Pokémon Ruby & Sapphire (GBA) foram os jogos da série mais difíceis de desenvolver

Junichi Masuda revela que enfrentou problemas de saúde ao ouvir que a moda de Pokémon tinha acabado.


Desenvolver jogos é trabalhoso, exigindo muito tempo e dedicação. Imagine então ter criar um novo PokémonJunichi Masuda, produtor, compositor e diretor da franquia, revelou em entrevista ao Game Informer que o título da série mais desafiador para desenvolver foi Pokémon Ruby & Sapphire para Game Boy Advance.


"Com Ruby e Sapphire, a tela ficou um pouco maior e com um aspecto de proporção diferente, muito mais cores e canais de som, de modo que a tecnologia foi melhorada dramaticamente. Isso nos permitiu fazer muito mais e nos deu liberdade, mas também levou mais tempo para fazer as coisas", disse Masuda.

O produtor revelou que ouviu opiniões de que a série Pokémon chegaria ao fim após o sucesso de Gold & Silver (GBC). "Após Gold & Silver serem lançados, eles foram um grande sucesso ao redor do mundo, mas pouco tempo depois todos estavam dizendo, 'É isso, a moda do Pokémon acabou! Está morto!'", contou Masuda. "Foi um projeto muito estressante, com certeza. Quando começamos a desenvolvê-lo, tive a ideia de que seria Ruby e Sapphire, e então os próximos jogos, incluindo os títulos, seriam Diamond e Pearl, e entre eles faríamos os remakes FireRed e LeafGreen. Então poderíamos criar essa estrutura onde você levaria os Pokémon da região de Kanto para Diamond e Pearl".

Além de encarar problemas com os nomes Ruby e Sapphire, que poderiam não ser utilizados após pesquisas de marcas registradas, Masuda queria provar que as pessoas estavam erradas a respeito da 'moda Pokémon'. "Na época, a atmosfera e pensamento geral era que a moda Pokémon tinha acabado e houve grande pressão para provar que as pessoas estavam erradas". disse o produtor. Ele sofreu pressão ao visitar os Estados Unidos e perceber que os produtos e brinquedos da série não estavam mais sendo expostos em lojas e quiosques. "Na outra vez que viajei era tudo de Star Wars. Todos estavam dizendo que [Pokémon] estava uma tendência de baixa, que a mania acabou e senti realmente essa pressão para fazer algo maravilhoso" revelou.


Masuda enfrentou problemas de saúde por causa da pressão e até sonhou com o lançamento de Ruby e Sapphire sendo um fracasso. "Fiquei realmente estressado, tive que ir ao hospital e tive problemas de estômago. Tiveram que inserir uma câmera e eles não sabiam o que era - muito estressante. Na noite anterior ao lançamento, tive um sonho de que foi um completo fracasso, um pesadelo total", contou. Mas Masuda não cedeu à pressão e a Game Freak pode usar os nomes Ruby e Sapphire. "Nós, na Game Freak, pegamos isso como um desafio e dissemos, 'Não está morto, nós vamos mostrar a vocês. Vocês estão errados!'. Na manhã seguinte do dia do lançamento, entrei na loja local e vi pessoas na fila para comprá-los e fiquei extremamente aliviado", completa.

Shigeru Ohmori, diretor de Pokémon Sun & Moon e Omega Ruby & Alpha Sapphire, começou a trabalhar na série com Ruby & Sapphire e, diferentemente de Masuda, se divertiu bastante. "Foi realmente muito divertido trabalhar com isso e pensava, 'Estou fazendo isso', disse. "Continuei ouvindo de Masuda o quão difícil foram Ruby & Sapphire originais e tinha essa pressão em mente enquanto criava Alpha Sapphire e Omega Ruby. Mas, na minha perspectiva, foi muito divertido trabalhar com eles, então estava super motivado para atuar como diretor nos remakes", finalizou Ohmori.

Pelo bem de Masuda, esperamos que o RPG de Pokémon no Switch tenha um desenvolvimento mais tranquilo.


Alex Sandro de Mattos é formado em Gestão de TI. Entre se aventurar por Hyrule e se perder em Silent Hill, gosta de publicar fatos interessantes e bobagens no Nintendo Blast. Pode ser encontrado jogando games 2D e também no Facebook.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook