Jogamos

Análise: Ittle Dew (eShop - Wii U) é uma lenda em forma de videogame

Ittle Dew (eShop - Wii U) e sua brincadeira em torno de The Legend of Zelda surge como um bom título para cativar os fãs do gênero.

Cópias e inspirações de títulos famosos já são realidade em diversas produções, e o que dizer daquelas produzidas por estúdios mais consagrados nesse ramo. Com certeza são sinônimo de sucesso em jogos já conhecidos e que merece ter suas peculiaridades destacadas. E Ittle Dew caminha neste sentido. Inspirado na série do herói Link e da Princesa Zelda, que dá nome à franquia, esta paródia mudará sua visão sobre os termos mais abstratos e concretos do mundo de The Legend of Zelda, transportando-o para outro patamar repleto de graça e qualidade.


Entre calabouços, florestas e paródias

Ittle Dew o coloca em cenários praianos, com muita mata e cavernas interessantes repletas de puzzles. Nelas será preciso acionar cristais, acender tochas, abrir baús... tá bom, vai! A essa altura vocês já devem ter percebido o quanto este jogo se inspira (pra não dizer "copia descaradamente") The Legend of Zelda. É impossível não pensar nisto desde o primeiro minuto em que assistimos aos vídeos deste jogo ou mesmo quando nos aventurarmos por seus agradáveis cenários coloridos.
Cenários pra lá de coloridos vão enfeitar a sua TV e GamePad
Destaque para a trilha sonora e elementos do cenário, que cabem perfeitamente tão bem que nem nos sentimos tão ofendidos por parodiarem uma série respeitável como a lenda da princesa que Link tanto resgatou em suas aventuras. As músicas, por seu aspecto relaxante e criativo, fazem-nos querer jogar até cansar, quando isto acontece.
Uma nova roupagem para o Bazaar!
Ittle Dew vai tirar de você altas gargalhadas com uma personagem estilosa e loira que usa uma camisa verde e fita na cabeça. Ela também é acompanhada (Hei! Link!) por uma raposa alada que fica sempre atrás do seu ombro, levitando no ar como se isso fosse normal.

Colete o próximo Piece of... Paper?

Sim, é isso mesmo que você leu. Aqui também há os famosos itens, baús, e pedaços de papel, que te darão uma vida ao coletar quatro deles. Muitos outros momentos hilários acontecerão, como quando você pegar a Fire Sword e perceber que sua principal utilidade é... soltar fogo, poupando-lhe de carregar flechas de fogo ou mesmo de uma tocha para acendê-la.
Será que o Dampé pode surgir aí?
Os personagens e inimigos também são muito parecidos com os da franquia original. É hilário receber conselhos de um sábio ancião, ver uma garota tocando um instrumento e se deparar com cebolas voadoras, entre mesas de piquenique e escadas para cavernas subterrâneas, durante suas caminhadas pelas florestas e campos do mundo do jogo. Há também várias similaridades com os pisos do primeiro The Legend of Zelda em algumas dungeons.
Não, não se trata de Bomberman, este é Little Dew!

It's dangerous to go alone...

Ittle Dew não pode ser aproveitado completamente utilizando a tela do GamePad: não há saída de som no controle para este jogo e o mapa deve ser alternado entre a tela da TV ou do GamePad, nunca os dois juntos em uma tela só. Também acontecem algumas travas ao sair de um local e acessar outro, o que parece um absurdo, visto que estamos em um console da geração atual, com a potência dos dias hoje e carregando um jogo que não aparenta exigir tanta dedicação de processamento.
Diversos elementos irão lhe confundir ao longo da jornada...
Descartado este pequeno problema, Ittle Dew é um game ideal para ser conferido e apreciado pelos fãs de Zelda. Ele agrada na medida certa e traz quebra-cabeças capazes de nos prender por horas na frente da telinha (ou da telona, já que ela estará ligada de qualquer forma) para resolver alguns casos e recuperar os tão preciosos (só que não) card games.
Siga as melhores táticas para enfrentar os chefões do jogo

Prós:

  • Muitas referências e aquele clima bom de Zelda;
  • Arte inspiradora e cômica;
  • Quebra-cabeças inteligentes e boa trilha sonora.

Contras:

  • Não há motivo para não ter o recurso Off-Tv mode;
  • Loading entre cenários sem sentido;
  • A jogabilidade é atrapalhada às vezes.
Ittle Dew - eShop/Wii U - Nota: 8.0

Revisão: Bruna Lima
Capa: Stefano Genachi
Jaime Ninice é mestre em Música pela UFRJ e aluno de Cravo (bacharelado) na mesma instituição. Além da música, possui especial admiração pelos games e pode ser encontrado escrevendo e revisando artigos no Nintendo Blast em momentos de descontração. Também está no Twitter e no MiiVerse.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais