Hands-on

Aqueçam os motores, Mario Kart 8 (Wii U) está chegando e nós fizemos o test drive para vocês!

Quatro anos se passaram desde o lançamento do Mario Kart Wii, em abril de 2008. De lá pra cá, os fãs da série já tiveram tempo bastante ... (por Ítalo Lourenço em 18/06/2013, via Nintendo Blast)


Quatro anos se passaram desde o lançamento do Mario Kart Wii, em abril de 2008. De lá pra cá, os fãs da série já tiveram tempo bastante para se familiarizarem com os controles por movimento e estão mais do que preparados para receberem o oitavo jogo da franquia. Afivelem os cintos e descubram por que Mario Kart 8 está chegando com tudo nesta geração.





Além da Gravidade


Como a estratégia de lançarem um Mario 3D juntamente com o Mario Kart deu certo para alavancar as vendas do 3DS no final de 2011, a Nintendo resolveu repetir a dose, mas não só teremos Mario Kart 8 e Super Mario 3D World, como também Super Smash Bros. para Wii U e 3DS, Donkey Kong Country: Tropical Freeze e Pikmin 3, first parties de peso que certamente contribuirão para o aumento da base instalada no console.



A grande novidade dessa versão é o sistema antigravitacional, no qual, em um determinado momento, os pneus dos karts mudam da vertical para a posição horizontal, gerando uma aderência à pista através do magnetismo, permitindo assim que a disputa vá além das pistas de corrida e passe para as paredes, loopings e até onde mais a criatividade dos cenários irá permitir. Essa maior interação com as pistas torna o jogo mais dinâmico. Para aqueles que aguardam ansiosos por F-Zero, este é o game certo para matarem a vontade enquanto um anúncio de um possível título não é feito. O jogo também segue a linha das evoluções de Mario Kart 7, pois nele também estão presentes os gliders e as fases subaquáticas.


Outra questão que reforça esta idéia de uma continuidade de Mario Kart 7, é a escolha do título do jogo, os números ao invés de um subtítulo dialogam entre si, além disso, o oito usado no logotipo do jogo remete a um dos circuitos que estava disponível para testar na feira.


E foi dada a largada

Durante a E3, era possível jogar o torneio ao qual estamos acostumados, porém num formato reduzido, três circuitos de duas voltas cada. Estavam presentes apenas 12 personagens para se jogar, com um veículo pré-estabelecido, nos karts estavam: Mario, Luigi, Yoshi, Bowser, Koopa Troopa, Daisy, Toadette e Wario. Já nas motos estavam: Peach, Donkey Kong, Toad e por último Waluigi (que havia ficado de fora das carreiras em Mario Kart 7). O balanceamento dos veículos em relação ao tamanho dos personagens parece ser o mesmo que nas versões anteriores, porém tomem cuidado, uma vez que ativado o sistema anti-gravitacional os karts irão literalmente rodar caso esbarrem uns nos outros. Não chega a ser tão problemático como ser atingido por um casco, ou até mesmo passar por uma casca de banana, mas é aconselhável manter uma distância dos demais jogadores enquanto estiver nesse modo.


Em relação aos gráficos, o visual do jogo está impecável, é como se toda a série até então caminhasse para chegar a Mario Kart 8, as texturas estão com um ótimo acabamento, merecendo um destaque para o asfalto nas pistas. Chega a ser difícil enxergar uma possível evolução gráfica a partir daí por se tratar de um jogo com o visual cartunesco.

A jogabilidade continua sendo basicamente a mesma que a do seu título anterior para o Wii, porém, com o GamePad, não sabemos quais outras inovações poderão ser incluídas até o seu lançamento, além de uma visualização do mapa na tela do GamePad. No que diz respeito aos power-ups, nada de diferente foi mostrado nesta demo durante a feira. Resta agora esperar até a primavera norte-americana (ou o outono no Brasil), para podermos colocar as mãos neste título que certamente será obrigatório para o Wii U.


Revisão: Bruno Nominato

Narração: Rafael Neves
Edição de vídeo: Pablo Montenegro
Capa: Felipe Araujo
Ítalo Lourenço escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook