Pokémon Blast

Competitivo 102: O cenário competitivo Pokémon em dose dupla!

Um ano depois de aprender tudo sobre o competitivo padrão de Pokémon, é hora de embarcar em novas aulas sobre batalhas em dupla!

No ano passado, o grupo Pokémon Blast estava recém-nascido, saindo das fraldas e reunindo uma massa de novos treinadores para o mundo Pokémon competitivo, o que me levou a redigir um guia apelidado de Competitivo 101 para lecionar, do básico ao avançado, como ingressar nesse campo tão profundo. Hoje aquele mesmo grupo é o maior do gênero na América Latina, e com o Brasil tendo uma comunidade cada vez mais forte no cenário, vejo que já é hora de levar a brincadeira para um novo nível e expandir os horizontes dos treinadores que buscam conquistar a glória de ser um mestre Pokémon. É por isso que tenho  orgulho de apresentá-los ao Competitivo 102, o novo estágio das nossas aulas!

“Mas o que exatamente é isso?”

Quando comecei o Competitivo 101 no ano passado, meu alvo era mostrar aos jovens jogadores que, movidos pelo impulso de voltar ao mundo Pokémon com a febre de Pokémon X e Y (3DS), estavam ansiosos por conhecer o lado mais profissional do treinamento dos monstrinhos de bolso. Isso nos levou a quinze aulas sobre como jogar competitivamente na modalidade mais básica do game: Seis contra seis utilizando as regras básicas da Smogon University, que são as mais usadas no mundo todo em campeonatos extra-oficiais.

Mas e quanto aos oficiais, sancionados pela Pokémon Company e Nintendo? Chegamos a falar um pouco disso em duas das aulas anteriores, mas não demos o devido destaque, especialmente pelo fato de que eles ainda não estavam presentes no território nacional. Todavia, com o crescimento massivo da base de jogadores brasileiros, é possível que esse cenário mude muito em breve, e por isso que já é hora de começar a abordar o único metagame que importa verdadeiramente para os jogadores que almejam ser treinadores de renome mundial através de torneios oficiais: o VGC.
101? 102?: é normal se confundir com os títulos dessas duas colunas, já que se originam de um termo norte-americano. Conforme explicado na primeira parte do Competitivo 101, o termo “one-o-one” se refere aos básicos de um determinado assunto, já que a primeira sala de qualquer curso costuma ser a primeira do primeiro andar, ou sala 101. O número 102 apenas pega esse mesmo princípio e faz uma brincadeira a mais: antes falávamos de batalhas Singles, mas agora trataremos apenas de Doubles. 
Com isso,  teremos no Competitivo 102 uma série de aulas especializadas em batalhas em dupla. Aqui teremos estratégias focadas nesse meio, como preparar Pokémon para jogar aqui, como selecionar um time adequado, como estimular a sinergia entre os membros da sua equipe, aprender com as táticas de campeões mundiais e muito mais. Então preparem as cadeiras, puxem seus cadernos de anotações e vamos começar com as aulas!

“Tá, mas por que eu deveria ler isso?”

Okay, talvez eu não tenha sido claro o bastante. Para saber se você deve ler isso ou não, eu faço três perguntas:

Você é um treinador iniciante e quer aprender como jogar competitivamente? Em caso positivo, a série Competitivo 102 irá ajudar a pegar os básicos dos combates, irá ensinar como pensar de maneira diferenciada contra um oponente humano e perceber as grandes diferenças que existem entre  batalhar contra os oponentes controlados pelo computador e outros treinadores mundo afora. Agora, em caso negativo…

Você já joga competitivamente, mas não tem conhecimento do cenário oficial da Pokémon Company? É muito comum que a maioria dos jogadores jogue apenas as modalidades da Smogon University por sua vasta aceitação no mundo inteiro, inclusive no Brasil através dos campeonatos da LOP (Liga Organizada Pokémon). Neste caso, o metagame das batalhas em dupla acaba sendo pesadamente ofuscado, o que faz com que muitos acreditem que é só jogar da mesma maneira que no 1x1, só com Pokémon a mais em campo. Para desmistificar isso, a proposta é que todos conheçam melhor o VGC e possam se preparar para os torneios oficiais. Mas se já joga bem nessa área...

Esteja disposto a ensinar
por uma comunidade melhor!
Você está disposto a ajudar novatos a ingressarem nesse mundo? Em caso positivo, sua chance está em acompanhar o Competitivo 102 e dar seu feedback conforme avançamos com as aulas. A seção de comentários será usada demasiadamente para discussões dos temas das aulas, e um espaço estará reservado no fim de cada artigo para responder perguntas dos leitores. Dessa maneira, mesmo os que já conhecem bem o metagame podem participar, e quem sabe isso não os deixa ainda mais afiados no assunto?

Dito isso, aqui estão os motivos para se atender às aulas do Competitivo 102 e poder aprender mais sobre como jogar as batalhas em dupla. Agora enfim podemos começ--

“Mas por que jogar Doubles ao invés de Singles?”

Bom, é, essa é uma dúvida que muitas pessoas têm, por mais irônico que pareça e por mais simples que a resposta seja. Antes de sequer entrar no mérito de qual das duas modalidades é melhor, eu coloco em pauta: você precisa mesmo escolher uma das duas? Não existe uma regra que diga que você só pode jogar um deles, nada te impede de elaborar times para Singles e Doubles e tentar ser o melhor na Smogon ou no VGC. Se você tem curiosidade, tente, pode acabar gostando mais do que imagina.
E persiste a ilusão de que essa rivalidade realmente exista.
Um fato é que Doubles é muito mais dinâmico do que Singles, e costuma ser melhor para quem prefere partidas mais curtas. Os campeonatos oficiais têm um grande foco em partidas rápidas, concisas, e a jogabilidade das batalhas em dupla só acelera isso ainda mais. É perfeitamente possível jogar na pausa entre seus afazeres sem abalar toda a estrutura da sua agenda, e não tem chance de cair contra um adversário com uma equipe focada em te fazer perder uma hora da sua vida tomando dano residual.

Quer mais? Saiba que existem muitos Pokémon que você verá em Doubles que dificilmente verá em Singles. Isso se deve ao fato de que muitos dos poucos conhecidos têm potenciais ocultos nas batalhas em dupla, ocupando nichos inesperados e sendo até mais populares que diversas figurinhas marcadas do cenário competitivo do um-contra-um. Acha que o Pachirisu das finais do VGC 14 foi uma surpresa? Coisas muito mais inesperadas podem rolar numa batalha em dupla!

E claro, o motivo mais importante para quem mira alto é que todos os campeonatos oficiais e importantes da Pokémon Company são em Doubles. A cada temporada temos um novo campeonato temático no modo online de X e Y (e agora em Omega Ruby e Alpha Sapphire (3DS)), e a maioria deles são em Doubles. O próprio campeonato oficial que vai aos mundiais, o supracitado VGC, é inteiramente nessa modalidade. Portanto, se você deseja tentar a sorte nesses campeonatos quando eles chegarem aqui, é bom estar pronto para os embates em dose dupla!

Como podem ver, o que não faltam são motivos para tentar a sorte nesse novo território, ou mesmo dar uma segunda chance se você se decepcionou antes. Então preparem seus Pokémon e seu material, porque teremos muito trabalho pela frente. Mas isso é assunto para uma outra semana...

Isso conclui o nosso capítulo introdutório ao Competitivo 102. Enquanto eu gostaria de dar princípio às aulas nesta mesma matéria, existiam muitas perguntas que deveriam ser respondidas antes de mergulhar de cabeça no tema, então consideremos isso nossa “quebra de gelo”. No decorrer das próximas semanas, todas às sextas, teremos uma nova aula temática  focada em um aspecto desse metagame, e sempre se concentrando em responder dúvidas dos nossos leitores. Então não tenham medo de deixar suas perguntas e críticas aqui nos comentários, pois o Ask Me-owth estará de volta! Até a próxima semana!
Revisão: Leonardo Nazareth
Capa: Felipe Araujo
Fellipe Camarossi é graduando em Ciências Contábeis e amante de uma boa discussão sobre videogames. Além de escrever para o Nintendo Blast, também é redator nas revistas Nintendo World e EGW. Para elogios e críticas, pode encontrá-lo no Facebook ou Twitter.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais