Game Music

Poké-Música Parte 2: As sinfonias da bela Johto

Com belas melodias e efeitos sonoros de qualidade, apure seus ouvidos para relembrar as músicas da melhor região do mundo Pokémon.


Johto é uma região única. Inspirada nos elementos mais clássicos da cultura japonesa, esse novo mundo não apresentou apenas um novo visual e mais 151 Pokémon aos jogadores, mas um arranjo musical surpreendente também. Aproveitando os estilos musicais criados pelos games antecessores, Pokemon Gold, Silver & Crystal transformaram simples bits em músicas divertidas e emocionates. Os remakes dos clássicos, HearthGold e SoulSilver, não apenas trouxeram uma nostalgia maravilhosa aos fãs, mas remasterizaram os sons que voam pelos ares de Johto. Está pronto para uma nova poké-jornada musical?
IMPORTANTE: Quer aproveitar melhor a leitura da matéria? Então coloque para tocar as músicas em destaque que se encontram no final da página!

Nova região, novas músicas

Até hoje, Pokémon Gold & Silver são considerados por muitos membros da comunidade gamer como as melhores continuações de jogos de todos os tempos. A partir desses títulos, tornou-se claro que a série Pokémon tinha vindo para ficar. O tema de abertura desses clássicos passa a sensação de que Pokémon não é apenas um game como outro qualquer, mas se tornou um elemento éepico do mundo dos games. Ao longo da série, essa pequena composição que toca antes da tela do título aparecer seria o diferencial de cada título, já que o tema da tela principal continua sendo a música de abertura dos games da primeira geração.
Uma aventura épica acompanhada de uma composição musical única!


É indiscutível que a música da cidade-natal do protagonista do game sempre é um dos temas mais marcantes da aventura Pokémon. A trilha sonora de New Bark Town é uma melodia tranquila (que ficou ainda mais suave nos remakes), definindo o tom de “início de jornada” que o jogador está vivenciando. A música realmente “gruda” na cabeça, já que, ao contrário de Pallet Town nos primeiros games, o jogador vai retornar à cidade várias vezes para reencontrar sua mãe e pegar suas poké-economias que são guardadas com carinho.
New Bark Town era uma cidade simples, mas com uma trilha sonora cativante.


Outras duas músicas de cidades que se destacam nos games são as melodias de Ecruteak City e de Goldenrod City. A primeira tem um tom mais lento, mas marcado por compassos fortes. O curioso é que, nos remakes, o tema musical de Ecruteak City ganhou um ar mais “japonês”, com uma instrumentação que lembra os toques da música oriental. Goldenrod City, por outro lado, possui um tema mais moderno e alegre, que se reflete o visual mais “avançado” da cidade em comparação com as outras localidades de Johto.
Quem pode se esquecer da bela Ecruteak City ou de Goldenrod City, onde toda a odisseia de breedar Pokémon iniciou-se?


As melodias que tocam enquanto o jogador atravessa as diferentes rotas que cortam a região de Johto receberam um tratamento especial quando comparadas às músicas dos caminhos de Kanto. Entre os destaques, estão os tons calmos e alegres que tocam na Rota 29 que logo se transformam em acordes mais ritmados. Já a sinfornia da Rota 34 tem um tom mais épico e emocionante. Ao ouvi-la o jogador sabe que já não é mais um garoto (ou garota) qualquer, mas um jovem em busca de ser um Mestre Pokémon.
Preparado para começar sua jornada Pokémon? As músicas das rotas vão colocar você no clima certo.


O tema que pode ser ouvido quando se está batalhando contra um treinador que se encontra pelo caminho, ou apenas tendo um encontro com um Pokémon selvagem, permaneceu muito similar às melodias dos games da primeira geração. Uma das grandes mudanças em termos musicais que os remakes trouxeram em relação aos games originais foi a adição de uma música tema para os confrontos entre o treinador e os capangas da Equipe Rocket. O tema possui toques intensos e cai como uma luva na temática dos “vilões”.
Além de um tema muscial remodelado para as batalhas, os remakes trouxeram uma melodia especial para os combates com a Equipe Rocket.

Acordes mais trabalhados

Uma das trilhas mais interessantes é o tema que se pode ouvir ao adentrar as Ruins of Alph, um lugar misterioso com várias inscrições nas paredes. Os templos são habitados por um dos Pokémon mais curiosos da região de Johto, os Unown. A música cria uma atmosfera de mistério e deixa o jogador inquieto, esperando que algo surpreendente aconteça. O que, na verdade, não ocorre porque o máximo de emoção que você terá vai ser encontrar um Unown com formato diferente (ou a mesma “letra”, repetidas vezes).
Um tom de mistério pairava no ar enquanto se investigava as Ruins of Alph.


Outra música que passa a nítida sensação de estarmos dentro de uma versão Japão do mundo Pokémon é o tema que pode ser ouvido quando o jogador encontra alguma das misteriosas Kimono Girls que andam por Johto. Esse tema foi adicionado aos remakes e possui toques que lembram as clássicas melodias japonesas criadas por volta do século XV. A música que toca quando o personagem adentra a Burned Tower é outra das melodias que se beneficiou com a remasterização do som, adquirindo acordes que não podiam ser percebidos nos games originais.
Sinfonias ao estilo japônes estavam muito presentes nos games da segunda geração.


Foi a partir dos games da segunda geração que os jogadores foram apresentados a uma mecânica que estaria presente para sempre ao longo da série. A adição de Pokémon lendários pertencentes a cada versão dos games aumentava o nível de personalização de cada título e também modificava o enredo da trama. Além disso, as trilhas sonoras reproduzidas durante os encontros do jogador com esses Pokémon magníficos se tornaram um show à parte. O destaque vai para as melodias do combate com Lugia em Silver e em Soulsilver e o encontro eletrizante com Suicune em Crystal e nos remakes.
As músicas de batalhas tornavam os encontros com os lendários ainda mais épicos!

Menções honrosas

Quem diria que a Nintendo e a Game Freak iriam se preocupar com detalhes que às vezes passam despercebidos para muitos jogadores, como os temas que tocam quando o jogador escolhe outro modo de se locomover além dos pés? As músicas temáticas para o uso da bicicleta e quando um Pokémon usa o movimento “Surf” são peças musicais excelentes e únicas. O tom de ambas as músicas destoam um pouco dos temas principais da região de Johto, mas certamente mantém o espírito de jornada Pokémon que os acordes transmitem.
Com a melodia certa, andar de bicleta ou "surfar" com seu pokémon nunca eram momentos chatos.


O tema do Laboratório do Professor Elm é uma das melodias mais animadas e divertidas de todo o game. Com toques ritmados e com uma batida cativante, a música consegue conquistar o momento em que o jogador entra no laboratório desse atrapalhado professor para obter seu primeiro Pokémon.
O Professor Elm pode se um pouco atrapalhado, mas a música tema de seu laboratório é muito divertida.


E então, o que achou da seleção musical de Johto? Tem mais alguma música dos games da segunda geração e de seus respectivos remakes que mereciam entrar na matéria? Não deixe de conferir a continuação desse especial na próxima semana, quando iremos explorar os tons da sensacional região de Hoenn!



Revisão: Jaime Ninice
Capa: Wellington Aciole
Luís Antônio Costa é graudado em Ciência da Computação pela UFRGS. Apaixonado por games desde que ganhou seu primeiro Master System e conheceu Sonic, também é amante da ciência e um devorador de livros. Além do Nintendo Blast, também faz alguns textos para o Medium e pode ser encontrado no Facebook e Twitter.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais