Stan Lee fala sobre a nova versão de Marvel Ultimate Alliance 2

Para quem não conhece este novo game franquia Marvel, a história gira em torno de um conflito entre dois grupos divididos por uma questão po... (por Giuliano Mazzeo em 14/08/2009, via Nintendo Blast)

Para quem não conhece este novo game franquia Marvel, a história gira em torno de um conflito entre dois grupos divididos por uma questão polêmica: os heróis devem ou não ser registrados pelo governo? Explicando melhor, a trama se passa em um conflito da série Guerra Civil, onde uma grande batalha entre heróis e vilões deixa milhares de mortos e feridos, onde esse acontecimento é considerado como um ato de negligência daqueles que possuem super poderes, e com isso, um movimento que obriga todos os super heróis a registrarem suas ações para o governo é iniciado pela população.

O governo aprova o projeto e todos devem escolher entre obedecer ou desafiar a lei.
Com essa temática chave, nos vemos frente a frente com uma guerra que irá dividir as forças e opiniões dos defensores da paz e da justiça, sendo que o lado que prega pela aliança com o governo é encabeçado por ninguém menos do que o Homem de Ferro, enquanto os “rebeldes” encontram na liderança de Capitão América uma razão para lutar pela sua própria autonomia.

E na onda desse grande lançamento, o grande mestre e criador do universo Marvel, Stan Lee, deu uma entrevista na qual revela seu ponto de vista sobre a temática do game, e ainda o que os jogadores podem esperar dessa nova versão que tem data prevista de lançamento para o dia 15 de setembro.

“Uma das melhores coisas no Ultimate Alliance 2 é a habilidade que os heróis têm em unir seus poderes. Se atualmente você consegue fazer alguma coisa que nunca tinha sido feita antes para atrair aos jogadores, você conseguiu realizar um grande feito, sendo que a coisa mais importante é dar aos personagens qualidades que os jogadores reconheçam, e assim, possam ver mais além desse jogo.”
Quando perguntado sobre a temática da história, sua opinião sobre o registro dos heróis pelo governo foi a seguinte:

“Se estamos falando de super heróis, acho que eu seria contra esse ato, porque a maioria dos super heróis não precisa ser registrada, eles nunca fariam nada de errado, e por isso, não precisam ser controlados, apenas aqueles que se tornarem maus, mas se algum deles virar mau, então eles não são exatamente super heróis, não é mesmo?”

E para concluir, Stan Lee quer saber:

De que lado você está?

Fonte: http://www.gametrailers.com/video/behind-the-scenes-stan-marvel-ultimate/54253

Um Ser puramente inquieto e em constante trasnformação, Graças a Deus!


Disqus
Facebook
Google