Jogamos

Análise: Just Dance 3 (Wii)

É incrível como Just Dance virou uma das franquias mais rentáveis da indústria em tão pouco tempo... (por Gustavo Assumpção em 17/10/11, via Nintendo Blast)

just_dance_3_wii_box_artÉ incrível como Just Dance virou uma das franquias mais rentáveis da indústria em tão pouco tempo. A fórmula da Ubisoft parece simples à primeira vista, mas conseguiu encontrar um nicho de mercado gigantesco, batendo recordes de vendas e conquistando jogadores por todo o mundo. Agora, chegou a vez de testarmos o terceiro game da franquia, que acaba de ser lançado para o Wii. Just Dance 3 chega cheio de novidades, novos modos de jogo e alterações na jogabilidade. Então, arraste os móveis da sala, junte os amigos e prepare os Wii Remotes que o jogo vai começar!

  • You Can Dance

Just Dance 3 altera pouco a fórmula básica que consagrou a série. Você ainda tem aquele visual que parece ter sido retirado de clipes da década de 90: tudo é colorido, reluzente e over. O legal é que o visual “pra cima” é justamente uma das características mais legais do game, já que combina perfeitamente com o set list pop que predomina no título.

Logo que você liga seu Wii vai perceber que tudo continua simples ao extremo, permitindo que todo o tipo de jogador se adapte sem maiores complicações. A jogabilidade também pouco mudou: o jogador ainda precisa se movimentar ao ritmo da música, repetindo os comandos que aparecem na tela no momento exato. Quanto mais próximo do que é proposto você se movimentar, mais sucesso terá.

É lógico que, infelizmente, os controles ainda são imprecisos e mal programados. Repetir os movimentos corretamente não é garantia de que eles serão reconhecidos pelo game, já que há um atraso na captação das ações. Com o tempo, porém, o jogador se acostuma com esse pequeno defeito. O complicado é perceber que a Ubisoft pouco tem feito para resolver este problema – afinal, por que não adicionar suporte ao Motion Plus, para melhorar a precisão?

jd3_screenshot_barbrastreisand_wii_03  jd3_screenshot_iwasmadeforlovingyou_wii_02

Mesmo com essa falha nos controles, as coreografias de cada uma das mais de quarenta faixas são muito divertidas. O set list, aliás, é um dos destaques do game, principalmente pela qualidade e variedade das canções, que vão do dance ao R&B, passando por sucessos do pop atual e até mesmo clássicos do rock. Como a lista é variada, é bem possível que consiga agradar a todos os jogadores. No meu caso, confesso que Dynamite (do Taio Cruz), Forget You (do Cee Lo Green) e Tightrope (Janelle Monáe) são as minhas preferidas – mas isso é gosto pessoal.

Lista de músicas

1. 2 Unlimited – “No Limit”
2. a-ha – “Take On Me”
3. African Ladies – “Pata Pata”
4. Anja – “Dance All Nite”
5. Bananarama – “Venus”
6. The Black Eyed Peas – “Pump It”
7. Bollywood Rainbow – “Kurio ko uddah le jana”
8. Brahms by Just Dance Classical Orchestra – “Hungarian Dance No. 5”
9. Cee Lo Green – “Forget You”
10. Countdown Mix Masters – “Beautiful Liar”
11. Daft Punk – “Da Funk”
12. Danny Elfman – “This is Halloween”
13. Donna Summer – “I Feel Love”
14. Dr. Creole – “Baby Zouk”
15. Duck Sauce – “Barbra Streisand”
16. Girls Aloud – “Jump (For My Love)”
17. Groove Century – “Boogie Wonderland”
18. Gwen Stefani – “What You Waiting For?”
19. Inspector Marceau – “The Master Blaster”
20. Janelle Monae – “Tightrope (Solo Version)”
21. Jessie J featuring B.o.B – “Price Tag”
22. Katy Perry featuring Snoop Dogg – “California Gurls”
23. Kiss – “I Was Made For Lovin’ You”
24. Konshens – “Jamaican Dance”
25. Latino Sunset – “Mamasita”
26. Laura Bell Bundy – “Giddy On Up (Giddy On Out)”
27. LMFAO featuring Lauren Bennett and GoonRock – “Party Rock Anthem”
28. Madness – “Night Boat To Cairo”
29. MIKA – “Lollipop”
30. Nelly Furtado featuring Timbaland – “Promiscuous”
31. Pointer Sisters – “I’m So Excited”
32. Queen – “Crazy Little Thing Called Love”
33. Reggaeton Storm – “Boom”
34. Robbie Williams and Nicole Kidman – “Somethin’ Stupid”
35. Scissor Sisters – “I Don’t Feel Like Dancin’”
36. Sweat Invaders – “Gonna Make You Sweat (Everybody Dance Now)”
37. Taio Cruz – “Dynamite”
38. The Buggles – “Video Killed The Radio Star”
39. The Chemical Brothers – “Hey Boy Hey Girl”
40. The Girly Team – “Baby One More Time”
41. The London Theatre Orchestra & Cast – “Think”
42. The Sugarhill Gang – “Apache (Jump On It)”
43. Tommy Sparks – “She’s Got Me Dancing”
44. Wilson Pickett – “Land of 1000 Dances”

  • Tem novidade na pista

Just Dance 3 continua com a estrutura bem parecida com os antecessores, apesar de adicionar algumas novidades pontuais que contribuem para melhorar consideravelmente a experiência.

O game ainda é dividido em dois grandes modos: Dance! e Just Sweat. No primeiro, você encontra as rotinas normais de dança, enquanto no segundo, estão concentrados desafios relacionados ao condicionamento físico. Esses dois modos já estavam presentes em outros games da série, mas agora são muito mais complexos e variados.

jd3_screenshot_nolimit_wii_01 jd3_screenshot_partyrockanthem_wii_01

No Dance!, você pode realizar suas performances sozinho ou com a companhia de amigos. Assim como nos demais games da série, é no modo multiplayer que se concentra a diversão de verdade. O mais legal é que desta vez há uma grande novidade: a presença do modo Dance Crew, que funciona como uma versão ampliada dos duetos. Nele, até quatro jogadores podem jogar simultaneamente, realizando coreografias que se tornam diferentes em alguns momentos. Com canções específicas, o Dance Crew é muito divertido, já que promove uma interação maior entre quem está dançando. Outra novidade legal é o Dance Til Dawn, que permite que os jogadores possam dançar ininterruptamente, sem ter que ir até os menus para escolher as canções.

Já no Just Sweat, como já dissemos, o principal objetivo é mesmo conseguir queimar o máximo de calorias. Só que desta vez, a Ubisoft ampliou o modo, adicionando uma série de novidades bem legais. A principal delas é a possibilidade de se destravar o que o jogo chama de gifts, que podem ser novas músicas ou coreografias. Para conseguir destravar esses conteúdos extras, o jogador precisa unir grandes quantidades de tempo dedicado ao jogo e um bom desempenho. Parece pouca coisa, mas são 27 itens destraváveis, que conseguem dar ao jogo  um objetivo – o que por si só já é louvável. Todas as vezes que você jogar alguma canção no modo, o jogo computa seus dados, sendo possível consultar o seu desempenho e verificar melhoras ou pioras nas suas séries.

  • Uma festa na sua casa

Just Dance 3 é, sem dúvida alguma, o melhor game da série. É bem mais completo que os anteriores, evoluindo a experiência dos primeiros JD de maneira considerável. A lista de músicas divertida e variada, garante horas e horas de diversão com os amigos.

Só que ainda sentimos falta de controles melhor planejados e de mais ousadia – afinal não me parece absurdo a existência de modos mais únicos ou de interações online (presentes na versão Kinect). A Ubisoft seguiu um caminho seguro, só que esta decisão já começa a desgastar a franquia. Está chegando a hora de investir mais na customização da experiência em si  - com a adição, por exemplo, de avatares personalizáveis e coisas do tipo.

A Ubisoft tem uma mina de ouro nas mãos, mas precisa urgentemente ir atrás de novas ideias antes que a experiência fique enfadonha.

jd3_screenshot_pumpit_wii_02 jd3_screenshot_whatyouwaitingfor_wii_02

No mais, Just Dance 3 continua sendo uma experiência social como poucas. É um game que pode ser jogado por qualquer um, até mesmo por aqueles que não têm qualquer familiaridade com o gênero. E isso, por si só, é algo que merece elogios.

Prós

  • Muito divertido, principalmente com os amigos;
  • O “Dance Crew” é perfeito para a disputa multiplayer;
  • É um game simples, que pode ser jogado por todo mundo;
  • A nova track list é variada e de qualidade.

Contras

  • A fórmula está meio engessada;
  • O gameplay em si evoluiu pouco desde o primeiro game;
  • A versão para Kinect tem funcionalidades que não estão presentes no Wii.

Just Dance 3 – Nintendo Wii – Nota Final: 8.0

Gráficos: 7.5 | Som: 9.5 | Jogabilidade: 7.0 | Diversão: 8.5

Revisão: Alberto Canen

Gustavo Assumpção escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Recomendações