Jogamos

Análise: The Legend of Zelda: Twilight Princess (Wii)

Anúnciado em meio à aplausos e gritos de emoção durante a E3 2004, The Legend of Zelda: Twilight Princess levou quase 3 anos para ser la... (por Sérgio Estrella em 03/02/2009, via Nintendo Blast)

Anúnciado em meio à aplausos e gritos de emoção durante a E3 2004, The Legend of Zelda: Twilight Princess levou quase 3 anos para ser lançado, passando por adiamentos, vídeos, entrevistas e incertezas. No fim de 2006 saiu simultaneamente para Wii e GameCube, com sutis diferenças, mas será que valeu a espera?

Desta vez a Nintendo resolveu apostar na fórmula do consagrado Ocarina of Time e preferiu usar gráficos realistas ao contrário de Wind Waker, com visual de desenho animado. E não foi só nos gráficos que Twilight Princess se inspirou em Ocarina of Time: o grosso do enredo também é muito semelhante. Mas aqui há novos elementos, como o Reino do Crepúsculo (Twilight Realm, em inglês) que transforma link num Lobo e Midna, uma espécie de releitura da fada Navi, mas com uma importância muito maior na história.

O jogo é cheio de sidequests, minigames (com destaque para o de pesca) e a área explorável é imensa, como foi prometido durante o desenvolvimento. Outra grande novidade que tornou o game mais “cinematográfico” são as várias cenas não interativas presentes durante o decorrer do enredo. Mas não se engane, não foi dessa vez que Zelda ganhou cenas em CG, é tudo em tempo real, utilizando a própria engine do jogo. Apesar disso, o enredo é um dos mais refinados da série e essas cenas apenas reforçam isso.

No entanto, algumas coisas já começam a fazer falta, como a dublagem, que deveria ser obrigatória num jogo como Zelda. Mais uma decepção é a ausência da barra de Magia e das Magias em si; dá a impressão de que algo foi esquecido. A Nintendo poderia ter acrescentado mais espadas, roupas e escudos também, ou pelo menos na mesma quantidade de Ocarina of Time.

No Wii, todos os mapas são espelhados em relação a versão para GameCube, inclusive o Link, que agora é destro, para corresponder à posição do Wiimote e Nunchuk nas mãos do jogador. Alias a jogabilidade está muito melhor na versão para Wii, apesar de tornar o jogo ligeiramente mais fácil. Usar a espada e o arco e flecha, por exemplo, é muito mais divertido e intuitivo.

The Legend of Zelda: Twilight Princess é um jogo incrível, pois aprimora a maioria dos conceitos introduzidos nos episódios anteriores e oferece um conteúdo extenso e variado, mas teve medo de inovar, diferente de seus antecessores.

The Legend of Zelda: Twilight Princess (Wii) – Nota: 8.5

Imagens: IGN


Autor do Blog "iceBreaker" , "Nintendo Blast" e "Hellness". Moro em Curitiba-PR, e curso Design Gráfico na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Comentários

Google
Disqus
Facebook


  1. Para mim não faltou nada, acho apenas que dessa vez os jogos da serie estão agora (caso uma versão do wii saia, e com certeza vai sair uma) na hora de atingir um novo nível de jogabilidade ou mesmo de realismo e desafio.

    Por exemplo, sempre achei que Link carrega muitos objetos com ele, e seria interessante se ele só pudesse carregar o que os "bolsos" coubessem. (você pode pensar que isso é meio resident evil, e digo tolice de quem pensar isso, para quem joga zelda sabe que tipo de jogo ele é). Afinal, Link tem uma casa em praticamente todos os jogos dele mas não serve para nada se nada ele guarda lá ou mesmo faz uso.

    Outra coisa que gostaria de ver, e acho que todo mundo que joga Zelda, são os inimigos evoluirem, ou combates com os inimigos. Essa coisa de três ou quatro golpes de praticamente o mesmo jeito já deu o seu tempo. Tá na hora de colocarem mais estratégias nesses combates.

    Mais uma coisa, sou um pouco conservador em relação a isso, não acho que dublagem cairia bem na série. Afinal estamos acostumados a não ter dublagem real. O que gostaria de ver é um tipo de dublagem diferente, semelhante a de midna em TP, ou seja uma lingua inventada especialmente para o jogo (mas bem mais trabalhada, claro, seria o verdadeiro senhor dos aneis dos jogos de videogame).


    Sobre a analise foi bem curta e não falou de muitos aspectos (não sei se a intenção era esta, se sim foi bem simples e boa para informar algo direto do jogo) (se não foi a intenção então não está tão boa assim). Mas particularmente, como fã da série, claro, acho que merecia uma análise, não maior, mas mais completa. E claro, novamente, a nota não seria essa. A propósito nem teria nota, seria colocado apenas como "imperdível", considero este um jogo na verdade de gamecube e não de wii, e mesmo assim, para um game de wii está ainda muito acima de diversos títulos que sairam esse ano para o console.

    -- Kolndoln

    ResponderExcluir
  2. A minha única queixa com relação a esse jogo é a dificuldade dos inimigos,mas de resto....Bem,é um Zelda,o que mais eu posso querer?

    ResponderExcluir
  3. Review excelente !!
    Jogo sensacional ^^

    ResponderExcluir
  4. eu estou querendo um detonado deste jogo por favor nb arruma um=

    ResponderExcluir
  5. Apesar de ser inferior a OoT e WW, TP é obrigatório!

    ResponderExcluir
  6. belo review estrella.eu terminei esse maravilhoso game no Game Cube e também no Wii.É um jogo espetacular, e ele tinha a obrigação de ser lançado, pois segue a tendência de ocarina of time e os fãs de Zelda( como eu )precisavam de um titulo mais moderno nos moldes do clássico insuperável da Nintendo. Bola dentro!

    ResponderExcluir
  7. Realmente esse zelda foi ótimo, mas faltou algumas coisas sim.. por exemplo, no ocarina, dps q o link sai de kokiri o jogador pode ir pra qualquer lugar no mapa...o jogador tem liberdade.. a unica coisa q influencia na sua direçao sao a navi e a coruja... em TW, vc tem q seguir rigorosamente o mapa,pois os ambientes sao fechados. Pra mim essa liberdad que faltou em TW é essencial!! (quem nunca em majora's mask, fikou rodando em termina field com o goron só por diversao?)..
    Qndo link se transforma em lobo, sao poucas as coisas q ele faz.. sendo q eh bem mais pratico lutar de link humano e usar a epona q o lobo. Poderia ter mais finalidades especificas.. o lobo soh cava e usa o 'sense' pra diferenciar do link adulto!
    E pra mim o mais importante de td... faltou trilha sonora!!! As musicas orquestradas sao mtlegais e se adequaram ao tema mais serio, mas as vezes dexou a desejar.. Sempre q penso nisso,lembro de OoT, mais precisamente kokiri e akela musikinha caracteristica..ou hyrule e termina field. Nos outros zeldas tem musika TODA hora..oq faz o jogador entrar mais na historia... ( boa parte dessa trilha sonora q faltou eh a falta da ocarina..mas mesmo assim, tinha q ter mais)!!

    ResponderExcluir
  8. Review exelente, jogo mais exelente ainda!:D

    ResponderExcluir
  9. ?????????????? Isso foi uma análise???
    A do Super Mario 3D Land foi melhor e disse tudo...
    Por favor se não for pedi muito jogue o jogo antes de fazer o review brigado :)

    ResponderExcluir
  10. Acesse e Concorram a um play3, um wii, um xbox, um psp e um ds http://www.youtube.com/watch?v=OL59z_uSupo&list=UUShBSlI6dZOg7cSfhrdiI3g&index=2&feature=plcp

    ResponderExcluir