Perfil

Zero: um paradigma entre salvação e destruição

Conheça a trajetória de Zero, o parceiro de X que lutou contra seu destino para alcançar a paz.

Quem não se lembra da disputa entre Dr. Wily e Dr. Light no clássico Mega Man? Enquanto Willy era movido pela ganância e pelo desejo de conquista mundial, Light tinha como objetivo neutralizar as ações de seu antigo companheiro e trazer paz para o mundo. Contudo, o gênio do mal acabou construindo um robô revolucionário chamado Zero, que viria a ter fundamental importância em Mega Man X.


Quem é Zero? 

Zero foi o primeiro e único Reploid (robô com habilidade cognitiva semelhante aos humanos) desenvolvido pelo Dr. Albert W. Wily, um cientista do século XXI. O gênio do mal acreditava que seu projeto mais avançado poderia pôr um fim em Thomas Light e suas criações.


Infelizmente, Zero continha defeitos em seu programa cognitivo, tornando-o violento e desobediente.  Por conta disso, Wily o selou em um cápsula até que estivesse pronto. A cápsula, no entanto, continha o vírus Maverick, também desenvolvido pelo cientista, que desencadearia toda a problemática da série X.

O início do fim


Décadas se passaram e a cápsula onde Zero permanecia selado foi descoberta por um grupo de Reploids do século XXII. Após ser despertada, a criação de Wily mantinha sua personalidade violenta, destruindo tudo que estivesse em seu caminho. Por conta dessa conduta, Zero foi taxado de Maverick (robô que põe em risco a vida dos humanos).

Sem opções e com receio de perder seus companheiros, Sigma, o líder dos Maverick Hunters (um grupo de Reploids a serviço da humanidade) decide ir pessoalmente ao encontro do enigmático e poderoso inimigo. Uma feroz batalha se inicia. Embora Zero tivesse vantagem durante todo o combate, Sigma consegue derrotar o Reploid vermelho ao atingir o cristal em sua cabeça. Devido ao vírus Maverick presente no local da batalha, Sigma acaba sendo contaminado e passa a enxergar os humanos com desprezo.


Zero foi levado para o laboratório do Dr. Cain, um cientista especialista em Reploids que o analisou por completo e foi responsável por sua recuperação. Ao despertar, Zero apresentava grandes sinais de mudança em sua personalidade. Outrora violento, o guerreiro agora mantinha uma personalidade calma e cooperativa. Infelizmente, ele também apresentava perda de memória, tornando sua origem um total mistério.

O dia de Sigma

Zero passou a ficar sob a supervisão de Sigma e logo se tornou um membro valioso dos Maverick Hunters. Foi durante este tempo que conheceu X, e ambos passaram a trabalhar juntos em diversas missões. Sua cooperação logo se transformou em amizade, e eventualmente Zero se tornou um tipo de mentor para Mega Man.


Não demorou muito para que Sigma iniciasse sua rebelião contra os humanos. A atitude do antigo líder dos Maverick Hunters colocou Zero e X em maus bocados, uma vez que boa parte dos Hunters se juntou a sua causa. Felizmente, a dupla de protagonistas foi mais do que capaz de lidar com seus antigos companheiros e neutralizar suas ações pelo mundo, levando-os até o esconderijo de seu antigo líder.

A fortaleza era bem protegida, exigindo o melhor das habilidades dos Maverick Hunters. Após uma série de desafios, ambos se encontram com Vile, um mercenário extremamente perigoso. Os protagonistas estavam diante de um oponente realmente difícil. Sem opções e almejando criar uma oportunidade para o encontro entre X e Sigma, Zero se autodestrói, enfraquecendo o mercenário e eventualmente levando X a vitória.

O despertar de uma nova batalha

Após a derrota de Sigma, o chip de memória de Zero é encontrado pelos Hunters e levado até o laboratório de Cain. Por apresentar uma estrutura corporal única e de difícil análise, o cientista não conseguiu construir um corpo compatível com o chip de Zero, impossibilitando o retorno do Reploid.

Seis meses se passaram e um grupo de Mavericks entra em contato com o quartel dos Hunters. Intitulados de X-Hunters, Violen, Serges e Agile possuíam as partes necessárias (cabeça, corpo e pernas) para a reconstrução de Zero. Após uma série de combates, X consegue reunir todas as partes e seu companheiro é reconstruído por Cain.


Supõe-se que as partes do corpo de Zero protegidas pelos X-Hunters eram adições planejadas e desenvolvidas pelo próprio Dr. Willy no passado, uma vez que seu projeto inicial já apresentava os novos “upgrades”. O personagem agora possuía um visual focado no combate corpo a corpo, além de uma espada (Z-saber), arma que se tornaria sua assinatura no decorrer da franquia.

A história segue e descobrimos que Sigma permanecia vivo. Antes de ser destruído novamente, o líder da rebelião aparenta saber sobre a origem de Zero, alegando que o mesmo era a última criação de Willy. As últimas palavras de Sigma funcionam como um gatilho para a busca sobre o passado do Reploid vermelho.

A busca pelo passado perdido

As atividades Maverick permaneciam em níveis alarmantes. Após a rebelião de Doppler, Zero mantinha convicção em seus ideais, acreditando que a paz só seria alcançada se Reploids e humanos cooperassem. Embora permanecesse lutando, seu passado ainda era um enigma que ele precisava solucionar.

Neste tempo, os Maverick Hunters passaram a receber apoio da Repliforce (um grupo de auxílio no combate aos Mavericks). Contudo, após a queda da cidade aérea Sky Lagoon, iniciou-se uma série de conflitos entre as duas facções, tornando hostis os membros da Repliforce e levando-os ao desejo de independência.

Enquanto neutraliza as ações da Repliforce, Zero pensa sobre os pesadelos que vinha tendo. Em cada um deles, um estranho homem o chamava de “obra prima” e exigia que ele aceitasse seu destino. Embora fosse confuso, o guerreiro vermelho buscava um significado para tudo aquilo.


O conflito segue e Zero acaba tendo de lidar com Colonel. Embora fossem companheiros de outrora, Colonel idealizava um mundo sem humanos, onde sua irmã Íris estivesse segura.  Uma feroz batalha se inicia e o adversário acaba perecendo. Posteriormente, Zero se encontra com Íris. Triste pela perda de seu irmão mais velho, a jovem Reploid decide parar o Reploid vermelho. Após batalhar contra Zero, Íris diz que, embora seja uma fantasia imaginar um mundo só de Reploids, ela prefere morrer acreditando nisso.


Eventualmente X e Zero descobrem que os conflitos entre os Maverick Hunters e a Repliforce foram orquestrados por Sigma. O agitador fala sobre o seu primeiro encontro com Zero, quando o mesmo ainda era líder dos Maverick Hunters. Após isso, uma feroz batalha se inicia e as ações de Sigma são mais uma vez neutralizadas.

Uma breve despedida

Após a queda da Repliforce, o mundo passou por um breve período de paz. Contudo, sob as ordens de Sigma, um Reploid chamado Dynamo ataca a estação espacial Eurasia e a coloca em rota de colisão com a Terra. Além disso, as ações de Sigma liberam um surto de seu vírus no planeta, deixando tudo no mais completo caos.

Zero e X são enviados para lidar com os Reploids infectados, enquanto coletam partes de um canhão capaz de destruir a Eurásia. Infelizmente, o canhão Enigma é ineficaz, exigindo que uma nave tripulada seja enviada para colidir diretamente com a estação espacial. Contra a vontade de X, Zero se voluntaria para a missão, afirmando que caso ele morra, Mega Man poderá continuar lutando pela paz.


A missão se mostra um sucesso, uma vez que toda a estação é destruída e Zero ainda permanecia vivo, embora muito danificado. Infelizmente, o resíduo de vírus que estava na Eurásia se funde com o Vírus de Sigma na Terra, tornando-o semelhante aos dados de Zero.

No local onde a fonte do vírus reside, Zero é questionado por X sobre suas condições de saúde. Mega Man acredita que seu companheiro pode estar infectado e o aconselha a retornar para o QG.  Zero diz que não retornará sem antes concluir sua missão. Este impasse acaba gerando um conflito de interesses entre ambos, iniciando um combate que os levaria à exaustão.


Aproveitando-se da situação frágil de seus dois inimigos, Sigma surge e planeja destruir X. Felizmente, Zero o impede, afirmando que o destruirá de uma vez por todas. Sigma alega que conheceu um homem velho que aparentava conhecer tudo sobre Zero. E que tanto a Eurásia quanto o vírus na Terra não passavam de um plano para infectar Zero e libertar seu “verdadeiro potencial” como Maverick.

Embora Sigma estivesse mais forte, acaba sendo derrotado. Contudo, sua explosão atinge todo o local, deixando Zero em um estado crítico. Como se não bastasse, o vilão ainda tenta destruir X, mas é impedido por Zero. Acreditando que sua morte trará a paz, o herói vermelho falece pedindo desculpas para Íris.

O retorno de uma lenda

Muitos anos se passaram e X conseguiu honrar os desejos de seu parceiro trazendo paz para o mundo. O bombardeiro azul construiu uma cidade chamada Neo Arcadia, onde Reploids e humanos coexistiam em paz. Além disso, o vírus Maverick foi completamente erradicado por meio da Mother Elf, um programa desenvolvido a partir do corpo de Zero.

Depois de algum tempo, um cientista chamado Dr. Weil se apossou da Mother Elf, corrompendo seu programa e iniciando o que seria conhecido como Guerras Élficas. Este conflito trouxe destruição ao mundo, aniquilando 90% de todos os Reploids e 60% de todos os humanos.


Após uma série de batalhas, Weil é derrotado e exilado. Como a Mother Elf se tornou um programa perigoso, X a sela dentro de seu corpo, ficando inconsciente desde então. Na sua ausência, uma humana chamada Ciel decide construir uma cópia de X para comandar Neo Arcadia.

Inicialmente o projeto parecia perfeito; contudo, Copy X (como ficou conhecido) passou a odiar todos os Reploids, taxando-os de Maverick injustamente e exigindo sua destruição. Sem alternativa, Ciel foge acompanhada por alguns humanos e Reploids, iniciando o movimento de resistência a Neo Arcadia.

O poderio armamentista de Copy X é imenso, reprimindo as ações da resistência. Sem opções, Ciel recorre a uma lenda antiga, na qual é mencionado um guerreiro vermelho que havia lutado ao lado de X no passado. Sua busca a leva a um antigo laboratório onde o corpo de Zero permanece desacordado. Graças aos esforços de um Cyber Elf (programa puro capaz de auxiliar Reploids), o corpo de Zero é restaurado e este é capaz de lidar com os inimigos da resistência.


Zero mantém sua personalidade intacta. O guerreiro se dispõe a ajudar após Ciel lhe deixar ciente dos acontecimentos. Além de ampliar a influência da resistência, o herói vermelho consegue deter os exércitos de Neo Arcadia, assim como seus guardiões (Harpuia, Leviathan, Fefnir e Phantom). Logo em seguida, Zero vai ao encontro de Copy X, que fica surpreso com as habilidades do protagonista.  O vilão afirma que alcançou a paz, algo que nem Zero ou X poderiam fazer. Confiante, o líder de Neo Arcadia inicia um ataque.


Copy X se questiona por que não consegue derrotar seu inimigo. Zero lhe diz que o verdadeiro X era muito mais forte e que Copy X não passa de um Reploid ingênuo. Irritado, ele inicia um processo de autodestruição como último recurso para destruir Zero.

Após fugir da explosão, Zero se encontra com a manifestação da consciência do verdadeiro X. O bombardeiro azul diz que lutou durante muito tempo e que precisa descansar. Zero promete que cuidará de tudo a partir daquele momento e que ambos sempre serão os melhores parceiros.

Promessa que transcende o tempo

Um ano se passou desde a queda de Copy X. Zero permaneceu lutando contra os exércitos de Neo Arcadia, a qual estava sendo governada pelos guardiões restantes (Harpuia, Leviathan e Fefnir), que buscavam proteger os humanos de qualquer ameaça. Nesse tempo, Ciel deixa o comando da Resistência para um Reploid chamado Elpizo, enquanto busca solucionar o problema de falta de energia e selar a paz com Neo Arcadia. No passado, Copy X iniciou o extermínio contra os Reploids por conta dessa mesma crise.

Após alguns conflitos, Zero retorna à resistência com o intuito de ajudar Ciel com sua pesquisa. O guerreiro lendário inicia então uma coleta de informações, enquanto resgata soldados da resistência que estavam em situação de risco. Nesse momento, a consciência de X se manifesta mais uma vez, explicando para Zero sobre a Mother Elf, que havia sido utilizada no passado para trazer destruição. Enquanto isso, Elpizo inicia um ataque contra Neo Arcadia.


Ao ser alertado por Ciel da situação da resistência, Zero se dirige à Neo Arcadia para impedir Elpizo. Infelizmente, sua chegada é tardia, encontrando o exército massacrado diante dos guardiões. Harpuia diz que uma aeronave está indo para a Resistência com o intuito de destruí-la. Sem perder tempo, Zero retorna para a base com Elpizo, partindo logo em seguida para a nave, que é desativada pelos esforços do guerreiro vermelho e Ciel.


Na resistência, a jovem cientista descobre que Elpizo fugiu levando consigo todas as informações de sua pesquisa, assim como os dois elfos bebês (Prea e Crea) que estavam em seu laboratório. O intuito do líder da resistência é reunir informações sobre a Mother Elf e utilizar seu poder para destruir todos os humanos.

A busca por Elpizo leva Zero até Neo Arcadia. O antigo líder da resistência apresenta uma conduta insana, alegando que será o verdadeiro herói. Após lutar contra Fefnir, Leviathan e Harpuia, Zero de depara com Elpizo na sala secreta onde X permanecia inconsciente. O guerreiro vermelho tenta salvar seu amigo, mas Elpizo destrói completamente o corpo de X, libertando a Mother Elf.


Cego pelo ódio, Elpizo não hesita em exigir poder de Mother Elf, atacando Zero sem hesitar. Embora esteja mais forte, o líder da resistência é derrotado por Zero. Enfurecido, ele pede ainda mais poder, se transformando em uma criatura totalmente insana. Após uma luta difícil, Elpizo acaba sendo totalmente derrotado. O Reploid pede perdão por sua atitude e agradece Zero por tê-lo parado. Enquanto isso, Mother Elf demonstra sinais de sua antiga programação, salvando a vida de Elpizo ao convertê-lo em um Cyber Elf, antes de desaparecer.


O messias da destruição 

Dois meses após a derrota de Elpizo, Ciel consegue desenvolver uma solução para a crise de energia e almeja selar um acordo de paz com Neo Arcadia. Neste tempo, a resistência detecta uma energia semelhante à Mother Elf em uma área próxima de Neo Arcadia. Chegando ao local, Zero é surpreendido por uma espaçonave. Dentro dela, um imenso Reploid conhecido como Ômega está lutando contra Fefnir e Leviathan. Os dois guardiões fogem, deixando o resto do combate para Zero. Não demora muito até que Harpuia apareça e preste apoio ao guerreiro vermelho.


A batalha é encerrada com a chegada de um estranho homem. Dr. Weil detém Ômega, alegando que não deve atacar Harpuia, uma vez que este é um aliado de Neo Arcadia. Ao lado dele, também surge Copy X, o qual havia sido reconstruído por Weil. Harpuia questiona a lealdade do cientista exilado, sendo interrompido por Copy X. O antigo líder de Neo Arcadia diz que Weil é um aliado valoroso e, dali em diante, seu conselheiro. Com isso em mente, os três membros de Neo Arcadia vão embora, iniciando uma competição entre resistência e Neo Arcadia na busca pela Mother Elf.


O problema piora quando os servos de Weil são enviados para lidar com o guerreiro vermelho. Felizmente, um a um, os números de Weil (Blazin Flizard, Childre Inarabita, Hellbat Schilt, Cubit Foxtar, Glacier Le Cactank, Volteel Biblio, Deathtanz Mantisk e Tretista Kelverian) são derrotados, deixando a resistência numa boa posição.


Em Neo Arcadia, Copy X taxa seus guardiões de inúteis, tirando deles o direito de comandar seus exércitos. Enquanto isso, Weil encontra e se apossa dos dois elfos bebês (Prea e Crea) que estavam juntos da Mother Elf. O cientista do mal planeja secretamente se vingar de Neo Arcadia por tê-lo exilado, utilizando o poder da Mother Elf para fortalecer Ômega e controlar o mundo todo.

A Mother Elf é enfim localizada em uma zona urbana de Neo Arcadia. Visando alcançá-la primeiro, Copy X envia Ômega dentro de um míssil. Zero tenta parar o lançamento da arma, mas o míssil decola, exigindo que o herói entre nele. Em seu núcleo, Zero acaba sendo confrontado por Prea e Crea, que alegam confiar em Weil e ameaçam destruir Zero. A tentativa é em vão e ambos são derrotados. Nesse tempo, o míssil atinge o local onde a Mother Elf se encontra, matando muitos civis no processo.


A história segue e Zero se depara com Ômega, o qual absorveu a energia da Mother Elf. Diante dele, Harpuia aparece alegando que os feitos de Weil não condizem com sua visão de justiça. O guardião ataca Ômega, mas sem resultado, exigindo que Zero utilize o sistema de teletransporte da resistência para fugir com Harpuia.

A situação é crítica, uma vez que Copy X inicia um ataque contra a resistência, objetivando adquirir a pesquisa de Ciel. Ao lidar com o exército inimigo. Zero se dirige ao centro de Neo Arcadia para lidar com Copy X mais uma vez. O vilão não hesita em atacar Zero, mas acaba perdendo. Ao pedir socorro para Weil e Ômega, Copy X acaba sendo ignorado. Diante dele, a consciência de X se manifesta, afirmando que Weil partiu para fora de Neo Arcadia, deixando Copy X para trás. Frustrado, o inimigo tenta se transformar em sua forma definitiva, mas acaba ativando uma bomba colocada em seu corpo por Weil, morrendo no processo.


Weil inicia uma transmissão por toda Neo Arcadia, afirmando que será o novo governante, uma vez que Zero matou Copy X. Enquanto isso o guerreiro vermelho retorna para a resistência. Ciel explica que Weil almeja repetir os acontecimentos das Guerras Élficas, nas quais tentou controlar os Reploids com a Mother Elf. Antes que Ciel termine a explicação, os soldados da resistência, assim como as navegadoras encurralam ela e Zero. Nesse momento, Weil inicia uma nova transmissão, alegando que o poder de Ômega fundido com a Mother Elf é o suficiente para controlar todos os Reploids.


O fim parece certo; contudo, X se manifesta mais uma vez, interrompendo os efeitos do controle mental de Weil sob a resistência. O antigo herói pede que Zero vá até o esconderijo de Weil e ponha um fim em seus planos. No local, Zero acaba enfrentando Prea e Crea, assim como os Números de Weil ressuscitados.

A história segue e o herói se depara com Weil e Ômega. Zero tem uma batalha difícil contra o imenso Reploid, mas acaba tendo êxito em derrotá-lo. Eventualmente, Zero acaba chegando ao lugar onde ele havia sido encontrado por Ciel. É nesse momento que a maior reviravolta acontece. Weil fala que Zero não passa de uma cópia e que seu corpo original agora é receptáculo de Ômega.


No meio dos destroços surge Ômega. O Reploid inicia um combate contra Zero, mostrando ser um adversário formidável, sendo capaz de utilizar todas as técnicas do herói lendário. Durante o combate, Leviathan, Fefnir e Harpuia surgem para auxiliar Zero, deixando Ômega em um estado crítico. Nesse momento, X se manifesta e diz que embora Ômega esteja controlando o corpo original de Zero, a cópia possui seu verdadeiro coração, fazendo com que Zero destrua Ômega completamente.

Enfim a Mother Elf volta ao seu programa original, libertando-se do controle de Weil. Após o combate, Zero acaba ficando inconsciente. Ele então tem uma visão com X, na qual o bombardeiro azul afirma que está sem energia e que não poderá permanecer mais no mundo humano. X então desaparece.

Não sou um herói

Algum tempo se passou desde o fim de Ômega. Weil instaurou uma ditadura em Neo Arcadia. Qualquer pessoa ou Reploid que fosse contra seus ideais, acabava sendo taxado de Maverick e destruído. Tal situação acabou fazendo com que alguns humanos fugissem da região em uma caravana organizada pela jornalista Neige.


No percurso de fuga, a caravana é atacada por Reploids enviados por Weil, mas estes são neutralizados por Zero. Os humanos que fugiram de Neo Arcadia tratam o herói com desprezo, exceto Neige, que agradece pela ajuda. Ciel aparece e diz que a resistência pode ajudar os refugiados, mas a jornalista dispensa, dizendo que eles estão indo em direção à área Zero, um local florestal onde é possível viver em paz.

Na base móvel da resistência, Ciel detecta movimentação de Reploids próximos ao assentamento dos humanos. A ida de Zero até o local permite a coleta de informações, mas o guerreiro se vê diante dos novos robôs de Weil. Antes que estes atacassem Zero, um soldado aparece. Intitulado de Craft, o Reploid diz que não há tempo para lidar com a resistência, e que o plano Ragnarok deve ser o foco daquele grupo. Esse plano consiste na destruição da vida florestal e selvagem da área Zero, como forma de punição aos humanos fugitivos. Dito isso, Craft e seus capangas se retiram do lugar.

As ações de Zero permitem a neutralização de Fenrir Lunaedge, Heat Genblem, Mino Magnus, Noble Mandrago, Pegasolta Eclair, Popla Cocapetri, Sol Titanion e Tech Kraken, atrasando o plano Ragnarok. Contudo, Craft ataca a área Zero, sendo necessária a intervenção da resistência. Durante um combate entre Craft e Zero, Neige os impede de prosseguir, explicando que Craft é um guerreiro orgulhoso que no passado lutava para proteger os humanos. A jornalista é interrompida pelo soldado, que afirma estar sob as ordens de Weil e que punirá os humanos fugitivos. Dito isso, ele sequestra Neige.


Ciel envia as coordenadas da localização de Craft para Zero, levando-o até o esconderijo do soldado. Lá, ele se depara com Neige, que se nega partir sem antes falar com Craft. Após o soldado aparecer diante dela e ambos afirmarem seu amor um pelo outro, Weil os surpreende, fazendo com que Zero e Neige escapem do local.

Na resistência, Weil entra em contato com Ciel, afirmando que todos os Reploids que ele enviou não passavam de uma tentativa de ganhar tempo para a execução do plano Ragnarok. Uma gigantesca arma a laser foi construída no espaço e tem como principal objetivo erradicar a área Zero. Nesse momento, Craft inicia uma transmissão, afirmando ter tomado posse de Ragnarok e que destruirá Neo Arcadia junto com Weil.


Antes de alcançar a sala onde Craft se encontra, Zero escuta um imenso estrondo no lado de fora de Ragnarok. Infelizmente, um tiro foi lançado em direção a Neo Arcadia. Sem tempo, o protagonista se vê diante de uma batalha contra Craft. Após derrota-lo, o soldado pede desculpas para Zero antes de morrer, afirmando estar envergonhado por seus feitos.  Enquanto isso, soldados da resistência conseguem salvar alguns humanos sobreviventes de Neo Arcadia.

Após Zero retornar para a resistência, um segundo disparo é lançado pela Ragnarok. Diante disso, Ceil diz que, para enviar Zero novamente ao espaço, é necessária a coleta de coordenadas dentro de Neo Arcadia. Felizmente, o herói vermelho reúne os dados necessários e é enviado para Ragnarok, onde se encontra com Weil. O cientista se revela um Reploid, afirmando ter sido o primeiro humano a se converter em um. Almejando a destruição de humanos e Reploids, Weil se funde ao núcleo de Ragnarok, iniciando um combate com Zero.


A batalha é árdua, mas Zero consegue destruir Weil. A base de Ragnarok começa a cair em direção à Terra, ameaçando destruir toda a área Zero. Pra piorar a situação, Weil se manifesta mais uma vez, absorvendo a energia da arma para matar Zero. Ignorando o pedido de retorno para a base, Zero se despede de Ciel, afirmando que irá deter Ragnarok. Diante de Weil, o guerreiro afirma nunca ter se considerado um herói, ele apenas lutou para proteger aqueles com quem se importava. Com isso, Zero destrói o cientista, causando a fragmentação de Ragnarok e morrendo no processo.

Na área Zero, os humanos enxergam os milhares de pedaços de Ragnarok voando pelo espaço, enquanto agradecem a Zero pelo seu sacrifício. Ciel chora pela perda de seu amigo, prometendo que fará do mundo um lugar mais seguro para humanos e Reploids. A jovem cientista acredita que algum dia Zero retornará.



Revisão: Diego Franco Gonçales
Rhuan de Castro escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook