Discussão

Discussão: Os casuais e hardcore terão espaço no lançamento do Wii U?

O foco do Wii U, diz a Nintendo, será os jogadores hardcore. Isso é dúbio, pois é impossível que a B... (por Ricardo Syozi em 24/05/12, via Nintendo Blast)

wiiUO foco do Wii U, diz a Nintendo, será os jogadores hardcore. Isso é dúbio, pois é impossível que a Big N simplesmente descarte todo o público novo criado com o Wii. O correto seria dizer que os jogadores hardcore também vão ter um espaço gigantesco neste novo hardware, mas que os casuais não serão esquecidos. Após o rumor sobre a line-up do futuro console, é evidente que o Wii U será algo como uma pizza meio-a-meio, tentando agradar tudo e todos. Mas de quais tipos de games o console realmente precisa para alavancar logo de cara? Isto é o que tentarei responder nas linhas seguintes.

Os casuais

Se a Nintendo mantiver o nome Wii U, a ideia de sequência do Wii é inevitável. Com isso, os jogadores casuais logo pensarão em títulos populares do console branquinho. Um novo Wii Sports que utiliza do poder (de verdade) do wii motion plus é óbvio. Até mesmo no vídeo de apresentação da E3 2011 já houve menções a uma futura sequência. O interessante é focarmos em como a tablet seria usada. Além disso, a ideia de conectar o game a redes sociais é cabível em forma de atualizações sobre pontuações e recordes.

51315A Ubisoft já anunciou que lançará um novo Just Dance, uma franquia de enorme sucesso. Acredito fielmente que o game estará no lançamento, pois é um ótimo título para puxar as vendas a favor do console. Provavelmente algo que usará a tablet como uma câmera para gravar a performance do jogador e assim postá-las em sites como Facebook e Youtube. Com certeza seria um sucesso imediato.

E por que não uma versão de mesa de Brain Age? O Wii U é basicamente um Nintendo DS grandão, com sua tablet servindo de tela de toque. Com este sucesso vindo do portátil, os jogadores poderão ativar ainda mais aquele lado do cérebro que nos faz inteligentes. O título seria quase que idêntico, mas que tal novas atividades mais focadas em forma de DLC? Caso o jogador adore números, ele poderia muito bem baixar novos minigames que utilizam-se de matemática e similares. Obviamente podendo fazer uploads de suas pontuações para mostrar a todos como é inteligente.

brain-age-devilish

Acho que já notaram que acredito que o grande foco para os jogadores casuais no Wii U deva ser a tal “social network”. Se a Nintendo der um jeito de conectar completamente seu console com as principais redes sociais, ela fará com que o jogador casual já tenha um enorme motivo para usar com frequência este novo hardware. Assim ela poderá (quem sabe) disputar de frente com os tais joguinhos de internet, pois seus títulos serão tão curtos quanto e também se utilizarão de Facebook e afins.

8688.Untitled-1 small.jpg-610x0

Os Hardcore

Para os jogadores que gostam de títulos mais profundos e complexos, a Nintendo não pode se esquecer de oferecer um espaço todo especial e focado para eles no Wii U. Todos adoramos as franquias Mario, Zelda, Metroid, Star Fox etc. Mas desta vez é imprescindível um apoio forte das third parties com seus títulos que foram exclusivos de outros consoles na geração atual.

156229_10150784573149654_102055304653_9366029_521655995_n

Já está confirmado Assassin’s Creed 3, título que jamais apareceu em um console de mesa da Big N. Ele apresenta a ideia de que a Ubisoft dará total apoio ao Wii U com seus títulos tanto hardcore quanto casuais. Precisamos que a nova aventura dos assassinos silenciosos faça seu devido sucesso para mostrar ao público que torce o nariz para a Nintendo que a empresa irá sim demonstrar seu devido respeito aos jogadores “viciados”. Além disso, o game terá que possuir um “algo a mais” para dar um motivo para sua aquisição em comparação aos consoles concorrentes.

Wii-UAC3BBFalando sobre esse “algo a mais”, os games hardcore deverão fazer uso (mesmo que mínimo) da tablet do novo console. Desta forma, muitos jogadores vão preferir o Wii U por suas qualidades extras. Imagine poder escolher com um simples toque na tela qual movimento de execução realizar em Assassin’s Creed 3, ou que tal ver todos os mapas e itens de Darksiders 2 sem precisar entrar em uma tela de menu e retardar a sua aventura? São esses pequenos detalhes que farão a diferença na hora de preferir a Nintendo.

Darksiders-II-Is-a-Launch-Day-Title-for-Nintendo-Wii-U-2O mais importante é, sem dúvida, a frase: “chega de ports”. Com o nosso querido Wii tivemos que nos contentar em jogar apenas versões baratas de títulos como Call Of Duty, que por mais competentes que sejam, eram visivelmente inferiores às dos concorrentes. O Wii U deverá ser tão grandioso que, a partir de seu lançamento, os ports serão os lançados para os outros consoles, pois eles não possuem a tablet sensacional que o futuro videogame da Nintendo possuirá. Teremos orgulho de dizer que poderemos jogar de tudo sem deixar algo para trás como um DLC interessante ou um gráfico mais redondo.


Uma line-up de respeito

Pelos rumores, parece que o Wii U terá uma line-up onde os títulos casuais e hardcore estarão mesclados. Isso é uma ótima notícia, porque a Nintendo precisa mostrar o valor de cada jogador. Não é necessária uma quantidade exorbitante de games, mas sim, precisamos de boa qualidade.

images

Para os casuais acredito que veremos um novo Just Dance, o tal New Super Mario Bros’ Mii e algo parecido com Wii Fit. Estes títulos já apresentarão uma coerência bacana com os títulos casuais de Wii que tanto são amados.

Os jogadores hardcore ficarão animados com Darksiders 2 e sua violência desenfreada, teremos Batman: Arkham City de uma forma mais completa (talvez com todos os DLCs dos concorrentes já no disco?), e o meu título mais esperado: Pikmin 3 e toda a dificuldade que o game merece.

É tudo muito animador, pois serão tantos títulos de excelente qualidade que ficará difícil escolher os que compraremos junto com o console. Eu sei que na minha lista está Assassin’s Creed 3 e Rayman Legends, mas e na de vocês? Quais títulos estarão com certeza em sua lista?

mariowiiu

Quero muito saber!


Revisão: Mateus Pampolha

Ricardo Syozi escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais