Stage Select

Relembre os combates épicos e imprevisíveis do Pokémon Stadium (Super Smash Bros.)

Com o novo Smash Bros. quase chegando, vamos conhecer mais sobre o emblemático estádio Pokémon, o coliseu dos tempos modernos.

Na série Super Smash Bros., o estágio Pokémon Stadium fez sua estreia no GameCube, em Super Smash Bros. Melee, não aparecendo no título do saudoso Nintendo 64. Retornou logo em seguida ao Wii em Super Smash Bros. Brawl, além de receber uma segunda versão, intitulada Pokémon Stadium 2. Acompanhe nesse Stage Select um pouco mais sobre esse palco de batalhas Pokémon que viria a se tornar importante cenário de lutas entre seus personagens favoritos da Nintendo.
Famoso por reunir os principais personagens da Nintendo num único game, Super Smash Bros. é o palco de digladiação para escolher o melhor lutador dos videogames. E esses combates não acontecem em qualquer lugar. Cada estágio é inspirado no fantástico universo criado pela gigante japonesa em seus títulos e em outros jogos que marcaram época em seus consoles. Indo dos mais tradicionais, como os castelos de Peach e Zelda, até os mais exóticos, como a pista de F-Zero e as naves de Star Fox. Uma delas, porém, se destaca pela magia e dinâmica, agradando a maioria dos aficionados por uma boa luta: o Pokémon Stadium.

Onde tudo começou

O Estádio Pokémon surgiu pela primeira vez no clássico Pokémon Stadium, título exclusivo do Nintendo 64, sendo febre entre a garotada que curtia a franquia no início da década de 2000. O Estádio era o palco principal dos confrontos mágicos entre Pokémon. Contudo, especula-se que além de ser baseado no game, a equipe de desenvolvimento também tenha buscado inspiração nos campos de batalha da série animada, principalmente os vistos em grandes competições. O clima de coliseu toma conta do espetáculo.

Tem que ter paciência com esse jogo, caso contrário, enlouquece com os "roubos".
No título do Nintendo 64 podemos observar as características que seriam marca do estágio na série de luta da Nintendo. Trata-se de um campo plano, com uma pokébola desenhada no centro, bem semelhante a um campo de futebol. Nas duas extremidades temos as marcações dos treinadores e seus Pokémons. Ao fundo do estágio ficam as arquibancadas, lotadas de torcedores entusiasmados.

Todo o calor e emoção das batalhas Pokémon

Em sua primeira aparição em Smash Bros., as referências ao clássico do N64 são claras e aos montes. O estádio está lá, quase idêntico em suas formas. O gramado plano ainda é sua principal característica, porém, sua estrutura foi modernizada, adquirindo aspecto mais futurista.


A pokébola ao centro da grama marca o ponto de encontro entre os lutadores antes do início da luta. Uma plataforma gigante suspende o campo numa altura bastante elevada, ficando, inclusive, superior as arquibancadas, que por sua vez, ficam praticamente coladas uma nas outras, cercando o campo de batalha.

Neste novo campo, duas pequenas plataformas completam a ação. Posicionadas estrategicamente nas extremidades, elas são responsáveis pelo equilíbrio e contraste das lutas. Ao fundo, existe um enorme telão centralizado, com o campo de duelo exibindo para a enorme torcida os dados estatísticos do combate, como tempo de luta e status dos lutadores, além de transmitir a luta propriamente dita, já que o campo fica a uma altura superior a dos telespectadores. Fogos de artifício dão o ar da graça durante os confrontos.

Como será que os telespectadores curtiam o duelo? 
É justamente nesse telão que a maior novidade do estádio é anunciada a cada novo minuto de luta: as mudanças de terreno. Este acréscimo em relação ao estágio do Pokémon Stadium do N64 traz novas perspectivas ao combate e torna a arena uma das favoritas entre os jogadores. Vale destacar que os símbolos que aparecem no telão anunciando a mudança de terreno são semelhantes a alguns símbolos presentes nos jogos de carta da série Pokémon Trading Card Game.

Simples, imprevisível e épico

Pokémon Stadium (Melee) começa como um simples estágio, uma plataforma sólida e plana com duas plataformas flutuantes. Após algum tempo, o estágio se transforma, mudando totalmente o campo de batalha. As mudanças feitas são relacionadas aos elementos da série Pokémon, e cada uma é refletida no campo.

Os elementos são fogo, grama, pedra e água. O telão, nos fundos do estágio, mostra os pontos, atual líder e até um zoom na batalha.


Fire Mode: Este modo abriga uma grande árvore morta, uma casa em chamas e algumas pequenas árvores mortas ao fundo. O terreno é acidentado e marrom.
Rock Mode: Este campo abriga uma grande rocha e algumas plataformas industriais dando acesso às áreas mais altas das formações rochosas.

Grass Mode: Este modo transforma O estádio se transforma numa pequena selva, com pedras, árvores e uma pequena colina ao fundo. O chão está cheio de grama verde e ainda conta com um pequeno riacho.

Water Mode: Este abriga um moinho de vento e algumas placas que são suportadas por vários fluxos de água. Ao fundo podemos observar uma grande rocha e ao meio um grande lago, tomando conta do cenário.

Um coliseu dos tempos modernos

Em Super Smash Bros. Brawl, o famoso campo baseado na série Pokémon retorna com algumas melhorias significativas e passa a se chamar Pokémon Stadium 2. Vale ressaltar que a versão original do Melee também está presente no título, mas sem mudanças significativas.

Agora sim, a platéia pode aproveitar as lutas.
Ainda mais moderna, a decoração do estádio de Pokémon Stadium 2 ficou mais clara, em tom mais azulado. A separação das arquibancadas lembra mais um campo de futebol e a plataforma central onde acontecem as lutas foi baixada para que o público, dessa vez, possa acompanhar as lutas sem depender apenas do telão. Os elementos são gelo, terra, voador e elétrico desta vez.


Ice Mode: Este modo abriga um telhado que funciona como uma plataforma. O fundo também possui um grande pedaço de gelo e um pequeno edifício com uma janela. Tudo isso se torna um caos por conta do chão de gelo escorregadio. Snover e Snorunt aparecem como convidados nesta fase.

Ground Mode: Aqui o palco assume o aspecto de um canteiro de obras, que abriga uma grande pilha de sujeira, pás e um carrinho de mão. Também existe uma pedra com duas plataformas construídas para hospedar um Cubone e um fóssil de Omanyte / Omastar. Finalmente, enterrado no chão, é possível observar um fóssil de Aerodactyl. O convidado da vez é Dugtrio, situado ao lado da estrutura.


Fly Mode: Aqui os saltos de todos os personagens são substancialmente maiores, dando a impressão de baixa gravidade. O estágio ainda apresenta três moinhos de vento num terreno plano, sendo a sua característica mais marcante. Os Pokémons convidados são: Skarmory, Drifloon, e Hoppip.

Eletric Mode: Electivire e Magnezone podem ser vistos no fundo do cenário alimentado as esteiras elétricas que enlouquecem as disputas entre lutadores nesse modo de cenário.

O que parecia de início uma proposta simples e com conotação nostálgica, acabou se tornando um símbolo para a franquia de lutas da Nintendo, sendo, inclusive, adorada pelos jogadores que curtem os campeonatos profissionais de Super Smash Bros.. Muitos jogadores consideram o estágio como justo no duelo corpo a corpo, principalmente por ser pequeno, plano e mudar aleatoriamente durante os embates, tornando a experiência de jogo bastante diversificada. Com a proximidade do novo game da franquia, será que contaremos novamente com a presença do Estádio Pokémon? Com certeza épicos duelos estariam reservados para os apaixonados por uma bela luta entre amigos, seja nos portáteis ou no poderoso Wii U. Por enquanto, ficamos na torcida para que venham muitas outras aparições desse fantástico estágio.

3...2...1...GO!
E você, caro leitor? Alguma batalha memorável nestes palcos? Espera por novidades nos novos estádios baseados na série Pokémon?

Revisão: Marcos Silveira
Capa: Diego Migueis


Ítalo Chianca escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais