Jogamos

Análise: De Blob (Wii)

em 15/09/2010

de Blob é um dos jogos mais sensacionais para Wii, apesar ser pouco reconhecido por aqui. Desenvolvido pela Blue Tongue Entertainment e... (por Alex Sandro de Mattos em 15/09/2010, via Nintendo Blast)


de Blob é um dos jogos mais sensacionais para Wii, apesar ser pouco reconhecido por aqui. Desenvolvido pela Blue Tongue Entertainment e publicada pela THQ, que comprou a ideia e os direitos de um grupo de estudantes, o game mescla puzzle-plataforma com uma idéia simples: colorir a cidade.

Colorindo e tocando



Você já associou de Blob àquela aula chata de Artes ou a "jogo de criancinhas" só pelo visual do game? Pois está enganado! Mesmo com um visual simples e infantil, há vários detalhes como aos respingos de tinta e os rastros que o personagem deixa por onde passa. A história se inicia com a invasão da Organização I.N.K.T., que são personagens pretos e que possuem apenas um olho, que roubam as cores da cidade de Chroma City e você, o personagem bolha de nome homônimo ao game, deve restaurar as cores da cidade. Blob tem a ajuda de seus amigos Arty, Zip e Bif para fazer a 'Revolução da Cor' e são liderados por Prof. Cada um de seus amigos trazem desafios específicos em cada fase: Arty pede para que o jogador pinte determinados prédios com cores definidas por ela; nos desafios de Zip, o jogador deve seguir uma pequena fumaça laranja pelos cenários e que levam à outros objetivos; Bif pede para que você elimine certa quantidade de inimigos; e Prof. comanda Blob para pintar os pontos chaves do cenários com quantidade de tinta determinada por ele. Pode parecer simples a ideia do jogo, mas ainda há um fator determinante no game que dificulta os desafios: o tempo.

 

A cada início de fase há uma animação divertida, que sempre dá uma dica do que o jogador vai enfrentar e o estilo de música que fica à escolha do jogador. Conforme vai colorindo a cidade, a música se desenvolve variando com a cor que o jogador escolhe e tipo de música, fazendo-o tocar e colorir ao mesmo tempo. Além disso, o jogo determina um tempo limite que você pode permanecer na fase e que pode ser aumentado a cada desafio completado ou pintando totalmente cada quarteirão e assim liberando os raydians, que são os habitantes da cidade que devem ser pintados e até mesmo encontrando tempos extras pelo cenário. Se o jogador completar os desafios na primeira vez ganha mais pontos que são usados para abrir os portões da cidade e que divide o jogo em seções. É possível conferir o progresso no menu de pausa, onde pode-se encontrar a porcentagem da cidade que já foi pintada, o número de árvores e de raydians já coloridos e quantos ainda restam, a quantidade de objetivos completados, entre outros.

O Van Gogh do Wii Remote



Controlar Blob é fácil e interativo. O analógico cuida da movimentação, o botão Z trava a mira no inimigo ou nos tubos de tintas e o jogador deve mexer o Wii Remote para atingí-los. Para pular deve-se mexer o Remote para cima, além de os menus do jogo ser controlados pelo cursor e no direcional digital fica o controle da câmera. E por falar na câmera, às vezes ela atrapalha um pouco fazendo o jogador perder tempo. Para pintar os pontos-chaves do cenário, o jogador deve estar com a cor específica e com a quantidade de tinta necessária para pintar e chacoalhar o Nunchuk e o Wii Remote.

A ideia de pintar os prédios está na mistura de cores. Há vários tubos espalhados pelos cenários com as três cores primárias (azul, amarelo e vermelho, se lembra?) e com as mesclagens pode-se obter outras cores como verde, roxo, laranja e marrom. Uma mecânica simples e funcional.
Seja em de Blob ou no mundo real, se você "pichar"os policiais vão dar cacetadas
No total há 10 fases, sendo que cada vez que você completa cada uma destrava extras como artworks, videos, um modo pintura livre e dois desafios extras que exigem certa dedicação. Em um deles, por exemplo, Blob começa a fase com 60 de tinta e tem que seguir as fumaças coloridas, desviando dos carros e postes para não perder a tinta e chegar até uma área para pintar exatamente 60 prédios. E você vai jogar, jogar de novo e se irritar até conseguir. Também há um modo multiplayer com dois tipos de desafios que são excepcionais. A dificuldade é crescente e moderada e cada nova fase acrescenta ideias novas, sendo que exige muito tempo, pois as últimas fases podem durar aproximadamente uma hora e meia.

Se você está em busca de algo diferente, relax e desafiador, de Blob é uma boa pedida.

de Blob - Nintendo Wii - Nota: 8,0
Gráficos: 8,0 Som: 8,5 Jogabilidade: 8,5 Diversão: 7,0

Desde que aprendeu a jogar videogames com Yoshi's Island e Donkey Kong Country 2, sempre é visto com um controle ou portátil da Nintendo na mão. Descobriu o amor por The Legend of Zelda com Ocarina of Time e sempre está querendo mais Zeldas. Gosta de escrever notícias, análises e bobagens aqui enquanto não está sonhando com um novo Silent Hill.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.