Hands-on

Lute com heróis de diversas maneiras e formas em The Wonderful 101 (Wii U)

em 18/07/2013

Cenários cheios, confrontos acirrados e desejos de ascensão. Ao jogar The Wonderful 101 , é criado em nós uma verdadeira sensação de salva... (por Jaime Ninice em 18/07/2013, via Nintendo Blast)

Cenários cheios, confrontos acirrados e desejos de ascensão. Ao jogar The Wonderful 101, é criado em nós uma verdadeira sensação de salvador de um universo épico e imersivo, ao estilo herói de ser. E, para tal, as criaturinhas do jogo estão firmes e fortes para resolverem as mais diversas paradas que surgirem. Tivemos a oportunidade de testar o game durante a E3 2013 e contaremos agora os detalhes. E você, aceita o desafio na busca pelos poderes e salvação da nação?


Super-heróis, uni-vos

Desenvolvido pela Platinum games, The Wonderful 101 segue uma nova proposta ao unir estratégia e ação em um mesmo pacote. Pense num Pikmin com elementos urbanos e cheios de novidades acontecendo a todo momento e você já pode ter ideia da situação. Um complexo e variado mundo em constante ebulição, cabendo a você tomar a dianteira em meio ao caos.


Você começa no comando de alguns personagens e logo vê o planeta sendo atacado por criaturas alienígenas. Percorrer os cenários na busca destes inimigos será a sua missão, além de se envolver na resolução de muitos enigmas, desvendando passagens secretas, acionando portas e acessando novos caminhos ao longo da jornada.

Entre as habilidades que pudemos testar estavam: construção de uma espada gigante que pode ser manipulada contra os inimigos, formação de pistola, montagem de esteira para passagem em trechos aéreos (antes inacessíveis), formação de chaves que servem para destrancar locais de ativação, além de muitas construções criativas que podem ser geradas ou utilizadas a partir destas.


A arte de se trabalhar em equipe


A utilização das habilidades em The Wonderful 101 é dada de maneira superinteressante. Ao passar pelas ruas, o jogador vai se deparando com diversos pedestres que podem se juntar ao time. Contratá-los não só adiciona pontos ao seu gameplay, como também permite que as armas construídas fiquem com melhores atributos.


O uso do GamePad é crucial na jogatina e, apesar de ser complicado no início acertar os comandos para determinada formação, com o tempo já dava para pegar a manha do jeito de se jogar o game. A utilização da caneta Stylus também se faz presente e ajuda na maioria das situações em que a habilidade motora é bem esperada pelo jogador. Realmente inovador e instigante, mas que exige algumas boas horas de prática para ficar por dentro do jogo.


Falando em arte, o game também é um arraso na qualidade dos recursos multimídias. Belos gráficos, com o aspecto de frame rate correndo a todo vapor empolgam a quem joga. Controlar todos os personagens e utilizá-los de forma unida é bem relembrado por jogos do naipe de Pikmin e cia, mas aqui acabam satisfazendo também os fãs de super-heróis, em decorrência da história e ambientação.

O game tem data de lançamento confirmada para 15 de setembro e já estamos preparando nossas roupas e acessórios de super-heróis para combater o mundo de todo o mal através dos superpoderes diversos que teremos à mão. Vamos esperar!

Trailer oficial da Nintendo na E3 2013


Revisão: Marcos Silveira
Capa: Felipe Araujo

Jaime Ninice é cravista, formado pela UFRJ, e mestre em música na mesma instituição. Sua paixão por games, eventos e revistas o levou a escrever e revisar artigos desde 2010 no @Blast. Hoje é redator das publicações impressas sobre retrogames WarpZone.me
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.