Grandia e Grandia II HD Remaster (Switch) têm mais detalhes revelados

Interface de usuário aprimorada e melhorias visuais são algumas das características que a GungHo está implementando nas versões remasterizadas dos clássicos RPG’s.

No último mês de agosto tivemos a confirmação de que a GungHo Online Entertainment está trabalhando em uma coleção para o Nintendo Switch que vai reunir versões remasterizadas em HD dos clássicos J-RPG’s Grandia e Grandia II — originalmente desenvolvidos pela Game Arts para PS1/Saturn e Dreamcast, respectivamente.


Durante a Tokyo Game Show, o pessoal da revista americana Game Informer conversou com a GangHo e conseguiu mais informações sobre o relançamento. Abaixo você pode conferir a lista de novidades e características atualizadas dos dois jogos:

Grandia

  • Detalhes aprimorados para interface do usuário, sprites e arte de texturas. Upscaling de 2x a 4x;
  • Vídeos cinematográficos originais com melhorias visuais;
  • Suporte widescreen e resoluções personalizáveis na versão PC (não há informações sobre a versão para Switch);
  • Adição de MSAA, bloom, mapeamento normal e efeitos de desfoque;
  • Conquistas na versão para o Steam (Nintendo não entrou nessa onda);
  • Áudio e legendas em japonês e inglês;
  • Manual do jogo original convertido digitalmente;
  • Utilização do código fonte do PS1 e Sega Saturn;
  • Possibilidade de customizar o mapeamento dos controles.
Grandia II
  • Manual do jogo original convertido digitalmente;
  • Utilização do código fonte de Grandia II Anniversary Edition, que originalmente foi baseado no código fonte do Sega Dreamcast;
  • Adicionado suporte para sair para a tela título;
  • Legendas em japonês adicionadas para a versão Switch.
Importante destacar que esta não é a lista definitiva de novidades da coleção, visto que a GungHo ainda está trabalhando no projeto. Até o momento não há data confirmada para o lançamento, mas espera-se que Grandia + Grandia II HD Remaster chegue ao Nintendo Switch entre o final de 2018 e início de 2019.

Carlos Eduardo Cirne escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook