Top 10

Just Dance 2019 (Multi): dez músicas que queremos no Just Dance Unlimited

Confira as canções que mais fazem falta no serviço de assinatura complementar ao Just Dance, que oferece um grande catálogo através da nuvem.


Desde o lançamento de seu primeiro jogo em um longínquo ano de 2009, Just Dance segue firme a cada ano como a franquia de jogos de dança mais popular nos videogames. O jogo vem mantendo sua fórmula de sucesso a cada edição, na qual os jogadores precisam seguir movimentos de dança que têm de executar. Uma diversão garantida em festas e disputas contra os amigos.


Desde o Just Dance 2016, a Ubisoft oferece um serviço de assinatura complementar chamado Just Dance Unlimited, que oferece um catálogo de mais de 200 canções de jogos anteriores (desde o primeiro Just Dance) e algumas exclusivas do serviço, tudo funcionando por meio de streaming. A assinatura pode ser feita por períodos de 24 horas, um mês, três meses e um ano, e já foi confirmada a presença do serviço no aguardado Just Dance 2019.

A Ubisoft vem adicionando mais músicas no Just Dance Unlimited aos poucos, mas infelizmente algumas canções muito marcantes do passado da franquia ainda não deram as caras por lá. Nesse post, falarei sobre dez músicas que fazem muita falta no catálogo do serviço.

Problem

Para começar a lista, falarei de um dos destaques do tracklist de Just Dance 2015: Problem, um grande sucesso de Ariana Grande ao lado de Iggy Azalea e Big Sean. A coreografia era baseada nos passos originais feitos pela cantora no videoclipe da música, e o resultado ficou bem empolgante. Por alguma razão, até hoje ela não foi disponibilizada no Just Dance Unlimited.


Ievan Polkka

"Pari, pari, pari ri ri ri, jutsu dei nano". A cantora da carismática e incompreensível Ievan Polkka é a Hatsune Miku — uma personagem fictícia que surgiu por meio da dublagem de um software sintetizador de vozes. Mesmo sendo uma cantora virtual, ela conseguiu se tornar uma estrela pop japonesa bem conhecida e já fez até algumas apresentações pelo mundo.



Depois de ter um vídeo viralizado no qual aparecia balançando um alho-poró para cima e para baixo, Hatsune Miku apareceu no Just Dance 2016. A coreografia de Ievan Polkka traz o mesmo alho-poró na mão da dançarina e é uma delícia de tão divertida e saltitante. Está disponível no Just Dance Now.

Follow the Leader

Qualquer música de Just Dance da qual Jennifer Lopez faça parte é divertida e faz falta no serviço de streaming, incluindo On The Floor e I Luh Ya Papi. Mas Follow the Leader, um poderoso reggaeton da dupla Wisin & Yandel com participação da cantora norte-americana, é a minha favorita e traz uma coreografia bem marcante.



Com um cenário baseado em uma oficina, alguns dançarinos aparecem ao fundo e acompanham a dançarina principal que executa uma coreografia intensa que faz jus às fortes batidas da música. Divertida e caliente.

Dançando

“Dan dan dan dan, dan dançando”. Foi com um dos sucessos da maravilhosa Ivete Sangalo que o Brasil emplacou a primeira música totalmente em português em um Just Dance. O hit Dançando teve sua estreia no Just Dance 2014, com uma coreografia bem brasileira e cheia de ginga.



É Impossível não se empolgar com a coreografia do refrão, que fica grudado na cabeça com “a mão na cabeça” e “a mão na cintura”. Seria uma excelente adição ao catálogo do Just Dance Unlimited, que já conta com outras canções brasileiras como Bang e Te Dominar.

Scream & Shout

Uma colaboração de will.i.am e Britney Spears, a agitada Scream & Shout marcou presença no catálogo do Just Dance 2017 e tinha duas versões. A mais fácil era a classic, que trazia quatro dançarinos vestidos de preto e dourado e que às vezes precisavam trocar de lugar, como exigido pela coreografia. Apesar disso, os passos eram fáceis de executar.



Quem quisesse se aventurar pela versão extreme encontraria um desafio bem maior, com apenas um dançarino em uma coreografia pesada e cheia de movimentos. As duas versões são excelentes e seriam adições muito interessantes ao Just Dance Unlimited.


Funhouse

I’m gonna burn it down!”. Cantada por P!nk, Funhouse foi uma canção lançada como DLC originalmente em Just Dance 4 — também foi disponibilizada para compra em Just Dance 2014 e Just Dance 2015. Infelizmente, nos jogos posteriores não é possível jogá-la devido a sua ausência no Just Dance Unlimited.



Nessa rotina, dançamos seguindo a coreografia de uma bailarina enlouquecida em um palco, em uma temática circense.

Rich Girl

Rich Girl foi um dos maiores hits que tocaram sem parar em 2004, lançado por Gwen Stefani em seu primeiro álbum solo. A canção fez parte do tracklist de Just Dance 2014 com duas versões — ambas são tão legais que deveriam o quanto antes fazer parte do Just Dance Unlimited.



A versão classic da música se passa em um palácio egípcio, onde nossa dançarina poderia ser a própria Cleópatra. Mas, se o desafio não for suficiente, você pode gostar da versão with a chair, que, como o nome diz, exige que o jogador providencie uma cadeira para executar a performance.


Dark Horse

Katy Perry é uma figura recorrente nos títulos da franquia, aparecendo desde a primeira edição do jogo com Hot N Cold. Um de seus mais recentes sucessos, Dark Horse, apareceu no Just Dance 2015, trazendo uma coreografia fácil e viciante, com um estilo egípcio inspirado no clipe original da canção.



Apesar de outras músicas de Katy Perry estarem presentes no Just Dance Unlimited, por alguma razão Dark Horse ainda não deu as caras. E a gente realmente quer muito essa música, Ubisoft. “There’s no going back”.

Bad Romance (Extreme

É impossível não se empolgar quando Bad Romance, um dos maiores sucessos de Lady Gaga, começa a tocar. Ela apareceu inicialmente em Just Dance 2015 com duas versões diferentes e ambas baseadas na coreografia original da canção, com direito às mãozinhas de monstro e tudo.



O Just Dance Unlimited já conta com a versão classic de Bad Romance no catálogo, mas infelizmente não podemos dizer o mesmo de sua versão extreme. Essa segunda versão é muito mais fiel à coreografia oficial — consequentemente, é bem mais difícil. Mas, acredite, a alta dificuldade é recompensada por uma das rotinas mais divertidas já feitas no jogo.

Where Have You Been

Eu gostaria que todas as músicas da Rihanna estivessem presentes no Just Dance Unlimited, mas até o momento, nenhuma está. Se fosse preciso escolher apenas uma do excelente tracklist da cantora de Barbados, Where Have You Been seria a melhor candidata.



A música apareceu pela primeira vez no Just Dance 2014, trazendo várias versões. Em sua variante classic, a coreografia era bastante desafiadora, executada por uma dançarina vestida de vermelho em um cenário vulcânico, como se fosse uma deusa dos vulcões.

Além das dez músicas que eu citei, existem muitas outras ausentes no serviço e que seriam muito bem-vindas, como She Wolf (David Guetta e Sia), Pump It (Black Eyed Peas) e We Can’t Stop (Miley Cyrus). E você, caro leitor, de qual música você sente mais falta?

Colaboração: Douglas Carvalho
Revisão: Luigi Santana
Marcelo Vieira é formado em Análise de Sistemas na UCAM e trabalha com infraestrutura Linux. Sua educação gamer inclui clássicos como Sonic, Super Mario e Resident Evil e é apaixonado pela Nintendo, mas encontra ótimas experiências em outras plataformas. Pode ser encontrado no meio de alguma Turf War, no Facebook e no Instagram.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook