Bandai Namco falará da possibilidade de Dragon Ball FighterZ no Switch após Xenoverse 2

Por enquanto, a Bandai Namco está apenas focada no desenvolvimento de Xenoverse 2.


Durante a E3 2017, a Bandai Namco anunciou Dragon Ball FighterZ para PlayStation 4, Xbox One e PC, ou seja, sem versão para o Switch. Entretanto, Dragon Ball Xenoverse 2 será lançado para o console híbrido da Big N em 22 de setembro de 2017, quase um ano após o lançamento para as plataformas concorrentes.


Muitos fãs e donos de Switch ficaram desapontados com a situação. A Bandai Namco já chegou a declarar que FighterZ pode chegar ao Switch dependendo do apelo dos fãs e há até uma petição com mais de 15 mil apoiadores para que o novo jogo de luta de Dragon Ball tenha uma versão para o console da Big N.

Quando questionado a respeito da forte campanha para FighterZ ser lançado para Switch em entrevista ao Shonen Games, Tomoko Hiroki, produtor do jogo, explicou que a Bandai Namco está trabalhando na versão de Xenoverse 2 para Switch e só depois do lançamento falará da possibilidade de FighterZ no Switch. "Em termos da versão para Switch, atualmente estamos trabalhando em Xenoverse 2 para o Switch, portanto queremos que os jogadores testem esse primeiro, e então poderemos falar sobre FighterZ", disse Hiroki.

Como FighterZ será lançado apenas em 2018, ainda há chances de vermos uma versão para Switch. Certamente a Bandai Namco avaliará o desempenho de Xenoverse 2 para decidir se vale a pena trazer Fighter Z para o console híbrido da Nintendo.

Alex Sandro de Mattos é formado em Gestão de TI. Entre se aventurar por Hyrule e se perder em Silent Hill, gosta de publicar fatos interessantes e bobagens no Nintendo Blast. Pode ser encontrado jogando games 2D e também no Facebook.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook