Jogamos

Análise: Ace Attorney Phoenix Wright: Trials and Tribulations (DS)

Pra quem acha que jogos de investigação não estão com nada, que o gênero point-and-click já perdeu todo o gás e que ação está por cima de q... (por Rafael Neves em 21/02/2011, via Nintendo Blast)

pwaatt-smallPra quem acha que jogos de investigação não estão com nada, que o gênero point-and-click já perdeu todo o gás e que ação está por cima de qualquer game cheio de textos, a série Ace Attorney vem deixando alguns de bico calado. Depois de Phoenix Wright: Ace Attorney (1º jogo) e de Phoenix Wright: Ace Attorney: Justice for All (2º jogo), a Capcom nos apresenta o desfecho da trilogia Phoenix Wright com grande estilo, tensão e bons Objections!

14Mais do mesmo?


Para os novatos, a série Ace Attorney narra a vida profissional de Phoenix Wright, um advogado de defesa novato que vai desenvolvendo-se pessoalmente e como profissional. Nos dois primeiros jogos da franquia, Wright enfrentou casos policiais complicadíssimos e sempre conseguiu tirar seus clientes da berlinda, por mais impossível que isso parecesse ser. Trials and Tribulations mostra o terceiro capítulo dessa história, agora ainda mais madura, tensa e narrando uma trama que permeia todos os casos anteriores (você entenderá, e se surpreenderá, com essa última afirmação quando chegar ao fim do jogo).

Em questão de jogabilidade, você logo percebe que é tudo como nos jogos anteriores para DS e não muito diferente do original para GBA. Uma minuciosa procura por informações e evidências na hora da investigação e um embate jurídico intenso nos momentos de julgamento. Trials and Tribulations não utiliza as características únicas do DS ao máximo como o caso extra do primeiro Phoenix Wright, exclusivo da versão de DS, o fez. Ao invés disso, ele nos apresenta um tradicional point-and-click que utiliza a touchscreen como atalho e o microfone para gritar “Hold It!”, “Take That!” e, o melhor de todos, “Objection!”. Apesar disso, Trials and Tribulations mostra uma nova personagem jogável: a antiga chefe de Phoenix, Mia Fey, em seus tempos de amadora como advogada de defesa.

phoenix-wright-ace-attorney-trials-and-tribulatio-81     Trials_and_Tribulations_-_Mia


godotTensão e Humor


Mesmo que o jogo não inove tanto, Trials and Tribulations traz uma marca registrada da série: um balanceamento perfeito entre cenas sérias e tensas, mas com todo um toque humorístico. Não se surpreenda ao ver testemunhas terem ataques de raiva quando você as encurralar nos julgamentos ou presenciar diálogos cheios de sarcasmo e ironias. Promotores jogando xícaras de café em você ou chicoteando-lhe em pleno tribunal fazem parte da vida de um advogado de defesa. Muitos dos personagens responsáveis por essas palhaçadas são antigos ícones dos games anteriores, como Maya e Pearl Fey, Larry Butz, Miles Edgeworth, o detetive Gumshoe e até a durona Franziska von Karma. No entanto, Trials and Tribulations apresenta novos ilustres atores para o elenco, tais como o novo promotor, Godot, e o maníaco Luke Atmey.

É interessantíssimo o modo como Trials and Tribulations consegue focar o jogador no jogo. Mesmo que 90% do game seja leitura, ele consegue cativar o jogador do início ao fim. Isso se deve a excelente inteligência e dedução necessárias para resolver mistérios, a trama profunda e muito bem narrada e aos personagens. Não me lembro da última vez que vi tanta personalidade e carisma em simples sprites em uma telinha de um portátil. Embora só existam 5 casos para solucionar, cada um oferece uma aventura longa e repleta de ação e boas risadas.

Phoenix-Wright-Ace-Attorney---Trials-and-Tribulations(1)    e3-2007-phoenix-wright-trials-tribulations-screens-20070711104410126_640w (1)


Phoenix2_psd_jpgcopyCasos e Acasos


Em outro ponto, como a sonoplastia, Trials and Tribulations brilha ainda mais. As composições misturam um ritmo eletrônico ao monofônico, mas isso não é ruim, muito pelo contrário. Este tipo de música não só ambienta muito bem o jogador nas diversas situações do jogo, como também torna-se memorável e “gruda” nos ouvidos feito chiclete. Após jogar o segundo jogo, senti uma relativa queda na trilha sonora, já este terceiro jogo não deixa nada a desejar. Eu mesmo já me peguei muitas vezes assobiando as canções deste game e da série no geral depois de uma boa jogatina.

Animações de ponta também possuem o selo de aprovação da Capcom. Cada personagem conta com uma gama de poses e expressões e todas são muito bem representadas em um dos jogos em 2D mais belos do DS.
Trials and Tribulations adiciona mais um capítulo à serie Ace Attorney, mas não é qualquer capítulo, é o desfecho de uma trilogia que cativou muitos fãs ao redor do globo. Apesar de não trazer muita novidade, possui toda a qualidade de um game da série. Se você já é fanático pelo advogado de cabelo espetado, Trials and Tribulations é obrigatório! O último e épico “Objection!” do game provavelmente fará seu coração sair pela boca!
phoenix-wright-trials-and-tribulations-art-maya-pearl-godot-mia-gumshoe
Phoenix Wright: Ace Attorney: Trials and Tribulations - DS - Nota final: 8,0
Gráficos: 7,5 | Som: 9,0 | Jogabilidade: 8,0| Diversão: 9,0

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook


  1. Sem notas em review, é a minha dica, sou totalmente contra este sistema.

    Enfim, Phoenix Wright: Trilas and Tribulations com certeza é o melhor jogo da série Ace Attorney, e o último jogo antes de estragarem a série (a única função do Apollo Justice é estragar totalmente a série).

    ResponderExcluir
  2. E assim fechamos a trilogia da série Phoenix Wright que começou em 2009 aqui no Blast http://www.nintendoblast.com.br/2009/11/analise-phoenix-wright-ace-attorney-ds.html =D

    Parabéns pela análise Rafael. Essa é uma das minhas séries preferidas no DS e que me faz jogar horas e horas. Muito bom!

    ResponderExcluir
  3. meu eu amo toda a série! demais!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. "Eu mesmo já me peguei muitas vezes assobiando as canções deste game e da série no geral depois de um boa jogatina."

    O que eu tou perdendo? '-'
    Às vezes me pego cantarolando (LOL) essa:
    http://www.youtube.com/watch?v=pZrQialji38

    Depois comento algo a mais...

    ResponderExcluir