Diretor de Tri Force Heroes (3DS) comenta sobre falta de chat de voz

Hiromasa Shikata acredita que com chat de voz alguns jogadores seriam "mandões" nas partidas, intimidando os demais.

Em entrevista ao portal Verge, o diretor responsável pela equipe de The Legend of Zelda: Tri Force Heroes (3DS) comentou sobre a proposta de multijogador do mais novo jogo da série. Hiromasa Shikata disse que hoje há muitos jogos de multijogador, mas que, no entanto, essas pessoas "não jogam juntas de verdade". O foco, de acordo com o desenvolvedor, era em um jogo que requisitasse realmente a cooperação entre os jogadores.


O jogo terá suporte, claro, para multijogador local e também online. O que, por sua vez, nos suscita uma dúvida? Como será possível se comunicar com os demais jogadores para resolver os puzzles? Como cada um saber o que precisa ser feito?

Na tela de baixo estará disposta um menu de comunicação, onde a ser tocada, o jogador dará instruções aos demais sobre o que fazer. No entanto, como muitos já devem imaginar, nem mesmo agora a Nintendo trará chat de voz? Será que isso não foi considerado?
Sim, nós consideramos. Com o chat de voz, o que nós veríamos seria uma diferença gritante de níveis de experiência entre os jogadores. Jogadores mais experientes falariam aos menos experientes o que fazer, e esses menos experientes ficariam sem saber o porquê de estarem seguindo essas instruções.
Não é possível dizer que ele está errado, sempre terá alguém querendo dar ordens nos outros (sabendo ou não o que fazer), no entanto, isso é inerente, isto é, natural, para a proposta de multijogador. Essa é uma empreitada que a Nintendo está abraçando totalmente, de Splatoon (Wii U) ao famigerado Metroid Prime: Federation Force (3DS), mas se ela pretende realmente continuar essa empreitada, em algum momento a complexidade que os jogos vão construir exigirá essa característica.

Fonte: The Verge
Lucas Palma Mistrello é historiador, mestre pela Universidade Federal de São Paulo. Redator nos Blasts desde 2012, começou com os games com o Atari 2600 e é eclético em gênero e temas: vai de COD e Medal of Honor a Pokémon e Zelda com a mesma vontade. Sempre está de olho nos comentários das postagens.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais