Perfil

Perfil: Donald (Kingdom Hearts)

Todos têm aquele amigo que nos faz rir de tão sério que é. Seu jeito duro de ver a vida se mostra uma verdadeira comédia, mesmo sabendo qu... (por Unknown em 10/06/2012, via Nintendo Blast)

Todos têm aquele amigo que nos faz rir de tão sério que é. Seu jeito duro de ver a vida se mostra uma verdadeira comédia, mesmo sabendo que tanta seriedade não vai levá-lo a lugar algum. Ainda assim, sabe-se que mesmo aquele amigo sendo tão realista e, por vezes, pessimista, sempre é nele que podemos nos apoiar quando a coisa ficar feia, pois por mais que a situação complique, ele sempre vai ter um plano B pra agir e salvar sua pele. Semanas atrás falamos sobre Goofy, o fiel escudeiro do cavaleiro da Keyblade, e agora nesta semana iremos falar do cômico pato que sempre tem o truque certo pra hora certa: Donald.

O eterno amigo e rival de Mickey nas animações da Disney assume outro papel na série Kingdom Hearts: aqui, Donald é o Feiticeiro Real, o braço direito do Rei Mickey ao lado de Goofy, o capitão da Cavalaria Real. O pato feiticeiro não foge tanto de sua personalidade original, sendo um bocado agressivo e difícil de se lidar, mas nunca deixa de ser um amigo leal e prontamente se oferece pra ajudar em qualquer situação, mesmo que o medo as vezes fale mais alto. Mas é preciso voltar um pouco no tempo pra entendermos melhor a sua história e importância no universo de Kingdom Hearts.

O Aprendiz de Feiticeiro



Donald adquiriu o posto de Feiticeiro Real após um árduo treinamento nas mãos de Merlin. O pato sempre foi um fiel companheiro de Mickey, mesmo antes de este adquirir seu treinamento através da Keyblade. Quando o Rei Mickey está em seu treinamento para ser um mestre da Keyblade em Mysterious Tower, sob a tutela de Mestre Yen Sid em Kingdom Hearts: Birth By Sleep (PSP). Seu papel não causou grande impacto neste trecho da história, por ainda não estar tão poderoso e apto para os combates da magnitude que ocorriam, porém nem por isso deixou de tentar. Mal sabia ele o quanto os seus poderes seriam úteis no futuro.

Anos depois, o Rei desapareceu sem deixar rastros, deixando em pânico seus fiéis lacaios. Tudo que foi deixado para trás foi uma carta, uma mensagem direta e reta para o Feiticeiro Real e o Capitão da Cavalaria. A carta dizia: “procurem a chave para a nossa sobrevivência”. Sabendo o real significado daquelas palavras – o surgimento de um novíssimo portador para a Keyblade -, o pato e o cachorro humanoide partem em direção a Traverse Town juntos de um grilo falante com um diário, Jiminy Cricket (Kingdom Hearts - PS2). Logo ao alcançar o destino, Donald tentou guiar todos até Leon e seu grupo, antigos amigos do rei, mas acabaram por ter de encarar um Emblem Heartless ao lado de Sora, o mais novo detentor do poder da Keyblade. Sem delongas, Donald e Goofy se unem ao garoto e mostram suas capacidades, eliminando com certa facilidade o adversário. Após as apresentações, Donald concorda em seguir caminho e ajudar Sora a encontrar seus amigos – Riku e Kairi -, secretamente dizendo a Goofy que podem até não encontrar os ditos amigos, mas que provavelmente iriam encontrar o Rei junto com o garoto.
 

Apesar de ter começado a jornada com o rapaz apenas por interesse, Donald acaba por desenvolver certa empatia pelo garoto de cabelos espetados, agindo sempre em prol da equipe e o protegendo sempre que possível com suas magias – que evoluem mais e mais no decorrer da aventura. Tudo parecia ir bem enquanto iam viajando de mundo em mundo para selar os Keyholes, até que algo inesperado ocorre: A Keyblade troca de portador, indo para um maléfico Riku e deixando Sora desolado. Seguindo as ordens explícitas de ir junto da chave para a sobrevivência, Donald e Goofy abandonam o antigo portador da Keyblade, com remorso, é verdade, mas eles devem seguir o comando de seu Rei. Tempos depois, o garoto ressurge e entra em atrito com Riku, mas dessa vez, Goofy não deixa as ordens atrapalharem sua amizade e protege Sora. Sua atitude encoraja Donald, que parte pro lado dos amigos, o que fortalece o coração de Sora e permite que este reempunhe a Keyblade – e quem diria, Donald está seguindo as ordens do Rei, afinal!

Entretanto, a felicidade do trio dura pouco, até Sora desistir do próprio coração para despertar Kairi, deixando-a aos cuidados de Donald e Goofy. Estes então precisam encarar um “Ansem, o Perseguidor das Trevas” possuindo o corpo de Riku, mesmo sabendo que não são páreos para ele, mas em prol de seu amigo que confiou a garota a sua proteção. Riku, num ato de lucidez, consegue se segurar e dá uma abertura para que Donald fuja com Goofy e Kairi, encarando uma horda de Heartless na saída, até que um inimigo em questão chama a atenção... Mesmo sendo um Heartless, ele se destaca do grupo e passa a proteger o trio dos outros inimigos sombrios – mesmo sendo golpeado na cabeça pelo cetro de Donald e sendo ofendido pelo pato repetidas vezes. Logo percebem que aquele pequeno parceiro era Sora, que retoma sua forma verdadeira e parte com os amigos de volta para encarar Ansem.




Donald desempenha um papel importante no embate, atingindo novos níveis com sua magia de forma a proteger seus amigos, finalmente sendo capaz de bater de frente com o líder dos Heartless. Com a união de seus poderes, os de Goofy e os de Sora, Ansem é eliminado e a paz retorna ao mundo. Porém, a Porta para a Escuridão permanece abrindo, e eis que o Rei Mickey, junto de um Riku recuperado da escuridão, surgem. Com seus poderes, ambos selam a porta, ficando presos lá dentro no processo, mas garantindo a segurança de todo o universo. Ao retornarem da missão, o trio fica sem saber o que fazer, até que o cachorro de Mickey, Pluto, surge com uma nova carta do Rei de Disney Castle, dando um novo norte para aquela trindade tão diferente, uma estrutura conhecida como “Castle Oblivion” (Kingdom Hearts: Chain of Memories - GBA).

Chegando à nova localidade, se deparam com uma estranha figura encapuzada. Acreditando que ela fosse um Heartless, Donald se prepara para disparar uma de suas magias contra o oponente – só para se frustrar, visto que suas magias falham. Aliás, todas as habilidades do trio falham, já que, ao pisar no “Castelo do Esquecimento”, todas suas habilidades foram esquecidas. Porém, conforme eles escalam o castelo, percebem que este não é o seu único efeito colateral, além da já citada perda de habilidades, suas memórias também vão sendo distorcidas a cada passo que eles dão dentro da estrutura – memórias como o nome do castelo onde eles enfrentaram Ansem (Hollow Bastion). Eventos de que não se lembravam antes começam a surgir, e até pessoas que eles jamais viram, povoam seus pensamentos, e eles não tardam a perceber que tem alguém manipulando suas memórias. Após um confronto com um falso Riku, criado com o propósito de instigar ainda mais a confusão do grupo, eles partem em fúria através dos diversos andares, cada vez mais tomados pela confusão, e enfim chegam a pessoa que estava orquestrando essa estranha melodia que distorcia suas mentes, a garota Naminé.



A moça promete que irá recuperar as memórias dos três se eles a libertarem de Marluxia, o senhor do castelo. Sem hesitar, eles partem, desbravando os andares restantes e iniciam um embate violento contra o oponente de cabelos rosados, enfim encerrando as obras de Castle Oblivion. Naminé, como prometeu, coloca o trio em um sono profundo de modo a recuperar as suas memórias. O triste é que eles ficam adormecidos por um ano inteiro até suas mentes voltarem a ser como eram.

Ao despertarem, o trio está feliz de se reencontrar, mas nenhum deles se recorda dos eventos em Castle Oblivion, mas sabem que devem ir até o Mestre Yen Sid para terem um novo norte sobre como encontrar o Rei Mickey e Riku. Após uma longa conversa com o mestre, eles ganham conhecimento de uma nova organização que têm atormentado o universo – Organization XIII -, eles então partem numa nova aventura em busca das mesmas pessoas (Kingdom Hearts II - PS2).



Donald parece ter herdado um pouco dos genes de seu tio Scrooge, pois sua ganância parece maior ainda nessa aventura. Por vezes ele tenta adquirir tesouros, inclusive briga com Abu em Agrabah por uma joia, e em Port Royal, onde Sora e Goofy comentam que ele teria caído na maldição do ouro Asteca. Ainda assim, Donald sempre se mostra um amigo extremamente leal, embora tente evitar que isso fique claro para todos. Um exemplo de sua lealdade acontece quando assiste Goofy, aparentemente, morrer enquanto protege o Rei Mickey na Guerra dos Mil Heartless, o pato se enfurece e parte para cima dos adversários sem pensar duas vezes, descarregando suas magias contra os oponentes. Quando Goofy aparece novamente, praticamente intacto, Donald o golpeia com seu bastão e reclama: “Nunca mais me assuste desse jeito!”, irritado e feliz por ver o amigo bem.



Depois desse turbilhão de emoções, o trio enfim encontra Riku e Kairi, e juntos do Rei Mickey, partem para um combate final contra a Organization XIII em sua terra natal, The World That Never Was. Donald participa do combate contra Xemnas, o líder da organização, e depois parte junto de Goofy, Mickey e Kairi de volta para as Destiny Islands, mas o caminho se fecha e deixa Sora e Riku para lutarem contra o oponente mais uma vez. Felizmente eles se reencontram após o embate, com a paz finalmente se alastrando pelo universo. Sora, Riku e Kairi ficam em Destiny Islands para viver em paz, enquanto Mickey, Donald e Goofy partem de volta a Disney Castle, no aguardo de uma nova aventura e com a promessa de se reencontrarem.



Posteriormente, quando os registros de Jiminy Cricket parecem confusos e é necessário digitalizá-los para conseguir respostas (Kingdom Hearts Re:coded - DS), Donald e Goofy adentram o mundo virtual para ajudar a solucionar o mistério, quando um Sora virtual quase é derrotado por Pete e seus Heartless, e até então, essa foi a última ação de Donald ao lado do cavaleiro da Keyblade.

Patas pra que te quero!



Donald é um personagem cômico por ser excessivamente sério e facilmente irritável. Por ser tão agressivo, demorou muito até conseguir se dar bem com Sora, mas acabou por formando uma intensa amizade. Donald é superprotetor em relação aos seus amigos, em especial o Rei Mickey e Goofy, os quais não suporta ver se ferindo ou perigando se machucar. Bem no fundo, toda sua agressividade é apenas um disfarce para seu coração mole que estaria disposto a qualquer coisa por uma amizade, até mesmo desobedecer as ordens diretas de seus superiores.

Donald em geral dispensa o uso de calças, o que é comum para um pato (?), e quase não é notado devido as suas outras vestimentas. A atenção sempre é puxada para seu chapéu extravagante, ou para sua túnica detalhada, geralmente de cores frias.

Seu comportamento agressivo é extremamente útil em batalha, já que suas magias destrutivas já salvaram a pele de Sora muitas vezes. Sua arma de preferência é o cetro/bastão, que serve de catalisador para suas magias – que podem ser baseadas em gelo, raio e até fogo. É o maior suporte para ataque que o jogador pode conseguir.

Onde encontrá-lo?




Sendo um dos grandes protagonistas da Disney, Donald aparece numa grande gama de jogos da franquia, além de estar presente em todos os jogos da série Kingdom Hearts:
  • Kingdom Hearts (PS2);
  • Kingdom Hearts: Chains of Memories (GBA/PS2);
  • Kingdom Hearts: 358/2 Days (DS);
  • Kingdom Hearts II (PS2);
  • Kingdom Hearts: Birth By Sleep (PSP);
  • Kingdom Hearts coded (Celular/DS);
  • Kingdom Hearts 3D: Dream Drop Distance (3DS).
  • Disney's Magical Quest 3 Starring Mickey and Donald (GBA);
  • Donald Duck: Goin' Quackers! (N64/GC/GBC/GBA/PS/Dreamcast)
  • Epic Mickey (Wii)
  • Kinect Disneyland Adventure (Xbox)


Por fim, podemos ver que mesmo aquela pessoa que não se dá bem com ninguém, e que se mostra agressiva com tudo e todos, pode estar apenas tentando se defender e não se machucar, e pode guardar dentro do peito um coração muito carinhoso. Podemos ver também que existem amigos que não costumam demonstrar o quanto se importam conosco em tempos de paz, mas experimente ficar na pior pra ver qual vai ser a primeira mão a se estender... Ou no caso, a primeira asa!
Revisão: Lucas Oliveira

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google