Nintendo afirma que há mais jogos não anunciados para o Switch e fala do apoio third party

Reggie Fils-Aimé, presidente da NoA, fala da recepção dos fãs com a Nintendo na E3 e dos próximos lançamentos para Switch.

I

Na E3 2017, a Nintendo apresentou não apenas jogos que serão lançados este ano, mas também revelou títulos que chegarão ao Switch em 2018. Essa estratégia foi comentada por Reggie Fils-Aimé, presidente e CEO da Nintendo of America, em entrevista ao Waypoint.


Para Reggie, a recepção dos anúncios da Nintendo durante o Spotlight na E3 foi positiva. "A resposta ao que apresentamos, e o pequeno gostinho para 2018, foi excepcionalmente positiva. Você nota os fãs vendo Metroid Prime 4, ouvindo que o Sr. Tanabe, que esteve envolvido com todos os jogos da série Metroid Prime, vai estar no comando disso, e eles estão tremendamente animados. Ouve que haverá uma verdadeira experiência RPG de Pokémon no Switch, os fãs ficam incrivelmente animados. Vê uma experiência tradicional de Kirby, engolindo inimigos e copiando habilidades, os fãs estão entusiasmados com isso. E então apresentamos o jogo do Yoshi com movimento único de 'por trás das cenas', por assim dizer, e as pessoas ficaram realmente intrigadas. Portanto, ao apenas mostrar esses quatro jogos e dar um pequeno gosto deixa muita animação para 2018", disse.

Ele também explicou que a Nintendo "preparou o terreno" para o Switch com lançamentos consistentes e frequentes para 2017, afirmando que ainda há jogos para serem anunciados. "Nosso foco está em jogos que estarão disponíveis entre agora e a temporada de fim de ano. E quando você olha essa lineup, há um jogo forte vindo literalmente a cada mês, começando com ARMS, e depois Splatoon 2, agosto com Mario + Rabbids, setembro, outubro com Super Mario Odyssey. Temos esse ótimo ritmo de conteúdo e posso dizer que há mais para ser anunciado", revelou o presidente.

Por fim, Reggie explicou que a Nintendo está conversando com estúdios third party para trazer jogos recentes e com mais conteúdo para o Switch. "As conversas que temos com parceiros externos são mais sobre 'como você traz seu melhor e mais brilhante conteúdo para a plataforma?'. Porque essa é uma situação diferente. Não houve muitos jogos third party exclusivos para o Wii U, mas o que nós mais queremos é uma experiência como Mario + Rabbids, que é nova e revigorada, mas também queremos que os melhores jogos atuais, como FIFA 18, venham para a plataforma", explicou.



Alex Sandro de Mattos é formado em Gestão de TI. Entre se aventurar por Hyrule e se perder em Silent Hill, gosta de publicar fatos interessantes e bobagens no Nintendo Blast. Pode ser encontrado jogando games 2D e também no Facebook.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook