Jogamos

Análise: Metroid: Other M (Wii)

Após o lançamento no SNES , Super Metroid tornou a série popular e deixou muitos fãs com vontade de ver a Samus nos gráficos do N64 , po... (por Pablo Montenegro em 08/09/2010, via Nintendo Blast)

otherm%5B5%5D[1]
Após o lançamento no SNES, Super Metroid tornou a série popular e deixou muitos fãs com vontade de ver a Samus nos gráficos do N64, porem isso não aconteceu. A Nintendo continuou lançando ao decorrer dos anos mais dois títulos da série para o Game Boy Advance, até que finalmente no lançamento do Game Cube foi anunciado, Metroid Prime, mas para a surpresa de muitos, o jogo era em primeira pessoa. Em 2009, Metroid: Other M foi anunciado com a promessa de trazer o título de volta às origens, e foi exatamente isso que fizeram: depois de muita espera e expectativa, o jogo finalmente foi lançado e já deu muito que falar. Nessa análise mostraremos todos os aspectos bons e ruins de Metroid: Other M.

metroid_other_m_boxartO elo perdido

Metroid: Other M se encaixa, cronologicamente, entre Super Metroid (SNES) e Metroid Fusion (GBA) e explica melhor a história da relação entre Adam Malkovich e Samus. Logo na introdução do jogo, são mostrados os momentos finais de Super Metroid: Samus sendo salva pela larva Metroid e depois fugindo do planeta Zebes que estava prestes a explodir. Você começa a jogar quando a Samus acorda em uma sala de recuperação, devido a batalha com a Motherbrain, lá você entra em um tipo de training mode, onde aprende os comandos do jogo. Quando essa parte é finalizada, Samus vai para sua nave e capta um pedido de socorro de uma estação espacial, a Bottle Ship, e segue seu rumo até a estação. Chegando lá, encontra seus antigos companheiros de batalha da Galactic Federation – incluindo Adam Malkovich. A trama do jogo começa com Adam dando ordens para vasculharem a estação em busca de sobreviventes, e então a exploração começa.

Jogabilidade - De volta as origens

XhpUQ0Iki8Xr3tnc97NnEl4WWSr1AmWBO jogo é controlado com o WiiMote segurado de lado, seguindo o estilo de New Super Mario Bros. Wii. Com o direcional você controla a Samus, o botão 1 serve para atirar e o botão 2 para pular. Pronto, simples assim, bem como no NES. É realmente muito natural controlar a Samus em terceira pessoa, principalmente com controles que acompanharam a série desde o primeiro titulo. Existe também o modo em primeira pessoa, que é acionado apontando o WiiMote para a TV. A transição de terceira para primeira pessoa é bem suave e o que torna tudo mais lindo é o slow-motion effect. Assim que você alterna para a primeira pessoa, a velocidade do jogo diminui por alguns instantes, para que você possa se situar e mandar bala nos inimigos.

O modo em primeira pessoa serve para exploração do ambiente e para lançar mísseis, que só podem ser lançados neste modo, o que não é muito legal, mas com o tempo você acaba se acostumando. Outro mecanismo que mudou na jogabilidade e que torna as batalhas mais interessantes é a esquiva e o finishing move. A esquiva é bem simples, basta apenas apertar no momento certo o direcional para qualquer direção quando um inimigo esta prestes a te acertar. Já o finishing move é utilizado quando o inimigo esta debilitado e você tem a oportunidade de finalizá-lo – geralmente basta ir em direção ao inimigo com o Charge Beam no máximo e pular em cima do inimigo e assim desfrutar da animação kick-ass!

Pouca exploração mas muita informação!

metroidotherm_story2Em troca da volta da jogabilidade clássica da série e por um enfoque maior na caracterização da Samus, Other M possui um caminho bem mais linear do que os outros jogos da série, porém a história te prende tanto, que você pode jogar por horas sem se preocupar com itens ou cenário, apenas querendo acompanhar a trama do jogo. Apesar da linearidade enquanto o jogo desenvolve a história, quando você o termina e os créditos transcorrem, Samus volta para a estação e você pode explorar novas áreas da Bottle Ship, com o uso da Power Bomb (que só é adquirida no final do jogo) e também as áreas antigas. Então é um sacrifício exploratório válido em troca de uma trama excepcional.

Apesar da falta de exploração, o aspecto de progressão está como sempre presente nesse titulo, e dessa vez não inventaram nenhum desculpa esfarrapada para a Samus perder suas habilidades, ela possui todos os seus itens e upgrades do final de Super Metroid (SNES), apenas não tem autorização do Adam Malkovich de usa-los. Claro que novos upgrades também são introduzidos no jogo, como o Difusion Beam.

960554_20100615_screen001 960554_20100615_screen002 960554_20100615_screen003

Gráficos surpreendentes

A grande aposta de Other M foi o fato de trazer de volta fatores antigos da série, como a jogabilidade e até mesmo os gráficos, que se tornaram um pouco mais "vivos" e "coloridos" apesar de serem bem realistas. As animações gráficas em Other M são de tirar o fôlego!wii_metroidotherm_screenshot_1 O trabalho com o CGI ficou excepcional, inclusive na transição das cut-scenes para o gameplay - muitas vezes eu estava correndo com a Samus explorando a área e quando mal percebia já não estava mais jogando, e sim assistindo uma bela cut-scene. Os gráficos do jogo são bem realistas, chega até a ser difícil de acreditar que é um jogo de Wii. Apesar de gráficos bem trabalhados, uma coisa que me irritou um pouco foram às paredes invisíveis, coisa que era comum nos jogos de N64 e outros da época, mas que hoje em dia são algo bastante abominável. Houveram várias vezes em que eu via um item e tentava alcançar pulando e simplesmente não podia atravessar o local porque existia uma parede invisível entre onde eu estava e o item.

Fan Service infinito

phantoonPara quem joga Metroid desde sua primeira edição, Other M é uma obra de arte. É possível ver referencias aos jogos anteriores da série o tempo todo, desde personagens, itens, inimigos, trilha sonora. É tanta referencia que deixa Prime no chinelo. Durante o jogo você enfrenta chefões de outros títulos da série, e o que me deixou mais surpreso foi após terminar os créditos do jogo: na última missão da Samus, de resgatar o capacete do Adam Malkovich, você reencontra o Phantoon, chefão original de Super Metroid (SNES), e pode batalhar com ele novamente, para detoná-lo de uma vez por todas!

Metroid: Other M faz jus ao que foi prometido, incorporado todos os fatores clássicos da série 2D, juntamente com os pontos positivos dos Prime e ainda com muitas inovações – um ótimo trabalho realizado pela Team Ninja. É um jogo que definitivamente merece um espaço na sua coleção de jogos.

griptian

Metroid: Other M – Wii – Nota Final: 9.5
Gráficos: 9.0 | Som: 9.0 | Jogabilidade: 10 | Diversão: 10

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


  1. Caramba tem spoilers!!! Grrrrr....
    Mas a análise tá boa. ^^

    ResponderExcluir
  2. ótimo jogo, realmente muito bom.

    Mas as notas me pareceram contraditórias ao texto.

    "Gráficos surpreendentes..."
    "Os gráficos do jogo são bem realistas, chega até a ser difícil de acreditar que é um jogo de Wii."

    Gráficos: 9.0


    "O modo em primeira pessoa serve para exploração do ambiente e para lançar mísseis, que só podem ser lançados neste modo, o que não é muito legal, mas com o tempo você acaba se acostumando"

    Jogabilidade: 10

    ResponderExcluir
  3. Se não desconsiderasse tanto Prime, taria ótimo! ;D

    Tudo bem que é FPS, mas é fenomenal! Mesmo assim, parabéns pela analise, aguardo a hora de detonar Other M

    ResponderExcluir
  4. Madmax77: Putz.. última foto foi foda hein, tremendo spoiler, boa análise!!!

    ResponderExcluir
  5. Eu achei que a nota deveria ser 10 em todos os critérios, considerando que Mario Galaxy 2 ganhou tudo 10 aqui no NBlast. O jogo teve uma mudança/evolução bem interessante em todos os aspectos. A questão de só atirar em primeira pessoa tiros maiores eu achei uma escolha sensata: imagine você dar um tiro daqueles sem fazer uma boa mira. Totalmente nonsense.

    As barreiras invisíveis foi uma crítica insensata na minha opinião. O que isto tem a ver com gráficos?

    Mas enfim... no geral a análise foi boa, mas a nota acho que pecou (considerando outras avaliações feitas no NBlast).

    ResponderExcluir
  6. Cara,finalmente uma analise que preste,aleluia,tudo que vi no Metacritic foram meros 79!Fala sério!
    Mas tenho que concordar,essa analise esta muito boa,embora as notas sejem meio contraditorias em si!

    ResponderExcluir
  7. Jogo muito bom e viciante com certeza um dos melhores gráficos do wii, vc chega mesmo a pensar q o wii faz tudo aquilo.Um jogo q a nintendo deveria prestar atenção no enredo e criar mais jogos com uma história mais bem desenvolvida q nem nesse metroid.

    ResponderExcluir
  8. "apenas não tem autorização do Adam Malkovich de usa-los"

    fail total. O jogo em si é bom, mas é um tiro na cabeça da série Metroid.

    E os Primes, que realmente apresentaram algo novo para uma franquia quase falida, são criticados na análise? Super Metroid é referência?

    Enfim, cada um, cada um. Mas Metroid é só Metroid, não 'Super'.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que é questão de gosto e costume, por exemplo na minha opinião a saga prime parece outro jogo, não consegui me identificar com essa saga ja que joquei todos os que vieram antes, então no final das contas ver other m, pra mim foi como ver metroid renascer das cinzas.. particularmente falando.

      Excluir
  9. "apenas não tem autorização do Adam Malkovich de usa-los"[2]

    Bota fail nisso. Um dos maiores incentivos em derrotar os chefes em metroids era saber que um upgrade importantissimo viria após derrota-lo.
    Other M, manda tudo isso para o espaço, usando uma simples e patetica ordem do Adam. Não teve nada mais irritante e incoerente do que pastar meia hora na lava, pra só depois receber a ordem de usar a Varia suit.
    E os chefes então? Todos fracos e meia bocas. Teve um que parecia uma arvore que eu consegui matar a distancia só usando missil.
    Esse foi, na minha opinião, o mais fraco e patetico metroid de todos os tempos.

    VOLTA RETRO STUDIOS!!!

    ResponderExcluir
  10. Analise muito boa! Mas parece que o jogo esta cheio de contradições.

    "apenas não tem autorização do Adam Malkovich de usa-los"[3]

    Isso é muito estranho, eu preferia mil vezes que inventassem uma desculpa para tira todos os equipamentos da Samus.

    ResponderExcluir
  11. Quanto as autorizações de Adam para usar equipamento não vejo problemas, afinal ele está sob comando e nas forças armadas vc não pode sair por ai com uma bazuca na mão, vc tem que ter autorização do comando superior para abrir fogo, acho perfeitamente aceitável pois ela não estava autorizada a estar lá e Adam colocou essa condição para ela prosseguir na missão.

    Quanto as paredes transparentes não entendi a referência ao N64, as paredes ficam transparentes não por falta de hardware ou algo parecido, e sim por causa da câmera, se elas não ficassem transparentes vc não conseguiria ver o personagem em certos pontos. Totalmente normal isso.

    ResponderExcluir
  12. Então Samus pode se ver entre a vida e a morte e dizer: "É, preciso morrer agora, pq ainda não me deixaram usar mísseis" ;(
    Achei feião essa questão do Adam e suas liberações

    ResponderExcluir
  13. posso falar....
    seguinte galera
    o jogo esta perfeito vcs que estao colocando critica onde nao existe
    ate mesmo pq pensa só:
    1 - qual jogo de wii vcs viram esses graficos :b = pra mim so no monster hunter tri.
    2 - em qual metroid vcs viram esses agarrões de samus??

    3 - jogabilidade simples no controle de wii
    em fim melhoraram e muito o metroid diguino de um 10
    ha..... e boa analize
    quem fala mal é noob

    ResponderExcluir
  14. Se fosse só os misseis ainda ia. E quanto a varia suit, grample beam, screw atack todos itens não explosivos que só podem ser usados com a ordem do mala sem alça.

    ResponderExcluir
  15. Post Fantástico que fala mal é noob e merece morrer atropelado

    ResponderExcluir
  16. AEEEE finalmente algumas pessoas normais!

    Entendam como um desafio. Você só recebe a liberação quando REALMENTE PRECISA para progredir. E isso é valido pra qualquer jogo. A unica coisa chata é que não tem a diversão de procurar o item que é o que normalmente acontece, o item vem até você(ou melhor, ja esta lá). E se fosse assim, do mesmo jeito vc iria passar pela lava e outros lugares fodidos sem ter a bobeira =D

    Post Fantástico que fala mal é noob e merece morrer atropelado [2]

    ResponderExcluir
  17. O povo reclama até porque colocaram 2 toads de cor diferente como p3 e p4,que saco!=.=

    ResponderExcluir
  18. antigamente nota 7 era um bom game, hoje se não for 10 não presta ai ai ai

    dos tempos em que famitsu deu 40/40 pra Ocarina of Time, hoje dão pra qualquer coisa :) e o pessoal ainda reclama

    "UM TIRO NA CABEÇA DA SERIE METROID"
    Só quero ver quando lançarem outro Metroid nesse estilo pro 3DS ^_^

    ResponderExcluir
  19. "Post Fantástico que fala mal é noob e merece morrer atropelado"

    Em primeiro lugar, não é post é analise. Post são que vocês põe.
    Em segundo lugar, o que é fantástico? a Analise (ou post no linguajar de vocês) ou o jogo?
    Em terceiro lugar, não é "que" e sim "quem".
    E em ultimo lugar, opinião pessoal pra que né? Afinal vivemos numa ditadura comunista aonde a liberdade de expressão e pensamento próprio são punidos com a morte.

    ResponderExcluir
  20. Fica uma dica aí para as próximas análises: evitem spoilers! E se for inevitável falar spoilers, pelo menos avisem!

    ResponderExcluir
  21. Ótima análise, porém eu so teria dado um 10 para os gráficos pelos efeitos foda q jogo tem @.@

    ResponderExcluir
  22. Poxa dar um 9.5 é meio forçado, o jogo é bom pacas, mas nao para um 9.5, dou nota 8.5 pelo otimo trabalho do TEAM NINJA, mas tem coisas que irritam e muito, como por exemplo quando vc tem que achar uma agulha num palheiro e só vai continuar se achar. Outra coisa irritante, por que só posso usar os misseis no modo primeira pessoa, queria muito fusilar alguns inimigos no modo normal com os misseis. Por ultimo, por que Samus tinha que ser uma teenager birrenta? Se ela é um Bonty hunter fodassa por que ela tem que obedecer o Adam? Mesmo mostrando um "por que" no meio do jogo, isso nao valida o fato dela ter se tornado um Bonty Hunter fodassa e ter que acatar as ordens dele. Pelo meu ver ela tinha que fazer do jeito dela e mostrar pra ele que ela cresceu e que nao é mais uma adolescente birrenta, afinal ela acabou de ferrar com a MotherBrain e sentou a porrada no Ridley.
    Fora isso o jogo é lindo e viciante, uma obra de arte raramente vista no Wii, 8.5 merece, e espero que façam varias continuações e que elas ganhem nao um 9.5 mas um 10.

    ResponderExcluir
  23. Desculpem meu erro é Bounty nao Bonty

    ResponderExcluir
  24. "Post Fantástico que fala mal é noob e merece morrer atropelado"

    Mano Emissário internet é assim mesmo já cheia desse ratos! Basta postar sua opinião pessoal que vai contra a opinião de outros e somos chamados de noob.

    Eu não gostei dessa ideia dos infernos de dá autorização para usar determinada arma ou kit tira todo o clima de exploração que é o forte na série Metroid. A analise disse: "Other M possui um caminho bem mais linear do que os outros jogos da série".

    Eu não dou 9,5 daria 8,0 por tira um dos mais importantes singularidade da série Metroid.

    ResponderExcluir
  25. Nossa, cara coloca uma foto de um spoiler gigante no final do review. Facepalm.

    ResponderExcluir
  26. "e dessa vez não inventaram nenhum desculpa esfarrapada para a Samus perder suas habilidades, ela possui todos os seus itens e upgrades do final de Super Metroid (SNES), apenas não tem autorização do Adam Malkovich de usa-los."

    Aleluia! Mas não gostei tanto disso... Essa tirinha deve mostrar o por quê (apesar de ser engraçada):
    http://www.brawlinthefamily.com/?p=1536

    E de quebra ainda fica explicado como ela perdeu os itens no Metroid Fusion (perdendo a armadura principal, a Power Suit).

    ResponderExcluir
  27. "Esse foi, na minha opinião, o mais fraco e patetico metroid de todos os tempos."

    Tenho que lembrar a você do Metroid II The Return of Samus?

    Esse para mim foi o pior Metroid da série. As únicas coisas que gostei nele foram a Spider Ball (um item visto só aqui nos jogos em 2D) e o conceito de evolução de Metroids.

    O jogo tinha gráficos em preto-e-branco, uma m*rda comparado aos outros jogos - prefiro o primeiro Metroid a esse, e olha que eu nem sou tão chegado a gráficos assim.
    Essa "novidade" de salvar o jogo nem chegou a ser novidade pra mim, pois já ouvi dizer que na versão japonesa do primeiro jogo tinha como salvar (mas não confirmei nada), o jogo era quase tão linear quanto Fusion ou Other M, pois tinha que matar os Metroids, não catar os itens para prosseguir em certa área.
    Mas o pior de tudo: SR-388 era umas 100 vezes maior do que Zebes e não tinha nenhum mapa para te orientar, e para variar os criadores dos mapas fizeram salas iguais só para jogar seu senso de direção para o espaço. Para mim isso não foi deixar o jogo difícil, foi apelar. Não é à toa que esse jogo não recebeu quase nada aprimorado em jogos futuros, muito menos um remake ou re-lançamento para outras plataformas.

    ResponderExcluir
  28. serginhogrecco15/09/2010 00:32

    Estou jogando e adorando!! excelente!!

    ResponderExcluir
  29. SerginhoGrecco15/09/2010 11:22

    Achei o jogo bem elaborado na narrativa, as cenas em CG deram um charme a mais e adorei o fato do jogo ser mais linear,pois eu não tinha muita paciência de explorar e ficar voltando várias vezes no mesmo lugar para progredir. Entendo a indignação dos fãs de longa data, porém , não concordo quando o Pedro Pellicano disse que o game é um ''tiro na cabeça da série Metroid'',e muito menos quando disse que a série estava ''quase falida''. A série é uma das mais cultuadas dos games, ficou de fora do nintendo 64, mas até então era fortíssima, e com a série Prime, continuou com o forte legado. Other M trouxe mudanças, talvez por uma estratégia da Nintendo em abrangir mais público, ótima sacada.

    ResponderExcluir
  30. Sem Falr na historia que e muito boa traz uma historia que fas como eu nem fasiamos ideia cara melhor joo da plataforma!

    ResponderExcluir
  31. Discordo. O game é fraco para um METROID.

    ResponderExcluir
  32. - Olha, é um grande jogo, mas realmente, o lance de somente poder usar certos armamentos após ordem do Adam foi uma inovação que caiu muito bem na série.

    - A jogabilidade é bem legal, mas usar mísseis somente em 1ª pessoa e em locais pré-determinados também foi uma mudança ruim. Tomara que não repitam isso no próximo que vier.

    - Metroid Prime 3, mesmo tendo sido lançado em 2007, ainda é superior a Other M em praticamente todos os sentidos. Gráficos, trilha sonora, jogabilidade, chefes, exploração, quase tudo é melhor em Prime. A exceção fica pro conta das CG's, que realmente são um espetáculo a parte em Other M.

    - Achei o jogo pequeno em comparação a outros Metroids. Talvez pelo fato de ter me acostumado a transitar por planetas, como em Prime 3, que dá uma dimensão de grandeza muito maior, achei estranha a situação de ficar restrito a uma estação espacial.

    - Poderiam ter colocado o modo de jogar Nunchuk + Wiimote como opcional. Por mais que o esquema de apontar o wiimote para tela tenha sido interessante, durante as batalhas com os chefes ele se torna um pouco complicado.

    Minha nota: 8,7

    ResponderExcluir
  33. Correção: o lance de somente poder usar certos armamentos após ordem do Adam foi uma inovação que NÃO caiu muito bem na série.

    ResponderExcluir
  34. O loco,só tem povo com frescura nesse site,sempre reclamam de algo!.-.

    ResponderExcluir
  35. Não é frescura, Dark Toon, é senso crítico. Ou você acha que os consumidores tem que se contentar com qualquer coisa que nos empurram sempre? Se fizerem mudanças e elas forem positivas, tem que elogiar, mas se mudar para pior tem que criticar. Algumas coisas em Other M foram boas, mas outras tantos foram ruins. No final das contas é um jogo inferior a Prime 3, que foi lançado em 2007.

    ResponderExcluir
  36. Eu nao disse que é superior e nem inferior,mas comparar com Metroid II é baixaria,cara!

    ResponderExcluir
  37. Paulo Eduardo17/11/2010 16:45

    Adorei o jogo, já terminei com 100% e agora estou jogando no Hard.

    Nenhum jogo agrada a todos e este não é excessão, e mesmo que existam problemas na opinião de alguns, eu pergunto que jogo não tem???

    Então joguem, NÃO SE PREOCUPANDO com notas de sites e revistas e curtam essa bela aventura de Samus Aran...

    Além disso quem sabe melhor se um jogo lhe agrada ou não, é vc mesmo.

    ...''NINTENDO SEMPRE''...

    ResponderExcluir
  38. o metroid:other m (e o melhor jogo que eu ja conheci metroid sempre)

    ResponderExcluir
  39. Bom, eu ainda nçao joguei esse ai,mas pelos videos que eu vi, fiquei com vontade de jogar.
    Sou fã da serie ha pouco tempo, so joguei o zero mission e o fusion,mas pelo que pude ver, muita coisa que caracteriza metroid esta presente nesse ai. Não gosto muito de jogos na terceira pessoa, mas eu vi que lembra o fusion, então faço vista grossa e vou jogar XD Eu adoro o fusion.=)

    Bom, não sou uma veterana nem uma azilada por jogos, mas gostei dos CGs [ vide fã de final fantasy] e do gráfico do jogo, é bem colorido , lembrando os primeiros metroids. Enfim, vou jogar e depois digo se eu gostei ou não, ate agora, ja tem meu ponto positivo ;)
    E parabéns pela análise. =)

    ResponderExcluir
  40. metroid other m deve ser muito divertido,mas eu não posso comprar original.nas livrarias tá RS 239.
    CHEGA LOGO JOGO JUSTO0!!!!!!!

    ResponderExcluir
  41. METROID OTHER M NÃO USA AQUELA COMPUTAÇAO GRAFICA QUE AS PESSOAS PENSAM E SIM UMA COMPUTAÇAO GRAFICA USANDO O MESMO NÍVEL GRAFICO DO PRÓPRIO JOGO EM UM OUTRO CENARIO QUE NAO TEM NO PROPRIO JOGO POR EXEMPLO SAMUS ARAN DEMONSTRANDO SUAS EMOÇOES NO TRAILER, OS GRAFICOS DE METROID OTHER M MELHORAMRAM RADICALMENTE EM RELAÇAO AO GRAFICO DE METROID PRIME 3 , E TEM COMO CORRIGIR A FALHA DE UMA PARTE DOS CENARIOS FICAREM TRANSPARENTES E E CORRIGIR COM O CURSOR DO COMTROLE APERFEIÇOANDO A CAMERA. E PARA FINALIZAR COMPAREM O VIDEO NO YOUTUBE DE METROID OTHER M GAMEPLAY HD O PRIMEIRO VIDEO LISTA DE VIDEOS DO YOUTUBE COM O VIDE DE GOD OF WAR 3 REVIEW IGN PARA VER A GRANDE DIFERENÇA!!!!!!

    ResponderExcluir
  42. PQP não merece essa nota, 8,5 no máximo

    ResponderExcluir
  43. Eu provavelmente serei linchado por dizer isto, mas mesmo assim, vale a pena.

    Gostar do gameplay de Other M é algo que eu entendo, gameplay é algo bastante subjetivo, mas gostar da estória de Other M é algo que eu só admito se a pessoa não entender porcaria nenhuma de inglês ou for do nível intelectual que aceita Garbage Pail Kids como um bom filme.

    A estória de Other M é ruim, e isto sequere é uma questão de opinião, o número e a gravidade de furos de roteiro, a forte misoginia implícita, a ausência de evolução de personagens, os enredos secundários que são descartados sem serem resolvidos ou sem influência no roteiro principal, a contradição óbvia entre o que é dito sobre um personagem e o que é mostrado e o fato de o jogo praticamente exigir que você conheça outros jogos para entender a estória deste (ao mesmo tempo em que contradiz outros jogos, vale mencionar!), tudo cria uma massa de incompetencia de roteirização.

    E o lance da autorização não faz sentido nem do ponto de vista de uma organização militar. No campo de batalha soldados tem que obedecer certas ordens para completar a missão, mas eles tem a liberdade de escolher qual a melhor arma para usar em determinada situação, não é porque eles não foram ordenados a usar um colete protetor que eles vão deixar de usar. Me digam, que sentido faz Samus ter que esperar autorizaçõ para usar a Ice Beam ou a proteção contra calor se os soldados de Adam já tem estes mesmo equipamentos ativados desde o começo?

    ResponderExcluir
  44. Eu provavelmente serei linchado por dizer isto, mas mesmo assim, vale a pena.

    Gostar do gameplay de Other M é algo que eu entendo, gameplay é algo bastante subjetivo, mas gostar da estória de Other M é algo que eu só admito se a pessoa não entender porcaria nenhuma de inglês ou for do nível intelectual que aceita Garbage Pail Kids como um bom filme.

    A estória de Other M é ruim, e isto sequere é uma questão de opinião, o número e a gravidade de furos de roteiro, a forte misoginia implícita, a ausência de evolução de personagens, os enredos secundários que são descartados sem serem resolvidos ou sem influência no roteiro principal, a contradição óbvia entre o que é dito sobre um personagem e o que é mostrado e o fato de o jogo praticamente exigir que você conheça outros jogos para entender a estória deste (ao mesmo tempo em que contradiz outros jogos, vale mencionar!), tudo cria uma massa de incompetencia de roteirização.

    E o lance da autorização não faz sentido nem do ponto de vista de uma organização militar. No campo de batalha soldados tem que obedecer certas ordens para completar a missão, mas eles tem a liberdade de escolher qual a melhor arma para usar em determinada situação, não é porque eles não foram ordenados a usar um colete protetor que eles vão deixar de usar. Me digam, que sentido faz Samus ter que esperar autorizaçõ para usar a Ice Beam ou a proteção contra calor se os soldados de Adam já tem estes mesmo equipamentos ativados desde o começo?

    ResponderExcluir

Disqus
Facebook
Google