Mario Bits

Mario Bits: Um Conto de Natal

Ho, ho, ho! O Mario Bits entra em clima de boas festas para narrar um cântico inesquecível. Hora de conhecer o espírito natalino! Toca o si... (por Eduardo Jardim em 22/12/2011, via Nintendo Blast)

Ho, ho, ho! O Mario Bits entra em clima de boas festas para narrar um cântico inesquecível. Hora de conhecer o espírito natalino!
Toca o sino, pequenino! Não é o de Super Mario Land 2: Six Golden Coins, mas também consegue nos render um grande sorriso ao rosto: chegou o Natal! A festa cristã do velho e do novo, do amor como um todo e do consumismo desenfreado está chegando, então prepare o chester e os óculos de leitura para uma edição especial do quadro Mario Bits! Nesta época, é inevitável que venhamos a refletir sobre nossas atitudes e feitos ao longo dos meses e aprender com os erros cometidos. Para os carismáticos personagens da série Mario, não é nada diferente — quando brigaram no episódio Oh, Brother! da saudosa série animada The Adventures of Super Mario Bros. 3, os irmãos Mario e Luigi se arrependeram e fizeram as pazes muito em breve. Porém, tudo indica que isso funcione melhor com uns do que com outros. Wario, o clássico e temeroso antagonista do encanador, teve que aprender a ter bons modos da pior maneira...

Um Natal Bombástico


Warios Weihnachtsmärchen (que traduz para "O Cântico de Natal de Wario") é o nome de uma história em quadrinhos publicada na Alemanha em 1995, publicada pela revista Club Nintendo daquele país. É interessante notar que a graphic novel é baseada diretamente no game para Game Boy Wario Blast: Featuring Bomberman! — o obscuro crossover entre o vilão do Marioverso e o famoso bombardeiro azul. Como não poderia deixar de ser, a narrativa mostra Wario ampliando suas fontes monetárias; o narigudo é o proprietário de uma loja de bombas. Na sala de gerência, se diverte assistindo a programas de fantoches enquanto seus empregados — que vêm a ser ninguém mais, ninguém menos que os famosos heróis dos video games Bomberman e Kirby — trabalham feito escravos. O pobre Bomberman vive sob a constante pressão de seu chefe inescrupuloso, enquanto Kirby é humilhado a ponto de ser trancafiado numa gaiola.

Quando Kid Klown — outro protagonista com uma série própria de games a participar do festival de crossovers de Warios Weihnachtsmärchen — entra na loja de explosivos em busca de uma "bomba-surpresa", Wario simplesmente pinta Kirby de preto para vendê-lo ao freguês circense. Calma, fãs do Kirby! Segurem as tochas, pois uma reviravolta está prestes a tomar palco. Ao descobrir que sua bomba-surpresa era simplesmente um habitante de Dream Land disfarçado, Kid Klown toma parte no rancor contra o maléfico e sádico Wario.

Exausto com sua rotina de trabalho, Bomberman pede cuidadosamente ao patrão abusivo que lhe dê alguns dias de férias — um merecido descanso para repôr as energias. Porém, Wario se enfurece com seu pedido e demite Bomberman espontaneamente. Já não me admira mais o fato dos associados da WarioWare, Inc. tentarem passar a perna no patrão o tempo todo! Parte o rude narigudo, deixando para trás o pobre e depressivo Bomberman — que passa a engrossar a lista de desempregados do mundo narrativo dos video games.

Eu Vejo Gente Morta


Wario não se arrepende de seus atos. Em suas noites de sono, sonha com dinheiro, mulheres e poder — os maiores alvos de sua cobiça, segundo o retratado pelos artistas da Club Nintendo. Porém, tudo começa a desandar quando Wario vê uma alma penada pairando por sobre sua cama. Ainda que não fosse tão assustadora — o fantasma de um Toad segurando uma varinha de condão —, Wario se assusta massivamente com a presença do espírito inesperado, que clama ser o Fantasma do Passado enviado para mostrá-lo momentos de um passado ruim, e que jamais fora apagado. Tomado por surpresa e temor, Wario vê uma cena de si mesmo junto ao futuro herói dos jogos eletrônicos, Mario, quando ainda eram bebês; lembra-se de como construíam castelos na areia, e de como Mario tinha uma quantidade consideravelmente maior de amigos por jamais destratar os demais.
Outra imagem trazida a Wario pelo Fantasma do Passado envolve o baile de formatura de Mario, Wario e a Princesa Toadstool. Como já era de se esperar, Wario acaba tendo uma quedinha juvenil pela Peach, somente para ter seu coração partido: pelo fato de Mario tratar a doce princesa dos cogumelos com a devida gentileza, ela tirava continuamente o encanador formando para dançar. Warios Weihnachtsmärchen não só retrata que os três estudaram juntos no colégio, como também é a única mídia de todo o Marioverso extenso a mostrar os personagens em sua fase adolescente — Mario nem ao menos tinha cultivado o bigodão que lhe serviria de marca-registrada ao longo de sua bem sucedida carreira.

Wario não aguenta rever as memórias e cai em prantos. Já começa a se arrepender de seu comportamento, admitindo sua saliente maleficência presente no passado. Mas ainda não é o bastante: uma outra alma penada aparece para o bigodudo. Apesar de intitular-se o Fantasma do Presente, a assombração é idêntica ao Link, herói de The Legend of Zelda; sua missão, porém, não é a de salvar Hyrule das forças do mal, mas sim de mostrar ao ganancioso e temível Wario o que as pessoas estão pensando dele no exato momento. Wario vê Bomberman chorando por não ter dinheiro para comprar presentes para seus amigos. Kid Klown e Kirby, que haviam participado das desventuras descritas mais acima, cultivam o ódio pelas atitudes de Wario, que os assiste enquanto arremessam dardos contra um alvo caracterizado por uma imagem de seu rosto. O até então vilânico personagem de Gunpei Yokoi sente-se aterrorizado e começa a pedir instruções com relação ao que deve ser feito para mudar este panorama.

Leito de Morte


Nesse instante, Wario é interrompido pela apresentação do Fantasma do Futuro — o mais amedrontador de todos, não lembra nenhum personagem oficial da Nintendo, e sim, a aterradora figura de um ceifador de almas — que obviamente lhe mostra o que acontecerá caso a situação permaneça do modo como está: duas crianças entram numa loja de brinquedos procurando por jogos do Wario. As atendentes da loja respondem que "ninguém se importa mais com esse cara malvado"; os garotos acabam por concordar e decidem comprar o mais novo game do Mario. Seria Mario Kart 7? O Fantasma do Futuro também leva Wario a outro lugar: um cemitério. No topo de uma colina, Wario se depara com a horrível imagem de sua própria cova.

Ainda mais traumatizado por sua última paragem, Wario decide mudar seu comportamento. Em sua loja de aparatos explosivos, Wario diz a Bomberman — que, por algum motivo desconhecido, ainda está lá — que ele acaba de ser recontratado e que tem direito a quantos dias de descanso achar necessário. Em seguida, faz biscoitos para presentear Kid Klown em sua própria casa. E ainda tem mais: ao decidir passar o Natal com seus antigos amigos, ele vai à casa de Mario para pedir desculpas sinceras por seus erros do passado. O herói-símbolo da Nintendo, que aparece vestido de Papai Noel, perdoa seu antagonista e permite que ele participe da noite de Natal mais carismática do mundo ao lado de Peach, Yoshi, Luigi, Diddy e Donkey Kong.

Como você pode ter percebido, Warios Weihnachtsmärchen é baseado na novela A Christmas Carol (Um Cântico de Natal) escrita pelo autor britânico Charles Dickens (1812 — 1870) e publicada pela primeira vez por meio da editora Chapman & Hall no dia 19 de dezembro de 1843. Por motivos razoáveis, a Club Nintendo escolheu Wario para viver as transformações éticas, ideológicas e emocionais do avarento protagonista Ebenezer Scrooge.
Não que Wario realmente tenha mudado seu estilo de vida... mas, ao menos naquele Natal, tudo foi diferente. É o nosso desejo a todos os fãs do Mario e leitores do Nintendo Blast — um feliz Natal e um momento especial para se transformar em algo novo. Let's-a go!

Revisão: Bruna Lima

Natural de São Paulo (SP), Eduardo "Pengor" Jardim é um criador de conteúdo, cartunista e imaginauta. Criou o Reino do Cogumelo em 2007 e desde então administra e atualiza seu conteúdo, conquistando um prêmio Top Blog e passagens pela extinta Nintendo World.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google