Entre erros e acertos, uma viagem pelos rumores que marcaram o período pré-E3

Chegou o momento de conferirmos o quão verdadeiros eram os boatos que circulavam pela internet antes do início do evento.


A E3 2018 agora já faz parte da história. Além dos grandes anúncios sobre os games que receberemos no futuro, a feira também mexeu com o imaginário de toda a comunidade. O evento tem, entre suas tradições, as extensas listas de rumores sobre o que pode aparecer em cada uma das conferências. Muitas vezes, essas relações mais apresentam os sonhos e desejos dos jogadores do que fatos concretos.


Também faz parte da “brincadeira” a divulgação dos possíveis games por sites e blogs. Com o fim da edição deste ano, chegou a hora de olharmos as notícias que o Nintendo Blast publicou durante o último mês. O objetivo é analisarmos se os rumores que escolhemos propagar eram, em sua maioria, verdadeiros ou não passavam de balela. Embarque conosco nessa viagem pelos boatos que movimentaram as semanas pré-E3.

Fortnite no Switch

Sem dúvidas, antecipar o port de Fortnite para o Switch foi nosso tiro mais certeiro. A primeira notícia sobre o assunto já estava no ar em meados de maio, quando a Iron Galaxy Studios deixou escapar em um site de vagas que havia trabalhado na versão do battle royale para o console híbrido da Big N. O estúdio também foi responsável por levar Skyrim para a nova plataforma da Nintendo, aumentando ainda mais a possibilidade da veracidade da informação.


Alguns dias depois, publicamos uma nova notícia sobre o tema. Desta vez, Fortnite aparecia em uma lista ao lado de outros possíveis anúncios. A propósito, essa postagem se revelaria 100% verdadeira durante a E3, afinal, todos os games que estavam no “suposto vazamento de uma imagem de organização da feira” realmente marcaram presença na conferência da Big N e na Nintendo Treehouse.

O anúncio do port continuou ganhando força nos dias seguintes, quando a versão para Switch apareceu no sistema de classificação indicativa da Coréia do Sul. Por fim, praticamente foi possível transformar o rumor em notícia quando um minerador de dados encontrou o ícone do game entre os arquivos de uma atualização da eShop. Com tudo isso, não ficamos nem um pouco surpresos quando o battle royale apareceu na apresentação da Nintendo.

Dragon Ball FighterZ no Switch

A primeira fagulha que alimentou a esperança de vermos o jogo de luta na plataforma híbrida apareceu no finalzinho de abril. A Arc System Works, responsável pelo game, usou seu perfil oficial no Twitter para demonstrar o interesse de levar alguns projetos para o Switch. No entanto, não existia nenhum indicativo mais sólido de que o estúdio realmente estava desenvolvendo qualquer port.
A expectativa de voltarmos a ver Goku e seus amigos na telinha do Switch aumentou um pouquinho quando uma possível imagem vazada pela organização da E3 colocava FighterZ entre os anúncios da Nintendo. Apesar de a foto ter sido divulgada no fórum 4chan, algumas informações apuradas pelo site Kotaku traziam um fundo de verdade para a lista. No fim, o rumor estava totalmente correto e teremos, sim, mais Dragon Ball.

Killer Queen Black e Overcooked! 2

Dois indies dividiram nossas publicações pré-E3. Na lista que teria sido vazada pela organização da feira, constavam os nomes de Killer Queen Black e Overcooked! 2. Alguns dias mais tarde, Overcooked voltou a ser notícia quando a US-1-America, distribuidora norte-americana, listou o título entre seus produtos, indicando também qual seria a data de lançamento: 07 de agosto. Na E3, até mesmo o dia em que o game chega ao mercado foi confirmado.

No entanto, também acabamos colocando Killer Queen Black e Overcooked! 2 na nossa relação de rumores mais absurdos que circulavam pela internet. Pois é, nesse caso acabamos ficando no meio a meio.

Os lutadores de Super Smash Bros.

Desde o final de abril, já sabíamos que o novo Super Smash Bros. estaria entre os grandes destaques da Nintendo na E3. Com a presença do jogo confirmada, os rumores se concentraram em quais personagens iriam integrar a lista de lutadores. Tínhamos em mãos a notícia de que estariam no jogo Ridley, Ice Climbers e Simon Belmont. Dois acertos em três, ou seja, um aproveitamento de 66%.

No entanto, essa mesma postagem já antecipava que “nenhum personagem seria removido”. Sobre o maior crossover de luta da Big N, também demos um golpe certeiro quando divulgamos que o Switch ganharia um controle de GameCube. A festa só não foi completa porque chegamos a duvidar que Snake e Ridley realmente estaria entre os combatentes controláveis no novo capítulo da franquia.

O Star Fox de corrida

Entre os boatos que não se confirmaram, o mais sentido foi sobre Star Fox Grand Prix. A informação dizia que teríamos um game de corrida desenvolvido pela Retro Studios que seria uma mistura do modo história de Diddy Kong Racing (N64) com as disputas em alta velocidade da série F-Zero. Bom, até tivemos uma surpresa envolvendo a inclusão de Fox e companhia em Starlink, da Ubisoft, porém não chegou nem perto desse rumor.

Os corações dos fãs da franquia espacial da Big N foram ainda mais maltratados por outra informação que acabou se provando falsa. Novamente, envolveram a Retro Studios na história, mas, dessa vez, a desenvolvedora estaria trabalhando em uma aventura de mundo aberto em que o jogador poderia escolher controlar Fox, Falco, Slippy ou Peppy. O projeto seria um misto de ação e RPG, pena que não passou de um chute bem longe do gol.

Pikmin 4, Zelda Skyward Sword HD, Super Mario Maker 2…

A mesma fonte que jogou na internet a história desse Star Fox de mundo aberto também soltou diversas outras informações falsas. Ele falava sobre: “Pikmin 4, Zelda Skyward Sword HD, Super Mario Maker 2, Super Smash Bros. 4 (uma edição definitiva do jogo do Wii U, com todos os DLCs e conteúdos extras), Luigi's Mansion 3, WarioWare, um novo Animal Crossing, Fire Emblem, um game do Yoshi e uma nova IP da Retro Studios”.

É verdade que ele acertou parcialmente alguns dos palpites, como um novo Fire Emblem e que Super Smash Bros. teria todo o conteúdo disponível no Wii U. Porém, atirando para todos os lados fica bem mais fácil de acertar um ou outro alvo. Dessa vez, acabamos embarcando de cabeça em um rumor que não passava de uma “lista de desejos” de algum usuário do fórum mantido pelo portal IGN.

Netflix e YouTube no Switch

Divulgamos por aqui que a loja Best Buy listou o Netflix e o YouTube entre os aplicativos disponíveis no Switch. Mas, antes mesmo que desse tempo para nos animarmos, a própria rede varejista veio a público para se desculpar pela informação falsa e dizer que não sabe se os serviços estarão disponíveis na plataforma em algum momento futuro. No entanto, as esperanças ainda estão vivas, pois o próprio Reggie Fils-Aimé, presidente e o diretor de operações da Nintendo of America, afirmou em entrevista que essa é uma possibilidade real.

Entre erros e acertos

Fazendo um balanço final, podemos concordar que o Nintendo Blast conquistou um bom aproveitamento no quesito rumores. Esses boatos que brincam com o imaginário de qualquer jogador no período que antecede a feira também são grandes responsáveis por manter essa magia que a E3 traz. Por mais falsas que sejam, as listas de anúncios vazados ajudam a fazer dessa época do ano uma das mais aguardadas por todos nós.
E para você, caro leitor, qual foi o rumor falso que mais te desapontou? E entre os confirmados, qual te animou mais? Use os comentários para expressar sua opinião. 
Revisão: Ana Krishna Peixoto
Vinicius Veloso é jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Está no Facebook ou Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook