NES Classic Edition será descontinuado nos Estados Unidos

Console não completou nem um ano de vida.



Lançado em novembro do ano passado, o NES Classic Edition está sendo descontinuado nos Estados Unidos. A informação foi confirmada pela Nintendo of America em entrevista concedida ao portal IGN. Segundo o representante da Big N, as últimas unidades do console chegarão às lojas norte-americanas ainda neste mês de abril. O mesmo profissional, que não teve o nome revelado, disse ainda que a plataforma nunca foi pensada como produto que ficaria disponível durante um período longo. "Como a demanda foi alta, decidimos produzir peças extras além daquelas previstas inicialmente", comentou.


Além do console, o NES Classic Controller também será descontinuado. Já sobre acessórios produzidos por third party, a Big N informou que a continuação ou não da fabricação dependerá exclusivamente de cada empresa. É importante destacar que o fim da distribuição da plataforma nos Estados Unidos não significa, necessariamente, que o mesmo acontecerá em todo o mundo. A Nintendo of America deixou clara que essa decisão é especifica para os EUA e que não falaria sobre outras regiões. Confira a íntegra da nota divulgada pelo IGN:
"Durante o mês de abril, os territórios atendidos pela Nintendo of America receberão os últimos carregamentos do NES Classic Edition neste ano. Encorajamos todos que estejam interessados em obter o produto que verifiquem a disponibilidade junto às redes de varejo. Entendemos que tem sido difícil para muitos consumidores encontrarem a plataforma, e pedimos desculpas por isso. Nós acompanhamos de perto a opinião dos consumidores e agradecemos imensamente o incrível interesse e apoio das pessoas a esse produto".
Vale lembrar que desde o lançamento do NES Classic Edition, foram constantes as reclamações sobre dificuldades em encontrar o console. No último mês de janeiro, a Big N informou que foram comercializadas 1,5 milhões de peças em todo o mundo.

Fonte: Kotaku
Vinicius Veloso é jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Está no Facebook ou Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook