Blast Test

Monster Hunter 4 Ultimate (3DS) traz tudo que a franquia tem de melhor

Com a demo distribuída por códigos, finalmente podemos ter o primeiro gostinho do que Monster Hunter 4 Ultimate tem para nós.

Após um hiato de quase dois anos, finalmente começamos a ver algo mais concreto de Monster Hunter 4 Ultimate (3DS). Com a revelação surpresa de que o jogo será lançado no dia 13 de fevereiro, juntamente com The Legend of Zelda — Majora’s Mask 3D (3DS) e com o New 3DS XL, logo surgiram os primeiros felizardos a receberem os códigos para download da demo do título. O mais novo jogo da série será o maior até hoje, com incríveis 96 monstros (3 Ultimate contava com 73), entre eles vários originais de Monster Hunter (PS2) e outras séries da franquia como Freedom.


A demo do jogo, assim como em Monster Hunter 3 Ultimate (Wii U/3DS), conta com três criaturas para combater, uma fácil (Great Jaggi), uma mediana (Tetsucabra) e uma impossível, digo, difícil (Gore Magala). Vamos ver o que mais essa demo nos mostra!


Conteúdo exemplar

Uma das coisas que já espantam de primeira na demo é a quantidade de possibilidades. Você tem dois níveis de dificuldade (um dos quais não disponibiliza a luta contra Gore Magala), três modos de jogo distintos (multiplayer local, multiplayer online e single player), três já citados monstros para combater, a possibilidade de utilizar o Circle Pad Pro e uma bagatela de 14 estilos de armas diferentes para testar. 

Os modos multiplayer funcionam muito bem, sem lags ou problemas distintos. Lembra muito o modo online da versão de Wii U do 3 Ultimate, porém muito mais rápido e de fácil acesso. A possibilidade de escolher entre dois níveis de dificuldade é um elemento inédito na série e foi feito para atrair novos jogadores sem aquela já conhecida dificuldade exacerbada da franquia. Algo mais leve que possibilita um gostinho do que o jogo tem para mostrar aos novos caçadores. Só não temos confirmação se essa escolha de dificuldade permanece na versão completa do jogo.
Com alguns companheiros, a demo se torna ainda mais excitante!
Enquanto isso, as armas estão mais balanceadas e com visuais belíssimos. Para os mais animados, é possível gastar várias horas testando os diversos equipamentos que o jogo disponibiliza contra as três bestas que você pode enfrentar. Como cada arma possui uma forma de jogar bem distinta, isso já serve para os jogadores descobrirem com qual se darão melhor para iniciar o jogo no início do mês.

Visual de cair a mandíbula

Outra das coisas que podemos notar é a melhoria visual do jogo. Os personagens estão muito mais detalhados, sua movimentação mais lisa e os cenários belíssimos. O 3D é muito bem utilizado e acrescenta ainda mais à jogatina. Como o ritmo do jogo é bem movimentado, fiquei curioso para ver como ele ficará no New 3DS, uma vez que você poderá mover o 3DS sem que o efeito 3D seja deturpado. Uma funcionalidade brilhante para um jogo tão tenso quanto Monster Hunter.

Os ambientes estão muito mais detalhados e bem maiores do que em 3 Ultimate. Cada região do mapa apresenta vários patamares e detalhes, além do mapa em si aparentar ser maior. Como se não bastasse, agora os monstros possuem cinemáticas interativas de entrada em que o jogador faz parte da cena, ao contrário dos jogos antigos, nos quais só o monstro aparecia. Menção honrosa para a abertura de Tetsucabra, que é de arrasar!


As novidades de 4 Ultimate

Mas como toda sequência, esperamos além de melhorias, novidades para a franquia. Em Monster Hunter 4 Ultimate, temos duas novas armas disponíveis, que agregam bastante a jogabilidade da franquia:

  • Insect Glaive: com golpes semelhantes aos da Long Sword, ela inova com a possibilidade de utilizar a arma para dar saltos por cima de alguns monstros e também com o uso do chamado Kinsect, a segunda parte da arma que é usada como chamariz para o monstro, soltando feromônios que podem causar efeitos variados dependendo do seu tipo.
  • Charge Blade: Lembrando muito o formato do Switch Axe, essa arma nova também alterna entre machado e espada. Entretanto, ela possui um mecanismo de cargas que possibilita ao caçador infligir danos poderosíssimos que aumentam cada vez mais a carga da arma.




Além das armas, temos diversos monstros novos, como já citamos, e um novo mecanismo de ataque, que é visto na abertura da luta contra Great Jaggi na versão demo: a possibilidade de montar temporariamente alguns monstros para causar-lhes danos localizados. Essa nova mecânica de ataque é muito divertida e traz mais ação e interatividade às lutas, que já possuíam uma qualidade ímpar antes disso.

Fora isto, o desafio permanece o mesmo e a auxência de uma história mais complexa tamém. Entretanto, ao escolher que monstro enfrentar, você agora poderá ler um parágrafo com algumas informações úteis da criatura, como seus costumes e de onde ele veio. Tudo para aumentar a sensação de “estar caçando”.

Uma injeção de Hype!

Se a espalhafatosa demo de Monster Hunter 4 Ultimate serve para alguma coisa, é para causar hype. Se antes o jogo já era um dos títulos mais aguardados de 2015 para 3DS, agora sabemos que ele virá com uma qualidade aparentemente muito superior à dos jogos anteriores da franquia, o que agrada muito aos fãs e serve como chamariz para novos jogadores.


Se em uma coisa eles acertaram, ao menos na demo, foi em balancear dificuldade e diversão. Está muito mais divertido e cheio de ação enfrentar os monstros. Os cenários realmente fazem diferença na luta e as mecânicas do jogo estão bem mais rápidas que antes, sem perder o seu estilo de sempre. 

Uma coisa é certa, em fevereiro, além de revisitar Termina em Majora’s Mask 3D, muitos vão querer pegar suas melhores armas e partir pra briga contra estes monstros gigantes em Monster Hunter 4 Ultimate, pois o jogo, pelo menos pela demo, cumpre o que promete!

Revisão: Vitor Tibério
Capa: Daniel Silva

Gilson Peres é Psicólogo e Mestrando em Comunicação pela UFJF. Está no Blast desde 2014, mas começou sua vida gamer bem cedo, no NES. Pode ser visto por aqui sempre escrevendo algum texto polêmico, instrutivo ou nostálgico.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais