Random Blast

Mãe japonesa confessa ter assassinado filho porque ele jogava DS demais

em 08/10/2013

Há pouco mais de um ano, em setembro de 2012, um crime assustou o Japão. Em Merijo, nas proximidades de Tóquio, uma mãe assassinou seu fil... (por Lucas Palma Mistrello em 08/10/2013, via Nintendo Blast)

Há pouco mais de um ano, em setembro de 2012, um crime assustou o Japão. Em Merijo, nas proximidades de Tóquio, uma mãe assassinou seu filho de 5 anos após sufocá-lo em sacos plásticos. Quando o pai do garoto chegou em casa, o menino já se encontrava desmaiado e a esposa ao lado do corpo. Mesmo conseguindo levá-lo ao hospital ainda com vida, a criança ficou em coma por três dias até falecer pelos danos causados pela falta de oxigenação no cérebro após o sufocamento cometido pela mulher.


Nesta semana ocorreu o julgamento da mãe. Em seu testemunho na audiência ela explicou o porquê de ter cometido o crime. Shizu Shigeta, a mãe do menino, estava com problemas no trabalho (no competitivo e opressor ambiente de trabalho japonês), o que conseqüentemente lhe deu sérios problemas para dormir. Após voltar do serviço a noite em um sábado, encontrou seu filho já dormindo mas a casa em uma completa bagunça.

Nervosa com as pilhas de brinquedos espalhadas pela casa, Shizu decidiu dar uma lição no garoto e foi juntando os brinquedos em sacos de lixo para ameaçar descartá-los, na frente do menino, no dia seguinte. Após tomar vários remédios para dormir naquela noite, misturados com bebidas alcoólicas, ela levantou por volta de 11 horas de manhã e encontrou seu filho na sala de estar já acordado.

Logo que viu sua mãe, o menino fez apenas uma pergunta: "Onde está meu DS?". A mãe havia colocado o console junto com os outros brinquedos no saco de lixo. Uma discussão iniciou entre os dois e, em certo momento, a Shizu fez a seguinte questão: "você prefere respirar ou jogar DS?". Após ouvir a resposta torta de seu filho - que optou pelo DS - ela amarrou os pés e as mãos do garoto com fios de plástico e tapou sua boca e olhos com fita adesiva, e, por fim, cobriu a cabeça com o saco de lixo onde se encontravam os brinquedos.

Por enquanto, a promotoria e a defesa estão negociando um acordo que dê a mãe apenas 4 anos de prisão, levando em conta que ela já foi punida com a morte do filho.

Fonte: Japan Today

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.