Jogamos

Análise: Pushmo (eShop/3DS)

Desde que o eShop foi lançado, o serviço ficou devendo em jogos para o 3DS. O que realmente presenciamos foi uma esmagadora maioria de ga... (por Rafael Neves em 15/12/2011, via Nintendo Blast)

pushmo-box-art-160x196Desde que o eShop foi lançado, o serviço ficou devendo em jogos para o 3DS. O que realmente presenciamos foi uma esmagadora maioria de games para o DSiWare com raras aparições de jogos 3D originais e alguns poucos 3D Classics. É nesse contexto de escassez de jogos exclusivos para o 3DS que a Intelligent Systems (a mesma por trás das séries Paper Mario e Fire Emblem) traz Pushmo, um divertidíssimo puzzle que lhe prenderá por horas. Com um esquema bem simples de puxar e empurrar blocos, este side-scrolling serve tanto como passatempo na fila do banco quanto como uma razão para você se comprometer com o seu 3DS.

 

pushmoQuando as crianças que brincavam alegres no parque ficam presas dentro dos Pushmos, é sua a missão de resgatar cada uma delas. Mas o que diabos são Pushmos? Trata-se de brinquedos bem grandes e coloridos, quase como quebra-cabeças tridimensionais. No entanto, todos os Pushmos ficaram bidimensionais, prendendo as crianças que neles brincavam dentro. No papel de Mallo, você terá de puxar e empurrar as peças dos Pushmos para alcançar cada uma das mais de 250 crianças trancafiadas.

“Puxe” e “empurre”…

Pushmo-7…duas palavras que literalmente abrem muitas portas em sua vida (ha ha, entendeu?), mas que alcançam um novo patamar de relevância em Pushmo. Ao selecionar um estágio, você estará diante de uma imagem bidimensional na parede. Algumas são temáticas (como animais, frutas e até sprites 8-bits), mas outras são arquitetadas livremente. Seu objetivo é ir até elas e puxá-las para frente ou empurrá-las de volta. A idéia é que você consiga estruturar para que consiga chegar até o seu topo, onde a criança está presa. Obviamente, cada uma das crianças funciona como a bandeira ao fim das fases de Mario: pegá-las significa vencer o estágio.

Há também uma mecânica de plataforma no jogo, uma vez que você precisa saltar por entre os blocos. Esse não é o foco do game, mas é necessário para alcançar o topo dos Pushmos. Infelizmente, em alguns os momentos esse aspecto falha, pois, por conta dos pulos não serem precisos, alguns pulos são “forçados”, com aquele tom de “isso não foi uma trapaça minha?”.

pushmo-20111208030635328Há três níveis de profundidade para você puxar ou empurrar cada parte do Pushmo. É ai que o efeito 3D do 3DS brilha. Assim como em Super Mario 3D Land (3DS), Pushmo mostra como a tecnologia estereoscópica pode sim influenciar no gameplay. As camadas de profundidade tornam-se mais evidentes e executar os saltos fica ainda mais fácil. Se você quiser, é possível perfeitamente jogar Pushmo do início ao fim com o 3D desligado. Discernir os níveis de profundidade não é problema em 2D, visto que você pode medir as distâncias pelas cores da parte interna dos Pushmos (cada uma representa um nível) e pelas animações e sons dos movimentos que Mallo faz ao puxar/empurrar blocos. Mesmo assim, acredite: você não vai querer desligar o 3D. Ele é agradável aos olhos e muito útil!

Pense fora da caixa

imagesA Intelligent Systems implementou uma série de recursos em Pushmo para impedir que os jogadores menos experientes com o estilo do game se percam. As primeiras fases, por exemplo, servem como um grande tutorial, embora fosse perfeitamente possível aprender tudo naturalmente. Outra ferramenta de ajuda é a possibilidade de “pular” um certo estágio, caso você se complique demais nele e isso o impeça de curtir o resto do game. Mas te adianto que cada enigma é único e a sensação de solucioná-los é muito boa. Se você já jogou Professor Layton, sabe como é o sentimento de vitória, então não se esqueça de voltar aos puzzles que pulou para resolvê-los.

hiku-osu-20110929090822209_640wAinda assim, Pushmo esconde uma centena de quebra-cabeças que instigarão a inteligência dos mais veteranos. Não menospreze este game pelos seus gráficos bonitinhos e músicas serenas, pois Pushmo traz enigmas com nível de dificuldade bem elevados. O jogo consegue cumprir sua função portátil (servir como passatempo prático e rápido) e, ao mesmo tempo, ofertar toneladas de enigmas que o farão quebrar a cabeça. As soluções nem sempre vêm de primeira e o interessante de Pushmo é que ele traz um tipo diferente de enigma.

 

hiku-osu-20110929090819972_640wNão é aquele tipo de puzzle que você planeja todas as jogadas para depois efetuá-las. Pushmo exige sim raciocínio lógico, mas de uma maneira que você irá puxando e empurrando - na base da experimentação- até que consiga encontrar um caminho. Não estou falando que o jogo se resume a “tentativa e erro”, mas se você não começar arriscando aleatoriamente seus movimentos, não conseguirá ir muito longe, pois as soluções não vem na hora que você quer. Fez besteira? Segure L para voltar alguns segundos no passado (assim como em CATRAP, um ótimo game do Virtual Console do 3DS). Pushmo ainda oferece o recurso de ver o puzzle de longe (o que ajuda nos Pushmos maiores) apertando o R e o de voltar ao início do enigma pulando em cima do grande botão triangular. Interessante ressaltar que o fato de novos elementos de jogo serem adicionados aos poucos regula a dificuldade e impede que o jogador caia num ritmo de jogo repetitivo.

Seu próprio estúdio

hiku-osu-20110929090821539_640wO DS foi palco de sucessos do gênero “faça você mesmo”, como Wario Ware D.I.Y e Flipnote Studio, mas agora é a vez do 3DS. As funções de conectividade, como StreetPass e SpotPass, e a capacidade de leitura de QR Codes têm tudo para fazer do 3DS um ótimo console para este tipo de game. Depois de Freakyforms (outra pérola do eShop), é Pushmo quem trará outra mania de criação e compartilhamento de suas obras. Aqui o jogador poderá construir seus próprios Pushmos usando a tela de toque para desenhá-los. Funciona muito bem e há ferramentas de criação que não decepcionarão aqueles que realmente quiserem mergulhar neste universo.

Confira alguns excelentes e temáticos trabalhos dos fãs:

1321448337

pushmo-20111208030634540Mas espere ai, isso quer dizer que qualquer um pode criar um puzzle e dividí-lo com o mundo sem nem ao menos garantir que ele tenha solução? Não, Pushmo traz uma condição para você poder gerar o QR Code (aquele código em preto e branco que a câmera do 3DS reconhece): você precisa solucionar seu enigma. Dessa forma, se você não encontrar uma resposta para suas criações, elas não poderão ser dividas com o resto do mundo. Além disso, também é possível definir níveis de dificuldade para suas obras. Dessa forma, se você não chegou a determinado nível na campanha principal, não poderá brincar com certos Pushmos criados pelos outros.

hiku-osu-20110929090821869_640wMas a forma de compartilhar os Pushmos é onde este excelente game peca. Como já dito, o 3DS é um canivete suíço para a distribuição de dados entre os jogadores, mas a Intelligent Systems não aproveitou metade dos recursos existentes. Ok, podemos compartilhar nossas criações por QR Code, mas onde está o StreetPass para trocar puzzles e recordes com quem passo pela rua ou o SpotPass para baixar (gratuitamente ou não) novos enigmas, como em Professor Layton: The Last Specter (DS) e Solatorobo: Red the Hunter (DS)? E eu pensando em um espaço virtual de troca de Pushmos complexo como nas animações de Flipnote Studio…

A solução do enigma

pushmo-20111128085208563_640wPushmo é um grande título para o eShop. Não é um mero aplicativo ou um game curto e sem graça como os de DSiWare, mas um jogo que poderia muito bem ser vendido em caixa, mas que, felizmente, você pode baixá-lo no conforto de sua casa por R$ 11,99. As centenas de puzzles valerão cada centavo e os gráficos impressionam, uma vez que jogos baixados normalmente não dão o devido apreço ao seu visual. Uma pena efeitos sonoros cansem por não possuírem variedade, enquanto as músicas trazem um constante clima de tranquilidade. Tudo bem que o compartilhamento de suas criações não é muito bom, mas o recurso tem muito potencial. Se você curte enigmas de rachar a cuca, gosta de criar seus próprios puzzles ou simplesmente procura uma distração, Pushmo é a escolha certa!

Prós

  • Centenas de puzzles variados
  • Jogadores menos experientes não terão problemas
  • Criação de seus próprios enigmas instiga a criatividade
  • Preço justo
  • Gráficos acima da média para um jogo por distribuído download

Contras

  • O compartilhamento de suas criações ignora muitos dos recursos do 3DS
  • Efeitos sonoros e músicas repetitivas
  • O aspecto “plataforma” do game nem sempre funciona bem

Pushmo – 3DS – Nota Final: 8,5

Gráficos: 8,0 | Sons: 7,5 | Jogabilidade: 9,0 | Diversão: 9,0

Rafael Neves é quadrinista e estudante de medicina da UFBA. Jogos fizeram parte dessa vida desde os seus primeiros anos, embalando muitos dos mais fortes laços de amizade e histórias de vida. E esse legado desembocam nas matérias que escreve aqui no Blast e em sua HQ, The Legend of Link.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook