Hands-on

Testamos Bayonetta 2 (Wii U) e vivemos a insanidade hardcore de uma heroína sedenta por carnificina

Desenvolvido pelas mesmas personalidades por trás da série Devil May Cry , Bayonetta 2 segue a tendência dos títulos modernos, com m... (por Jaime Ninice em 26/08/2013, via Nintendo Blast)


Desenvolvido pelas mesmas personalidades por trás da série Devil May Cry, Bayonetta 2 segue a tendência dos títulos modernos, com matanças extremas em um clima veloz, sanguinolento e entusiasmante de gameplay, esbanjando sacadas de paródias com diversas séries do mundo geek. A continuação do título lançado para PS3 e X360, agora com exclusividade para o console de mesa da Nintendo, promete resgatar o que já havia de melhor no título anterior e ainda fazer algumas sátiras mais impressionantes na casa do reino do cogumelo.

Andanças e batalhas hardcore pelo espaço a sua frente

Testamos um pequeno tutorial onde pudemos nos acostumar com as mecânicas e tipos de comandos que podem ser feitos no jogo. Controlar a heroína parece ser fácil, seja pelos milhares de inimigos que apareciam na tela ou também pelos comandos facilitados diante do GamePad do Wii U. Contudo, muitas das características do gameplay estavam ocultas nos movimentos, sendo que precisaríamos de um tempo a mais jogando o game para ficar expert em todas elas.


As batalhas presentes na demo apresentada durante a E3 2013, aconteciam em um espaço aéreo, a bordo de uma nave. Tudo era vibrante e animador, com muita coisa rolando na tela e confusões por todos os lados.  Há quem diga que o game possui batalhas o tempo todo, porém, nada disso tira o brilho deste novíssimo título, com telas extremamente limpas e com gráficos e som de cair o queixo.


Duas telas, dois jogadores e só um desejo de estraçalhar a tudo e a todos

Bayonetta 2 possui a tão querida funcionalidade que permite que utilizemos a tela de toque do GamePad para jogar, dispensando a necessidade de termos uma TV ligada para que possamos aproveitar nossos momentos de jogatina. Mesmo através do GamePad, nada é perdido dos lindos visuais que acompanham o pacote. Com isto, é de se esperar que muitas de suas qualidades funcionais transpareçam neste título, como no anunciado modo multiplayer e nas muitas formas e modos de jogo, características já presentes desde o primeiro título da franquia e também na série Devil May Cry.


Com visual renovado, corte de cabelo diferenciado e o auxílio de uma companheira para realizar suas missões, a bruxa protagonista de Bayonetta 2 é uma das maiores apostas do Wii U. O lançamento do game está marcado para 2014, ainda sem uma data definida, mas é certo que este será o mais aguardado e o mais requisitado título em pré-vendas nas lojas de todo o mundo, dada as altas notas de sua primeira versão, que recebeu um lindo 40/40 da revista Famitsu. Abaixo, acompanhe mais um pouco da jogatina, da mesma demo que também foi apresentada na GamesCom, durante os dias 12 e 25 deste mês, na cidade de Colônia, Alemanha.



Revisão: Samuel Coelho
Edição de Vídeo: Pablo Montenegro
Capa: Daniel Machado e Vitor Nascimento

Jaime Ninice é cravista, formado pela UFRJ, e mestre em música na mesma instituição. Sua paixão por games, eventos e revistas o levou a escrever e revisar artigos desde 2010 no @Blast. Hoje é redator das publicações impressas sobre retrogames WarpZone.me


Disqus
Facebook
Google