Iwata explica porque o novo 3DS somente será lançado em 2015 na Europa e Américas

Agora tudo explicado. Mas a ansiedade continua.


Como todos sabem, o New Nintendo 3DS/3DS XL foi lançado no Japão recentemente. Possuindo várias melhorias em comparação ao seu antecessor, o novo portátil da Big N somente vai dar as caras nas Américas e na Europa em 2015. Mas o porquê de tal atraso? Finalmente o CEO da empresa, Satoru Iwata, fez uma declaração explicando a demora do lançamento.



Confira logo abaixo o que Iwata falou:

 "Quando se trata de mercados exteiores, nós não planejamos lançar o New Nintendo 3DS/3DS XL para os EUA ou a Europa este ano. Além disso, há apenas dois grandes títulos, 'Super Smash Bros para Nintendo 3DS' e 'Pokémon Omega Ruby/Alpha Sapphire' no Ocidente e as franquias 'Yokai Watch' e 'Monster Hunter 4 Ultimate' não serão lançadas ainda este ano. Com base nestas observações, alguns podem se perguntar se para, além do mercado doméstico, as vendas do Nintendo 3DS irão realmente ser capas de ganhar forças nos mercados externos.
Os mercados exteriores são diferentes do mercado japonês, em ambos os seus estágios de popularização do Nintendo 3DS e suas características de mercado. A fase de popularização do Nintendo 3DS significa o grau em que teríamos transformado o potencial de poder de compra em vendas concretas do produto no mercado. No Japão, o número total de vendas do Nintendo 3DS atingiu quase 17 milhões nos três anos e meio desde seu lançamento. É quase o mesmo que as vendas totais do GameBoy Advance, lançado em 2001, o que implica ser razoável que as vendas do Nintendo 3DS terem tido um movimento temporariamente lento no mercado japonês. Esta é uma das razões que precisávamos para trazer o New Nintendo 3DS/3DS XL para o mercado este ano. Ao contrário, nenhum dos números de vendas cumulativas do Nintendo 3DS nos EUA ou na Europa é maior que no Japão, apesar de, com base no desempenho histórico, existir um maior potencial de vendas. Em suma, o Nintendo 3DS ainda está em um estágio anterior de popularização nesses dois mercados.
Além disso, a diferença de características do mercado mostra-se no ritmo de vendas de software. No mercado japonês, tanto hardware como software tendem a vender durante um curto período, juntamente com a rápida disseminação de informações sobre eles. Nos EUA e na Europa, por outro lado, os jogos aclamados são suscetíveis a tornarem-se vendas de longa data.
Satoru Iwata

E então, caros leitores, acharam a explicação satisfatória?

Fonte: Gamnesia
Luís Antônio Costa é graudado em Ciência da Computação pela UFRGS. Apaixonado por games desde que ganhou seu primeiro Master System e conheceu Sonic, também é amante da ciência e um devorador de livros. Além do Nintendo Blast, também faz alguns textos para o Medium e pode ser encontrado no Facebook e Twitter.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais