Sakurai começou a trabalhar em Super Smash Bros. Ultimate (Switch) em 2015

Diretor revelou detalhes sobre a melhoria do ritmo e escolha dos personagens do novo jogo.


Masahiro Sakurai, diretor da série Super Smash Bros., escreve artigos na conceituada revista japonesa Famitsu. Na edição desta semana, Sakurai publicou detalhes sobre Super Smash Bros. Ultimate, novo jogo da série para Nintendo Switch.


O diretor revelou algumas informações interessantes. Sakurai começou a desenvolver os conceitos de Super Smash Bros. Ultimate em dezembro de 2015 e contou que a Nintendo concordou em incluir todos os personagens que já apareceram na série.
"Em 13 de junho, lancei uma grande quantidade de informações sobre Super Smash Bros. Ultimate. "Um lançamento em 2018, você consegue realmente lidar com isso?" Eu tenho lutado com essa questão por um tempo, mas sinceramente – e silenciosamente – tenho trabalhado para que isso aconteça. Em dezembro de 2015, apresentei minha primeira proposta para o jogo. Eu ainda estava trabalhando no DLC do Super Smash Bros. anterior na época e nem sequer tinha reunido a equipe de Ultimate até então.

Como a maioria de vocês já sabe, o conceito deste jogo é "Todo mundo está aqui!". Isso significa que você pode jogar como qualquer lutador – claro, que já apareceu anterioremente em qualquer Super Smash Bros. – sem exceções. Não importa como você veja, é um bom negócio! Imaginei que nunca teria o luxo de incluir todo mundo novamente se eu não aproveitasse essa chance, então fui adiante. Mesmo com os riscos, a Nintendo ainda concordou em me deixar fazer isso!"

Sakurai ainda explicou que seu foco em Super Smash Bros. Ultimate foi trabalhar na questão do ritmo das partidas, como aumentar a velocidade com que os personagens saem da tela e reduzir a animação para não restringir os jogadores.
"Primeiro, pensei se eu deveria projetar as mecânicas do jogo como um novo e separado título ou como uma extensão dos anteriores – o resultado, como você pode ver, foi o último. Caso contrário, o tamanho da lista de personagens provavelmente seria aproximadamente um terço do que é agora. Há pessoas que provavelmente ainda dirão que "os jogos anteriores são melhores", claro; mas enquanto essa mentalidade é algo que eu deveria considerar, senti que "agora não é hora de pensar nesse tipo de coisa".

Com este jogo, eu fiz um tipo de melhoria no "ritmo" – dentro de um limite aceitável para aqueles que não estão familiarizados com a jogabilidade, é claro. Não é que o número de jogadores inexperientes tenha aumentado desde o jogo para Wii, nem foi simplesmente porque a tela do 3DS restringiu a visibilidade do movimento.

Um exemplo desse "ritmo" seria aumentar a velocidade com que os jogadores voam fora da tela! Você ainda ouvirá o familiar "whoosh!" quando estiver voando fora da tela, mas o tempo total que leva diminuiu – imaginei que as coisas fluiriam melhor se a animação fosse mais curta para não restringir o jogador. Eu queria implementar essa alteração nos jogos anteriores, mas desisti, principalmente na versão para 3DS – porque havia muitos casos nos quais você perdia a noção de onde estava na tela. Outras mudanças incluem um aumento na velocidade do salto, reduzindo a quantidade de derrapagem após pisar no chão, etc. Ainda assim, não aumentei tanto a velocidade do jogo para que as coisas parecessem maníacas!

Além disso, em partidas de um contra um, a quantidade de dano que o jogador inflige ao oponente foi aumentada. Por outro lado, as partidas de quatro pessoas são um pouco diferentes porque senti que seria melhor dividir mais o dano – isso dá aos jogadores mais oportunidades de causar dano! No geral, isso fará com que as partidas de um contra um sejam mais rápidas."

Ele comentou ainda que optou por limitar a quantidade de personagens disponíveis para escolha no início de Super Smash Bros. Ultimate para oferecer desafio aos jogadores para desbloquear os restantes.
"O número de lutadores que você pode usar desde o início será limitado àqueles que você podia jogar no jogo do Nintendo 64. Dessa forma, o jogador pode aproveitar para desbloquear os personagens um a um, como em um típico jogo de luta; desbloquear todos é um desafio justo, e alguns devem ser um pouco difíceis, mas a maioria pode ser desbloqueada sem grandes dificuldades. Na minha própria experiência, quando jogo games de luta, muitas vezes paro antes de desbloquear todo mundo, mesmo se houver muitos com os quais eu não joguei. Quanto mais personagens houver, mais fácil será parar sem jogar com todos, por isso senti que simplesmente aumentar o número de personagens na lista não era necessariamente uma coisa boa. Mas, por outro lado, Super Smash Bros. é um jogo de luta baseado em personagens, e muitas pessoas esperam lutar com seu personagem favorito; esse foi um assunto específico com o qual nos deparamos quando dedicidimos que todos apareceriam.

Por exemplo, vamos pensar em um jogo de corrida. Na minha experiência, é muito mais divertido economizar dinheiro e comprar novos veículos gradualmente do que ter todos os tipos de carro desde o início. Nesse tipo de jogo, é mais fácil se apegar aos carros que você compra – você trabalhou por eles! Então, no caso do Ultimate, estabelecemos condições para ganhar cada lutador individualmente. É claro que, em um jogo de corrida, algumas das condições para obter certos carros podem ser um pouco rígidas – tornando quase impossível ter todos os veículos, então tentamos não fazer isso em Ultimate. Configuramos vários maneiras de desbloquear os personagens, portanto, todo o processo deve ser relativamente fácil."

Por fim, Sakurai explicou porque em Ultimate os jogadores escolhem primeiro o estágio e depois os lutadores. Segundo ele, isso permite pensar em estratégias ao escolher o lutador para determinadas arenas.
"Nesse novo jogo, você seleciona o estágio que deseja jogar antes de realmente escolher seus lutadores. Dessa forma, você pode pensar na compatibilidade de seus lutadores com o estágio escolhido e ter regras como "o perdedor escolhe primeiro" – adições que fazem as coisas um pouco mais justas, eu acho. E claro, você pode fazer todos os estágios como "Battlefield" ou "Final Destination" dessa forma, não importa quais regras você usar, poderá curtir sua música ou cenário favorito. O número de estágios, músicas e itens também é um novo recorde! Na verdade, todos os estágios e itens foram aprimorados e reformulados um pouco!"

Super Smash Bros. Ultimate será lançado para Nintendo Switch em 7 de dezembro de 2018.


Alex Sandro de Mattos é formado em Gestão de TI. Entre se aventurar por Hyrule e se perder em Silent Hill, gosta de publicar fatos interessantes e bobagens no Nintendo Blast. Pode ser encontrado jogando games 2D e também no Facebook.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook