Para Aonuma, Breath of the Wild (Wii U/Switch) foi o Zelda mais divertido de desenvolver

Produtor da série afirma que os membros da equipe desenvolveram o jogo com sorriso no rosto.


The Legend of Zelda: Breath of the Wild (Wii U/Switch) é um marco na história da série e da Nintendo. A aclamada aventura de mundo aberto de Link trouxe inúmeras possibilidades de jogatina e quebrou as convenções da franquia.


E apesar de seu lançamento ter sofrido dois adiamentos, Breath of the Wild foi o título da série Zelda mais agradável de desenvolver. Palavras de Eiji Aonuma, produtor da saga lendária. Em entrevista à Game Informer, Aonuma afirmou que ficou preocupado por estar criando coisas novas e desafiadoras em Breath of the Wild, mas o desenvolvimento foi divertido porque os membros da equipe sempre trabalham sorrindo.
"Tenho feito jogos da série Zelda durante quase toda a minha carreira e as minhas memórias começam a se acumular. Começo a esquecer coisas, mas acho que uma coisa da qual sempre me orgulhei é o fato de que os jogos da série Zelda sempre foram sobre novas surpresas e tentar pensar em coisas diferentes, mas ainda assim mantendo essa essência Zelda.

Sobre Breath of the Wild, foi muito divertido desenvolvê-lo – talvez o jogo mais divertido que eu já tenha feito. Isso foi por causa da equipe. Eles tomaram muita iniciativa e sempre olharam tudo no jogo com esse objetivo de melhorá-lo. Eles tomaram muita iniciativa. Eu podia ver isso todos os dias. Como produtor, isso me deu muita coragem e me fez perceber que poderia funcionar.

As pessoas que fizeram esse jogo não tinham preocupações em seus rostos. Eles estavam sorrindo o tempo todo enquanto trabalhavam nisso. No início do desenvolvimento, com todas as coisas novas que fazíamos, eu definitivamente estava preocupado – eu tinha um rosto preocupado. Quando vi a equipe unida, essa preocupação começou a desaparecer. Estávamos fazendo novas coisas desafiadoras, mas sempre as fizemos com um sorriso. Acho que nunca tinha experimentado isso antes. A experiência de desenvolvimento foi imensa e o jogo que surgiu foi ótimo. Isso é algo que eu estou realmente orgulhoso.

Além disso, no DLC, acrescentamos a motocicleta que eu queria. Isso é o que eu realmente quero deixar para vocês. [risos]"

Alex Sandro de Mattos é formado em Gestão de TI. Entre se aventurar por Hyrule e se perder em Silent Hill, gosta de publicar fatos interessantes e bobagens no Nintendo Blast. Pode ser encontrado jogando games 2D e também no Facebook.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook