Resenha

Legend of the Hero é o guia essencial de qualquer jornada épica

O mundo de Link e Zelda é uma aventura de linhas e cores nas mãos de uma talentosa ilustradora.


Kari Fry é uma talentosa artista americana especializada em reinterpretações do mundo dos games. Ela já foi responsável pela criação de um fabuloso diário de viagem Pokémon com todos os 151 monstrinhos de Kanto, que já tivemos a honra de analisar. Dessa vez, a jovem se aventurou no universo mágico da franquia Zelda para criar um guia artístico incrível com ilustrações que misturam realismo com uma riqueza de detalhes. Venha descobrir os segredos e principais elementos que rodeiam o mundo fantástico onde Link, Zelda e Ganon vivem suas batalhas épicas.

É perigoso ir sozinho, leve isso!

Com o pomposo título de Historical Compendium: Legend of the Hero - Creatures, culture & mythos of the land, esse guia detalhado sobre o universo de Zelda não deve ser confundido com o famoso Hyrule Historia. Ao contrário do belo livro lançado pela Nintendo, Legend of the Hero busca focar mais no visual do reino onde Link vive suas aventuras com uma abordagem mais simples. A obra conta com uma interpretação mais despojada dos elementos da franquia clássica, misturando elementos científicos a um mundo de fantasia.

Depois de uma introdução clássica em que o leitor é apresentado ao fascinante mundo de Zelda e conhece um pouco da história de seu lendário herói, o guia é dividido em sete categorias distintas. Na primeira parte, “Flora, fauna and fiends”, temos descrições básicas e desenhos detalhados de toda a vida selvagem existente em Hyrule, além dos principais inimigos e obstáculos que um viajante descuidado poderia encontrar pelo caminho. Ao contrário do que poderia se imaginar, não espere encontrar nenhum nome familiar como “Loftwing” ou “Deku Baba”, pois todos estão escritos em latim, acompanhados de detalhes como o habitat e o comportamento de cada criatura. Essas características dão ao guia um ar único de um livro científico.
Quem tem medo de Skulltulas?


A segunda parte, “Relics and Artifacts”, é dedicada aos inúmeros itens do universo Zelda. Lá, o leitor irá encontrar todos os diversos artefatos que já passaram pelas mãos de Link, desde a famosa Master Sword até o clássico Hookshot. Podemos ver ainda itens não menos importantes como o Wind Waker e os Medalhões sagrados dos Sages. Já a terceira parte do guia, “Historic feats of courage”, tem cada página dedicada a um breve relato sobre as variadas jornadas que Link atravessou nos principais games da franquia. As descrições são acompanhadas de uma página ilustrada como um mural de histórias que mostram os feitos do herói.
A grande aventura de Link em "Ocarina of Time" é retratada em um belo mural.

A próxima parte, “Spirits & guardians”, trata dos diferentes espíritos presentas nas lendas de Hyrule, como as três deusas primordiais (Farore, Din e Nayru) e também os três dragões sagrados que guardam as partes da Canção do Herói. Na quinta parte da obra, “Races & culture”, temos um detalhado acervo visual e escrito das principais raças e suas culturas dentro do universo Zelda. O leitor pode conferir em detalhes a Tribo dos Gorons ou a Tribo dos Zoras, assim como suas características e como elas vivem em seus diferentes reinos.
A raça dos Kokiri é apenas uma das que é retratadas na obra.

Hey, leia!

Certamente, as duas últimas seções do guia contêm as partes mais interessantes visualmente da obra. Na penúltima parte, “The shifting Landscape”, os principais “mundos” dentro do universo de Zelda são retratados em páginas duplas. O leitor pode vislumbrar desde os detalhes de Hyrule até as terras misteriosas de Termina ou o mundo das nuvens de Skyloft. A última parte do guia, “Music and Time”, é dedicada a dois dos elementos mais importantes na franquia Zelda. Cada página mostra todas as canções de Ocarina e todos as melodias tocadas Wind Waker. Tudo, claro, de uma forma simples e clássica. As páginas finais do guia são reservadas a uma linha do tempo um tanto complexa que retrata os principais acontecimentos da franquia. Todo o texto dessa parte é escrito na língua de Hyrule, hyliano, mas qualquer fã de Zelda não terá problema em identificar cada história presente nessa confusão temporal.
Um mapa que abrange todo o mundo fantástico de "Skyward Sword".

A autora do guia, Karin Fry, tomou muito cuidado ao redigir a obra. Como havíamos citado anteriormente, o texto em diversas partes do livro é escrito em hyliano, dando um tom mais realista para o guia. O visual em capa dura com símbolos clássicos deixa o leitor com a vívida impressão de que o livro bem poderia ter saído de algum baú mágico escondido nas profundezas de uma catacumba de Hyrule. Legend of the Hero é um item essencial para qualquer fã da franquia Zelda e para aqueles que também amam ilustrações e gostam de uma abordagem alternativa do universo fantástico de Link.
Por comprar o livro durante a pré-venda ainda recebi um cartão dourado autografado pela autora e outra bela ilustração.
"Legend of the Hero" está disponível para compra no site FanGamer, através desse link. O preço da obra é 35 dólares (a versão com capadura) e 26 dólares (a versão mais simples). A boa notícia é que o site aceita compras e entregas internacionais.

Revisão: Catarine Aurora
Capa: Daniel Silva
Luís Antônio Costa é graudado em Ciência da Computação pela UFRGS. Apaixonado por games desde que ganhou seu primeiro Master System e conheceu Sonic, também é amante da ciência e um devorador de livros. Além do Nintendo Blast, também faz alguns textos para o Medium e pode ser encontrado no Facebook e Twitter.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais