7th Dragon III Code: VFD (3DS) será lançado no dia 12 de julho

RPG produzido pela SEGA, 7th Dragon III Code: VFD (3DS), possui data de lançamento confirmada para a América do Norte e já podemos comemorar.

"A História de Atlantis e o futuro do Eden lhe espera em 7th Dragon III Code: VFD!". São com estas palavras e um cartaz, anunciados no twiter oficial da SEGA, que recebemos a notícia de lançamento de um grande RPG japonês para o 3DS. Trata-se de uma aventura que se passa no passado, presente e futuro, representado pelos mundos Atlantis, Tokyo e Eden, respectivamente, e que irá lhe colocar em muitas aventuras e exploração de calabouços.

Segundo a descrição da SEGA of America:
"Em 7th Dragon III Code: VFD, o mundo está submerso em uma época de escuridão e grande perigo. No ano de 2100, dragões desceram da Terra e a humanidade está à mercê dessas terríveis bestas. Porém, nem tudo está perdido. Na pele do protagonista, o jogador irá se unir ao time Nodens Enterprises -- uma companhia de videogame dedicada a interromper a ameaça -- para se tornar um caçador de dragão e, eventualmente, um salvador do universo. Apesar do momento, a Nodens Enterprises encontra uma maneira de contornar a situação em favor da humanidade: através de viagens no tempo em diferentes eras, o protagonista pode alterar o balanço do poder dos dragões. Isto irá lhe garantir a espada para derrotar os Verdadeiros Dragões (True Dragons), além de lhe ajudar contra o mais poderoso de todos... o 7th Dragon: VFD."
Anotem no calendário, dia 12 de julho é a data de lançamento de 7th Dragon III Code: VFD para 3DS, que contará também com uma edição especial limitada para colecionadores contendo um livro de 28 páginas com a arte do game. Confiram um trailer do jogo:

Fonte: Sega e Nintendo Life 
Jaime Ninice é cravista e mestre em música pela UFRJ. Sua paixão por games, eventos e revistas o levou a escrever e revisar artigos desde 2010. Hoje, além de participar do Nintendo Blast, é redator das publicações impressas sobre retrogames WarpZone. Pode ser encontrado no Twitter.

Comentários

Google+
0
Disqus
Facebook