Discussão

Coroa em jogo: A ascensão de Rosalina ameaça o protagonismo de Peach?

Uma das mais brilhantes estrelas do universo pode colocar em risco o trono do Reino do Cogumelo?


Resgatar a princesa Peach tem sido a principal tarefa de Mario nos últimos 30 anos. O encanador já enfrentou de tudo e mais um pouco para salvar a soberana do Reino do Cogumelo das garras de Bowser. Se não fosse pela jovem de cabelos loiros, muitos dos jogos da principal franquia da Nintendo sequer existiriam, afinal, ela é o motivo por trás de diversas aventuras do bigodudo. A importância e protagonismo da garota são tamanhos que a revista Forbes a considera a 15ª mais rica personagem fictícia do mundo, com fortuna estimada em 1,3 bilhão de dólares. Já a revista Electronic Gaming Monthly colocou Peach na lista dos 10 maiores políticos dos videogames.


Toda essa bagagem coloca a princesa como a principal estrela feminina do Marioverso, mas será que esse papel de destaque pode estar sendo ameaçado por uma outra garota vinda da vastidão da galáxia? Rosalina debutou na série somente em 2007, em Super Mario Galaxy (Wii), entretanto sua ascensão tem sido meteórica desde então. Em apenas oito anos, a protetora do cosmo caiu no gosto dos fãs e já pode ser considerada peça fundamental na história do encanador. Essa é a primeira vez que Peach tem uma rival à sua altura, já que, até então, a outra menina que integra o hall de amigos de Mario nunca chegou a ser tão popular – sim estamos falando de Daisy.

Mesmo estando em evidência em Super Mario Land (GB), o papel da princesa de Sarasaland nunca decolou e ela só voltou a aparecer em jogos como Mario Party 3 (N64), Mario Kart: Double Dash‼ (GC) e outros títulos esportivos. Por outro lado, Rosalina conquistou em pouco tempo mais espaço do que Daisy, tornando-se personagem jogável em Super Mario 3D World (Wii U) e garantindo participação em Super Smash Bros. for 3DS/Wii U. Não restam muitas dúvidas em relação ao fato de que Rosalina já conseguiu superar Daisy, mas a pergunta que fica é se a mãe adotiva das Lumas terá fôlego para ultrapassar a importância de Peach e se tornar a principal figura feminina da série.
Alguém não gostou desse comentário


Para tentar elaborar essa resposta, vamos começar analisando os motivos que levaram Rosalina a se tornar tão querida por todos.

Nasce uma estrela

O grande diferencial de Rosalina é sua profunda e melancólica biografia, algo até então incomum na franquia Mario. Durante a infância, ela passou pelo trauma de ver a morte da mãe e essa triste passagem cria nela o sentimento de solidão. Mais tarde, a garotinha acaba encontrando uma nave quebrada e uma Luma que havia se perdido de sua progenitora. Ela resolve ajudar a pequena estrela e juntas se lançam em uma jornada pelo espaço sideral. Durante essa aventura, a menina passa a se alimentar de Star Bits, que têm gosto de mel e possui todos os nutrientes necessários ao ser humano.

Nesse cenário, Rosalina cresceu e acabou desenvolvendo uma relação maternal com a estrelinha. Depois de algum tempo, as duas não estavam mais sozinhas, pois outras Lumas se juntaram a elas no Comet Observatory, local que Rosalina assume como casa e de onde ela cumpre a missão de vigiar e proteger toda a galáxia. Mesmo estando acompanhada de suas queridas Lumas e tendo se transformado em uma garota muito poderosa, ela ainda carrega em seu peito a saudade da mãe. Por isso, a cada 100 anos, visita seu planeta natal para relembrar os tempos de infância.

Com uma história cheia de sentimentos como essa, fica difícil não se encantar e apreciar a garota que superou várias dificuldades até se tornar a guardiã da galáxia. Rosalina é uma personagem muito bem desenvolvida pela Nintendo e, vendo a boa receptividade do público, a Big N soube explorar muito bem seu potencial. Assim, ela conquistou seu espaço no coração dos fãs da série.
Rosalina e Luma se completam

Rosalina versus Peach

Se Rosalina tem a seu favor uma grande história, Peach leva vantagem com sua grande evolução. A princesa, que surgiu como donzela em perigo, cresceu com o passar do tempo e demonstrou que não é tão indefesa assim. Apesar de continuar sendo sequestrada por Bowser incontáveis vezes, a dona da coroa do Reino do Cogumelo é corajosa e, inclusive, já embarcou em aventura solo quando estrelou seu próprio jogo, o Super Princess Peach (DS).

Por estar ao lado de Mario desde o início, fica difícil de imaginar algum jogo da série que não tenha a princesinha. Seja como personagem jogável ou alguém a ser resgatada, Peach já cravou seu lugar na franquia. Já Rosalina está no caminho certo e rapidamente se tornou uma superstar do Marioverso, o que torna perfeitamente possível para ela ser protagonista de algum futuro título. Além de ter espaço para crescer, a protetora do universo teria ainda a chance de um dia ocupar o trono do Reino do Cogumelo, pelo menos é o que indica uma estranha teoria criada na internet.
É uma disputa difícil

Herdeira da coroa

O canal The Game Theorists é famoso por desenvolver histórias, algumas que fazem sentido e outras nem tanto. Foram os teóricos que elaboraram uma lenda que se popularizou pela grande rede, a de que Rosalina é filha de Peach e Mario, por isso, ela seria a próxima governante do Reino do Cogumelo. Essa teoria é longa e merece uma matéria dedicada somente a ela, mas, resumidamente, para comprovar o parentesco entre as duas, são apontadas as semelhanças físicas, como os cabelos loiros e olhos azuis.

Outra evidência é a silhueta da mãe de Rosalina no livro da histórias de Super Mario Galaxy. A imagem lembra muito a Peach, com o mesmo corte de cabelo, os grandes brincos redondos e o sorriso característico. Mas, espera um pouco, se a princesa é a mãe da protetora da galáxia, como fica a história da trágica infância de Rosalina? Os teóricos explicam que ao final de Super Mario Galaxy, o buraco negro criado pela destruição da arma de Bowser acaba resultando em uma realidade alternativa, sendo que Rosalina faria parte da linha do tempo em que Peach está morta.
Esses traços da mãe de Rosalina são bem familiares...
Apesar de tudo não passar de uma teoria, se Rosalina fosse mesmo filha da princesa Peach, seria capaz de ser produzido um jogo de Mario apresentando a princesa Rosalina como a dona da coroa no Reino do Cogumelo e um Bowser Jr. crescido tentando raptá-la? Bom, não custa nada imaginar.

Não existe galáxia com uma estrela só

Um dos motivos que tornam Mario uma franquia tão querida por tanto tempo é a grande quantidade de personagens carismáticos. Rosalina surgiu nesse universo para somar e está desempenhando muito bem esse papel. Já Peach tem seu espaço sempre garantido na série e está permanentemente no coração dos fãs. Uma não irá substituir a outra e ambas têm relevância no Marioverso, sendo que juntas são duas estrelas em uma constelação que tem feito parte de nossas vidas por mais de 30 anos.
O verdadeiro dream team
 Revisão:  Robson Júnior
Capa: Felipe Fabricio
Vinicius Veloso é jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Está no Facebook ou Twitter.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais