Fire Emblem Warriors (Switch/N3DS): novas informações detalham história e gameplay

Aventura dos gêmeos Lian e Shion conta com a presença de personagens clássicos e mecânicas tradicionais da franquia.

A última edição da revista japonesa Famitsu trouxe uma enorme quantidade de novas informações sobre o aguardadíssimo Fire Emblem Warriors (Switch/N3DS). A primeira relevante delas é sobre o desenvolvimento do jogo, que atualmente está na 70% completo e foi pensado especialmente para agradar os fãs da franquia de estratégia.


Isso significa que o game será mais do que jogar os personagens da série em uma mecânica dos jogos musou. Para isso, o jogador encontrará aqui uma história inédita que segue os irmãos gêmeos Shion e Lian, príncipe e princesa do reino de Aitoris. Após a morte de seu pai vítima de uma doença, o reino ficou sem líder por muitos anos e teve a paz mantida graças ao território vizinho e amigo, o Reino de Guston.

Essa tranquilidade chegou ao fim com a súbita invasão de monstros de uma outra dimensão, e é aí que o jogo começa. Como não tinham conhecido nada além da paz por todas as suas vidas, os novos personagens e a Rainha Yuana estão à mercê dos inimigos, quando Príncipe Darios de Guston - outro estreante na série - parte para resgatá-los.


Um pouco da personalidade dos protagonistas foram reveladas na mesma edição da revista. Revoltado com a situação e em treinamento nas artes da espada, Shion irá lutar para não assumir o trono de seu reino e pede que Lian tome seu lugar, pois quer estar no campo de batalha protegendo sua terra.

Por sua vez, a irmã mais velha também não tem qualquer interesse em assumir o controle e tenta convencer ao seu irmão a cumprir seu dever como herdeiro. Apesar de inteligente, ela conhece bem suas falhas e não acredita ser a melhor opção para comandar o Reino.

Ainda sobre o enredo, personagens de outros games estarão presentes, mas não será como em Fire Emblem Heroes (iOS/Android), que reúne todo o universo da franquia. Os que aparecerão são em sua maioria de Fire Emblem: Shadow Dragon and the Blade of Light (Multi), Fire Emblem Awakening (3DS) e Fire Emblem Fates (3DS). Essa informação aliada às capturas de tela do jogo já garantem Marth e Chrom, enquanto o ícone na conta do jogo no twitter dá a dica da presença de Anna.

O toque de Fire Emblem, porém, não está somente na história. Algumas mecânicas tradicionais serão transportadas para o musou, caso da tríade de armas, onde alguns tipos de equipamentos e classes são mais efetivos contra outros - ou seja, um arqueiro continuará tendo vantagem sobre unidades montadas, como os Pegasus Knights.

Mais uma boa notícia: o jogador controlará uma variedade de personagens (o maior número de todos os crossovers) com as mais diversas habilidades, de guerreiros a magos, que poderão ser alternados durante a batalha.


Outro aspecto que ganhou destaque nos últimos jogos e retorna em Warriors é a formação de vínculos, inclusive entre os personagens de diferentes jogos, mas não haverá casamentos ou outros relacionamentos além de amizade.

Uma grande quantidade de texto está sendo preparado para essa mecânica, e variam de diálogos engraçados a conversas sérias. Como já foi confirmado também que há um script de voz gigantesco, é de se imaginar que essas interações serão dubladas.

Fire Emblem Warriors ainda não tem data de lançamento, mas já possui site e conta em rede social oficiais no Japão.

Thiago Caires escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook