Para Miyamoto, rápida evolução dos tablets prejudicou o Wii U

Produtor pensa que talvez as pessoas não tenham percebido o sistema.


A Nintendo parece estar procurando onde estão os erros que resultaram no desempenho de vendas bem abaixo do esperado para o Wii U. Há alguns meses, o presidente da companhia, Satoru Iwata, afirmou que acreditava ser o alto preço do console o principal responsável. Agora, foi a vez de Shigeru Miyamoto dar sua opinião sobre o que aconteceu. Segundo uma das mentes criativas mais brilhantes da Big N, a rápida evolução dos tablets contribuiu com os números ruins.

"Penso que, infelizmente, o que acabou acontecendo foi que os tablets apareceram e começaram a crescer muito rapidamente. Foi uma pena o Wii U ter sido lançado em um período em que suas funcionalidades não eram tão fortes como quando começamos a desenvolvê-las", explicou.
Segundo Miyamoto, a ideia para o console era apresentar vantagens semelhantes aos tablets, como a possibilidade da inicialização mais rápida. "Teria também a conveniência da tela sensível ao toque. Era para ser um sistema único, que poderia introduzir novas formas de jogar", disse.

Ele avalia ainda que "talvez as pessoas não tenham percebido o sistema". Entretanto, Miyamoto deixou claro que acredita na filosofia da Big N de tentar sempre criar algo único e espera que da próxima vez a Nintendo tenha grande sucesso.

Fonte: Eurogamer
Vinicius Veloso é jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Está no Facebook ou Twitter.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais