Campeonato Mundial Pokémon 2018: confira tudo que rolou na competição

A competição ocorreu nos dias 24, 25 e 26 de agosto.



Em agosto foi realizado o campeonato anual de Pokémon, mais conhecido como World’s. Como de costume, algumas novidades para a franquia são divulgadas nele, além de contar com diversas atrações para os convidados e espectadores.


O Campeonato Mundial recebe jogadores de diversos lugares do globo. O evento este ano foi sediado em Nashville, Tennessee, a famosa Cidade da Música. Tendo isso em vista, o evento foi todo tematizado com a música, com uma decoração repleta de pokémon musicais e ambientada em música country, além de um palco também ambientado, sendo um dos mais bonitos em todos os anos de campeonato.


Atrações

Apesar do enfoque do campeonato ser o competitivo, os espectadores do Mundial podem desfrutar de diversas outras atrações. Inicialmente, existia uma área dedicada para trocas. Os visitantes podiam interagir entre si, trocando cartas e pokémon no Pokémon Go. Com a presença de pessoas de várias regiões diferentes, era uma boa ocasião para adquirir aquele pokémon regional que estava faltando na pokédex. A área estava lotada durante todo o evento. Para aqueles que não conseguiram pontos suficientes para competir, o evento tinha alguns torneios menores, como o Nashville Open, que atendia tanto àqueles que não foram convidados quanto àqueles que já tinham sido eliminados no primeiro dia. O torneio já dava pontos para o mundial de 2019.

Além disso, o evento incluía uma área retrô, com alguns Nintendo 64 e GameCube, onde podia-se jogar Pokémon Snap, Pokémon Stadium 1 e 2, entre outros jogos da franquia para esses consoles.

Ademais do retrô e indo para o atual, a demo de Pokémon Let’s Go Pikachu! & Let’s Go Eevee! estava disponível para todos. A versão da demo era a mesma apresentada na E3 e na PAX West.



Para os atrativos visuais, que o Mundial sempre apresenta, assim como ano passado, teve a presença dos Mega Construx. Este ano foi apresentado uma estátua em larga escala da linha evolutiva do Blastoise e um grande cenário com vários pokémon. Além de claro, toda a ambientação musical já citada.


Novidades na Franquia

No mundial é costume ter novidades em algum dos três cenários competitivos da franquia. Infelizmente, não foi divulgado nenhum conteúdo novo relacionado ao Let’s Go, contudo, tiveram novidades para os competitivos de videogame e o trading card game. A primeira novidade foi a revelação de um novo tipo de card, a Tag Team GX, sendo um novo tipo dos já existentes Pokémon GX.


Em seguida, o diretor do filme Pokémon: Detective Pikachu e os atores principais subiram no palco para mostrar o logo do filme e interagir com a audiência, revelando que além de Pikachu, Charizard também estará no filme.



No sábado (26) foram anunciadas algumas novidades para o competitivo dos videogames portáteis em 2019. O circuito será dividido em três etapas: etapa Sun, onde serão banidas Mega Evoluções e Cristais Z, etapa Moon onde apenas Mega Evoluções serão banidas e por último a etapa Ultra, onde tudo será permitido.

A competição

O campeonato é dividido entre os três principais ramos competitivos da franquia: Pokémon Ultra Sun/Ultra Moon (VGC) e Pokkén Tournament no cenários de videogames e o Trading Card Game (TCG). Jogadores de todo o mundo participam de campeonatos menores buscando adquirir pontos suficientes para ganhar o convite do Mundial. O evento ocorre em três dias, sendo o primeiro uma grande eliminatória. 

Os 10 jogadores mais bem pontuados de cada região do mundo já vão direto para a segunda etapa. O último dia é voltado apenas para as finais. O Pokkén Tournament funciona de maneira diferente, enquanto o VGC e o TCG funcionam com eliminatórias de rodadas suíças, o Pokkén é distribuído em duas chaves eliminatórias, uma delas sendo a chave dos perdedores. Assim, aqueles que perderem no início ainda teriam chances de ir para as finais. 



Pokkén teve seu campeonato dividido em dois dias, tendo as finais no sábado. Os novatos do campeonato foram os triunfantes, tendo uma final disputada entre ThankSwalot e Tarutaro, onde o primeiro levou o título de campeão este ano. 

Em VGC e TCG, as competições são divididas em três categorias por idade: juniors, seniors e masters. As duas competições foram marcantes, já que no VGC temos a estréia de Ultra Sun/Moon no mundial e o último campeonato antes da rotação de toda coleção XY no TCG. Confira abaixo os times usados pelos jogadores do Top 8 Masters, na categoria VGC:

No VGC, a final da categoria Masters foi disputada entre Paul Ruiz, do Equador e Emilio Forbes, dos Estados Unidos. Com sua combinação inusual de Mega Salamence, Gastrodon e Kartana, Paul Ruiz venceu o campeonato, se tornando o primeiro campeão mundial latino americano de VGC. Na categoria juniors, Wonn Lee foi o campeão, e na seniors, o americano James Evans.

Em TCG, tivemos mais uma vez a presença esmagadora de Zoroark-GX na masters, compondo a maioria dos decks na competição. Rayquaza-GX da mais nova coleção Tempestade Celestial também veio com força no campeonato. A final da categoria masters foi disputada entre Robin Schulz da Alemanha, com seu deck Zoroark-GX/Garbodor e Jeff Kolenc, com sua Psychic Box. O deck de Jeff seguia com o inusita Marshadow-GX, levando vantagem contra os decks de Zoroark, por possuir vantagem de tipo. Todavia, o Garbodor de Schulz levava vantagem contra o deck de Jeff, além da maioria dos outros pokémon de Jeff possuir fraqueza contra o Zoroark. Pedro Schulz acabou saindo vitorioso, com um placar de 2-0 na final. Na juniors, Naohito Inoue foi o campeão e na seniors, Magnus Pedersen.


















Até 2019

O Campeonato Mundial Pokémon continua se provando um grande evento para os fãs da franquia, seja para os casuais quanto os competitivos. Em 2019, Washington, D.C. irá sediar o mundial pela segunda vez, tendo a primeira em 2014. Eventos como este continuam provando o grande potencial da franquia Pokémon e de jogos em geral de promover uma grande interação e união entre pessoas de inúmeras nacionalidades.


Revisão: Pedro Franco
Tristan Lima escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook