Atlus responde a dúvidas sobre Persona Q (3DS)

Novos vídeos esclarecem detalhes sobre vários elementos do título como combates, inimigos, enredo, mapas, jogabilidade, etc.

Persona Q: Shadow of the Labyrinth está a pouco mais de uma semana de seu lançamento na América e a expectativa dos fãs não para de crescer. Para esclarecer algumas dúvidas sobre o funcionamento do jogo, a produtora publicou no YouTube quatro novos vídeos com os temas: Perguntas e Respostas, Batalhas, Desenhar Mapas e FOEs.



Uma coisa notada pelos fãs foi que em alguns vídeos com gameplay personagens usavam Personas que não eram os deles. Já se sabe que os protagonistas tanto de Persona 3 quanto de Persona 4 tem a  habilidade Wild Cards, podendo fazer uso de diversas criaturas. A novidade agora é que todos os personagens poderão equipar Sub-Personas, adquirindo com eles novas habilidades e acréscimos de HP e SP.

No novo game, o jogador terá controle total sobre os membros do time durante o combate. Não será como em P3, por exemplo, em que os personagens que não são o principal agem por conta própria. Agora os comandos serão dados a todos da equipe.



Não haverá contagem dos dias. A parte de gerenciamento de tempo com social links estará ausente em Persona Q. Mas esse elemento foi substituído por um sistema de quests, havendo bastante diálogo entre os personagens e será possível fazer passeios com eles por Yasogami High podendo-se, assim, conhecê-los melhor.

A história do título, embora canônica, é um episódio independente. Não será necessário ter jogado os jogos anteriores para se compreender o enredo. Com personagens contando com tanto carisma, o game será atrativo tanto para os veteranos quanto para os novatos.



O gameplay será uma mistura aperfeiçoada do que já vimos na série com elementos de Etrian Odyssey — exploração em primeira pessoa, desenho de mapas e FOEs, por exemplo. Estarão disponíveis para escolha cinco níveis de dificuldade: Safety, Easy, Normal, Hard e Risky. O primeiro permite curtir a história sem se preocupar com estratégia de luta, já o último oferece um verdadeiro desafio hardcore.

A fusão de Personas é algo que deverá ser bem trabalhado durante a jogatina, pois não haverá árvore de habilidades e a única forma forma de se adquirir novas aptidões e poderes será através desse sistema.



Alguns outros recursos que estarão disponíveis são: DLC de Personas e voz de navegação (uma delas é a de Nanako), função de StreetPass que permitirá a troca de informações sobre criaturas como em Shin Megami Tensei IV, diálogos dublados em inglês (não será possível optar pela dublagem japonesa) e cenas animadas no melhor estilo anime chibi.

Fonte: Atlus USA
Luiz Filipe Cremonezi do Valle é formado em Direito pela UFJF. Adora videogames desde que se entende por gente. Gosta de jogos antigos, mas está sempre ligado nos novos games e tecnologias. Pode ser encontrado no Facebook e no Twitter.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais