Sagrado Matrimônio! Os benefícios do casamento em Fire Emblem: Awakening (3DS)

Se você está acompanhando as notícias sobre Fire Emblem: Awakening (3DS) , jogou a demonstração ou jogou a versão japonesa do título, deve... (por Alexandre Galvão em 26/01/2013, via Nintendo Blast)

Se você está acompanhando as notícias sobre Fire Emblem: Awakening (3DS), jogou a demonstração ou jogou a versão japonesa do título, deve saber do sistema de afinidades do jogo. Esse sistema permite que os personagens ganhem bônus em seus status por efetuar ações em conjunto, como ataques e suportes. Porém, essa afinidade pode chegar a tal ponto que os dois personagens, quando um casal, podem acabar casados. Sim! Marido e mulher, jurado e sacramentado. O portal Siliconera deu uma aula sobre o assunto e hoje vamos resumir para vocês como funciona.

Quanto mais seus personagens efetuam ações em conjunto, o Support Level deles é elevado e pode chegar a um Rank S. Quando estes dois personagens são um casal, o homem propõe casamento para mulher e, ao verificar na tela de status dos personagens, você vai notar que eles agora são marido e esposa.

Ok! Mas essa atitude ao estilo Harvest Moon possui algum benefício para o jogo? A resposta é sim, pois afeta os créditos no fim do jogo. Além de liberar novas sidequests para o jogo envolvendo os filhos do casal que foi formado durante a história. Cada casal formado libera uma nova área onde o casal irá atuar e então encontrar um de seus filhos. Eles possuem classes pré-determinadas e seus status são diretamente afetados pelo de seus pais. Cada filho e capítulo adicionado depende da mãe e sua aparência é determinada pelo pai. A única exceção a essa regra é se um casal for formado por Chrom e uma Assassina.

Seu personagem, um Tático (Tactician), possui uma liberdade maior. Pode se casar com qualquer personagem no jogo, até mesmo uma criança (sem malícia, pessoal). O que gera um grande leque de possibilidades, dependendo de com quem seu personagem irá se casar. O filho gerado desta relação será sempre do gênero oposto ao seu personagem.

As habilidades dos filhos também são herdadas dos pais. Para exemplificar, digamos que um dos pais seja um Assassino. O filho pode herdar a habilidade Lethality, caso seu pai ou mãe tenha-a aprendido. A classe do pai também influi nas classes que o filho vai obter durante sua evolução. Eles também terão mais conversas de suporte com seus pais (e irmãos, se tiver algum) durante as batalhas. As conversas de suporte com a mãe são sempre as mesmas. Mas a conversa com o pai pode mudar as vezes, gerando até alguns comentários engraçados como "Estou de olho em você para que não traia a mamãe no futuro. Não quero desaparecer do nada!" Uma referência clara a outras possibilidades de casamento.

Os filhos tem um alto potencial de se tornarem extremamente fortes. Eles iniciam com um nível bem baixo e suas campanhas extras, em geral, são bem mais difíceis do que as campanhas da história principal. E quando terminadas, pode-se usar um item para invocar novamente os monstros para lutar novamente e então continuar treinando seus personagens.

Bom, é isso! Apesar do texto longo, foi bastante informativo e serviu pra mostrar que Fire Emblem: Awakening tem muito mais a oferecer além da campanha principal. O jogo chega dia 4 de fevereiro, exclusivamente para o Nintendo 3DS.
Alexandre Galvão apresenta o BlastCast, coleciona filmes em blu-ray, decepções na vida, alegrias também, e troféus nos games. Nas redes sociais pode ser encontrado sob a alcunha de @XelaoHerege.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook