Perfil

Lana: complexa, extrovertida e misteriosa

Conheça a feiticeira Lana, uma das mais poderosas personagens de Hyrule Warriors.



Lana é uma das personagens centrais de Hyrule Warriors (3DS/Wii U/Switch) e merece, sem dúvida, maiores detalhes sobre seus poderes e personalidade.

Títulos de importância


Lana é conhecida como a Feiticeira dos Bosques, A Feiticeira Branca e A Guardiã do Tempo. Os títulos mencionados já explicitam bem o poder que Lana possui e sua devida importância na trama. Ela é, antes de tudo, uma jovem garota extremamente animada, pura e pertencente a raça Hylian.

A alcunha de Feiticeira dos Bosques foi atribuída quando o exército de Hyrule ouviu rumores de uma resistência na floresta contra as forças malignas. Lana liderava esse grupo e, Link, Impa e Sheikah, vão ao seu encontro achando que se tratava da Princesa Zelda. Ao se depararem com Lana, Impa demonstra certo interesse na personagem, pois ela pertencia ao mesmo clã de Cia, a grande responsável por toda a confusão no mundo.



Os outros títulos atribuídos à feiticeira dizem respeito ao seu poder e também de sua relação de proximidade com Cia. Foi Lana quem combateu a primeira ofensiva da feiticeira das trevas e, com sua magia de luz, conseguiu salvar Proxi e várias outras fadas.

Perfis opostos, poderes grandiosos


Lana possui uma relação muito próxima de Cia e, graças a esse contato, ambas possuem características muito parecidas, enquanto outras são bem distintas. Do ponto de vista da personalidade de cada uma, Cia apresenta-se de forma provocante e sedutora. Já Lana é extrovertida e com uma pureza e controle dos seus instintos.



Em comum, ambas possuem grande conhecimento sobre magia e são, de fato, poderosas feiticeiras. Lana utiliza como principais recursos de combate o seu livro mágico, uma lança e o portão de invocação. Esta última também é utilizada por Cia que, evidentemente, traz criaturas das trevas. Com estilos de batalha bem parecidos, pode-se notar aqui também o conflito que permeia as duas personagens.

Pode-se dizer que as duas mantém uma relação de forte oposição. Há uma certa hostilidade indizível entre elas e a história deixa bem claro, desde o início, uma conexão misteriosa de Cia com Lana. É possível, assim, perceber que o tempo todo Lana está determinada a acabar com os planos malignos de sua rival, mesmo que isso lhe custe a própria felicidade ou a vida.

Lana parece ter consigo um conflito interno que ela tenta esconder com um excessivo otimismo. E esse dilema interior parece ser causado pela sua contrapartida ou arqui-inimiga, Cia. Há um mea culpa de Lana por tudo o que está acontecendo e por isso toda a resistência na floresta e o embate contra Cia sozinha no início do game.

Ao ver que não daria conta de Cia, que já estava na posse de um poder muito maior, ela vê em Link e seu grupo uma chance para poder acabar com o projeto de Cia em dominar todo o mundo a partir do controle das forças das trevas.

Relação com Link, Impa e Zelda


Inicialmente, Lana traz uma certa desconfiança, principalmente para Impa. Afinal, a feiticeira branca pertencia ao mesmo clã da devastadora Cia. Impa, curiosa e ao mesmo tempo desconfiada com essa relação, aceita, junto dos demais, a presença de Lana. Posteriormente, a inimiga de Cia revela aos três sua real origem e sua verdadeira relação com a antagonista do jogo.

Em um intenso diálogo com Cia, os sentimentos de Lana por Link e consequentemente por Zelda ficam claros. Ao ser indagada sobre como ela é capaz de reprimir suas emoções por Link, ela responde que o que a conforme é saber que Link e Zelda sempre estarão juntos para salvar Hyrule. Lana consegue, portanto, se livrar do ódio e da vingança que Cia sentia por Link e Zelda. Cabe à feiticeira dos bosques apenas a compaixão.



Após a grande guerra, Lana é a responsável por restaurar toda a confusão causada pela força das trevas. Ela, com o poder da Triforce, consegue enviar todos os aliados para suas respectivas épocas, desfazendo a fenda temporal que os juntaram em um só lugar.

Lana reaparece em Hyrule Warriors Legends


A personagem, criada exclusivamente para Hyrule  Warriors, teve seu sucesso confirmado ao garantir seu retorno no spin-off Hyrule Warriors Legends (3DS). Na continuação, Lana vai atrás de Cia, que havia desaparecido. Durante sua busca ela foi atacada por uma criatura misteriosa e, achando que isso tinha relação direta com o desaparecimento de Cia, ela continua sua busca.

Em seguida, vários portões aparecem no deserto de Gerudo e Lana mais uma vez se junto a Link e Tetra para fechar os portões e eliminar a nova ameaça que surgia.

O game foi uma aposta da Nintendo para trazer um pouco do sucesso de Hyrule Warriors ao 3DS, com algumas novidades. A proposta do enredo em trabalhar com as mudanças temporais fizeram com que Lana e Cia fossem peça central novamente, graças à natureza do poder de ambas.

Lana em combate

Como dissemos anteriormente, Lana possui três grandes recursos de combate: o livro mágico, a lança e o portão de invocação. Com o primeiro ela é capaz de criar vários blocos de magia e muitas armadilhas para pegar seus inimigos, capaz de empurrá-los ou destruí-los completamente. Ela também possui danos em área ao utilizar poderosos raios e ainda habilidades de cura para todos os seus aliados.



Com a lança, Lana consegue invocar as árvores e pequenas criaturas que podem auxiliá-la em combate. Mas, seu verdadeiro poder de invocação está com o Portão de Invocação, que é capaz de fazê-la colocar no campo de batalha criaturas como Dodongo, Manhandla, Gohma e Argorok).

Como é possível perceber, Lana e Cia possuem estilo de luta e habilidades parecidas. Entretanto, enquanto Lana traz consigo o elemento água, isto é, a purificação. Por outro lado, Cia é do elemento fogo, a destruição.

Ela lembra alguém, mas mesmo assim é única


Especula-se que Lana tenha uma forte aproximação com Cane da Somaria, de The Legend of Zelda: A Link to the Past. Entretanto, as semelhanças parecem ficar somente no quesito habilidades (diz-se que a maneira como ela utiliza sua magia é muito próxima de Cane).

Lana é mais do que uma excelente personagem com conhecimento e habilidade mágica. Ela é complexa e misteriosa e, junto de sua contrapartida Cia, uma das grandes surpresas de Hyrule Warriors.

Revisão: Evandro Barbosa
Rafael C. Oliveira é goiano e já foi astro do rock (no Guitar Hero), líder de uma grande civilização (no Age of Empires) e bem casado (no The Sims). Ele diz que está escrevendo um livro de ficção científica numa tentativa de fazer novos amigos assim. Você pode tentar convencê-lo de desistir dessa ideia absurda no Twitter ou Facebook dele.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook