimote não foi feito com jogos do gênero em pensamento. Jogos de luta não têm jeito, foram concebidos para jogar esmagando botão, e mais uma vez a disposição e a quantidade dos botões do Wiimote não ajudam. Mas ainda assim, podemos nos vangloriar de ter Tatsunoko vs Capcom e o saudosíssimo Super Smash Bros Brawl como opções do gênero para o console!

Que coisa estranha!


Acho que será uma das primeiras coisas que todo mundo vai achar do controle por um motivo: o mesmo deve ser conectado ao Wiimote para funcionar. Para quem não entendeu: ele possui um conector similar ao do Nunchuck para ser plugado no Wiimote. Uma escolha de design duvidosa, afinal: O que custa criar um controle clássico 100% Wireless?

Outro motivo de estranheza é que os botões ZR e ZL apesar de possuírem nomes diferentes, possuem em todos os jogos (que testei) a mesma funcionalidade, então na verdade na face superior são somente três botões com funções distintas.

O controle possui ranhuras traseiras que inicialmente seriam utilizadas para que o Wiimote fosse acoplado e pudesse utilizar os sensores de movimento de forma semelhante a do Sixaxis, porém a ideia não saiu do papel e é um lugar que mais serve para acumular poeira.

Algo que deve ser uma constante, é a duvida entre comprar um controle de Game Cube ou o Classic Controller, pois, a maioria dos jogos com suporte ao Classic tem suporte ao de Game Cube. Além disso, o controle de Game Cube possui suporte dos jogos do Virtual Console e dos jogos do finado Game Cube, essa última função o Classic não tem.
A Nintendo em todas as suas linhas de produto causou polêmica e com o Classic Controller não foi diferente, talvez esse seja o tempero para que a empresa consiga manter o fascínio dos jogadores por seus produtos por tanto tempo.

Brigas Judiciais

Uma empresa chamada Anascape processou a Nintendo alegando que a mesma teria violado uma patente com relação a interface do produto. Em 2008 a Nintendo foi condenada e proibida de comercializar o controle nos EUA até segunda ordem. Porém, em 2010, após recurso, a Nintendo reverteu o quadro e voltou a comercializar o controle normalmente.

Classic Controller Pro

O Classic Controller Pro seria o Classic Controller com algumas de suas linhas redesenhas, a primeira das mudanças é a inclusão de manetes e formas mais ergonômicas, além da mudança da disposição dos botões ZL E ZR. O que deixou o controle muito parecido com o Dual Shock do Play Station.

Wii Classic Controller Pro

Versões Especiais

Vários jogos tiveram versões exclusivas do controle:
Mãe, quero um de cada!
Da esquerda para a direita: GoldenEye 007, Xenoblade Chronicles, Samurai Warriors 3 e Monster Hunter G, e há muitos mais!

Qual você levaria para casa? Eu particularmente gosto do vermelho!

Revisão: Luigi Santana

Aurélio Galdino escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook