Perfil

Midna, a princesa sem trono

Cheia de surpresas, a parceira de Link é parte fundamental na trama de Twilight Princess.


Brincalhona e dona de um senso de humor sarcástico, Midna não é apenas só mais uma parceira e conselheira de Link. A estranha criaturinha, que chega a causar leves calafrios em suas primeiras aparições, é tão importante que batiza seu jogo de estreia, ela é a Twilight Princess. Mas para entender seus propósitos e características é preciso conhecer melhor sua origem, por isso, vamos voltar alguns anos no tempo, para a época em que Hyrule estava sendo criada pelas deusas Din, Farore e Nayru. Nesse período, após dar forma a todo o reino governado por Zelda, as divindades voltaram para casa deixando para trás a Triforce como símbolo de equilíbrio entre a coragem, sabedoria e poder. A relíquia sagrada foi depositada no Light Realm.

Ao saber que a Triforce poderia garantir a realização de um desejo de quem a tocasse, diversos povos passaram a procurar a entrada para o Light Realm e, entre esses seres, estava um grupo de feiticeiros que manejavam magia negra, os Dark Interlopers. A fonte do poder dessa seita vinha do Fused Shadow e com esse objeto eles começaram uma violenta guerra. As deusas não ficaram nada satisfeitas com a situação e enviaram para batalha os espíritos de luz, que conseguiram dividir o Fused Shadow em vários fragmentos e banir os Dark Interlopers para um reino paralelo conhecido como Twilight Realm, onde os magos receberam a punição de viver eternamente como sombras. Com isso, passam a ser conhecidos como Twili.



O que uma lenda tão antiga tem a ver com Midna? Ela não somente faz parte da raça Twili, como é sua governante, ou deveria ser… O vilão Zant, outro representante dos Twilis, derruba Midna do trono e toma todo seu poder. Como se já não fosse suficiente, o inimigo ainda joga uma maldição sobre a princesa caída, fazendo com que ela assuma a medonha forma de um pequeno duende. Para tentar alterar esse terrível destino, Midna parte em busca das partes do Fused Shadow com o objetivo de reunir poder suficiente e derrotar Zant, que planeja fundir o Twilight Realm com Hyrule.

Durante a jornada, Midna acaba encontrando um lobo sendo levado como prisioneiro. A cena faz ela se lembrar da profecia Twili, que diz que um herói iria aparecer na forma de "besta divina". Pensando que o animal é o ser descrito na história, ela decide ir atrás dele, mal sabendo que essa decisão mudará sua vida para sempre. O lobo é Link, e juntos eles partem na jornada para recuperar a coroa da Twilight Princess.

Características físicas e personalidade

Em sua forma amaldiçoada, Midna é pequena e tem o corpo nas cores preta a um pálido azul. Os olhos vermelhos combinam com seu cabelo laranja e os dentes afiados lembram presas de algum animal carnívoro. Na cabeça ela carrega o Fused Shadow. Já em sua versão normal, a princesa é mais alta do que Link e Zelda. Os olhos vermelhos e cabelos laranjas estão mantidos, mas a pele agora é toda azulada. Ela veste uma capa com capuz, parecida com as roupas de Zant, por isso, a vestimenta deve ser tradição da realeza do Twilight Realm. O vestido deixa uma de suas pernas a mostra e na cabeça ela traz uma coroa. Midna em sua forma normal não lembra em quase nada o ser amaldiçoado, tanto que a primeira frase que ela diz a Link quando recupera seu corpo é: "Eu sou tão bonita que você ficou sem palavras".
"Eu sou tão bonita que você ficou sem palavras"


Por ser parte dos Twili, Midna não é capaz de suportar a luz de Hyrule e, por isso, sempre se esconde nas sombras de Link. Quando o herói de gorro verde está transformado em lobo, sua companheira vai montada nas costas dele. A relação entre os dois começa com uma chantagem, afinal, Midna só queria usar Link para recuperar os pedaços do Fused Shadow e derrotar Zant. Porém, com o passar do tempo, a afinidade de ambos vai ficando cada vez mais forte e o sentimento passa a ser de uma grande amizade. Com isso, ela vai deixando de ser sarcástica e desdenhosa, tornando-se mais amável e gentil.

O vínculo da princesa de Twilight com a de Hyrule também se inicia de forma fria. No primeiro encontro das duas, Midna culpa Zelda por todos os problemas que estão acontecendo nos dois reinos. Durante toda a aventura, a pequena Twili é agressiva, arrogante e muitas vezes zomba de Zelda, mas isso vai mudando com o passar do tempo. A convivência das representantes da realeza muda de forma dramática e resulta em uma das cenas mais emocionantes de todo o jogo.

Amigos para sempre

Mesmo com aparência diabólica e personalidade difícil, Midna vai se mostrando completamente diferente com o passar do tempo. Ela é a prova viva de que as primeiras impressões podem ser enganosas. A Twilight Princess é uma das mais marcantes companheiras de aventuras de Link e estará sempre marcada como personagem de destaque na lenda de Zelda.

Revisão: Luigi Santana
Vinicius Veloso é jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Está no Facebook ou Twitter.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais