Diablo III: Eternal Collection (Switch) recebe análise técnica

Confira os resultados da análise sobre a resolução e os quadros por segundo no híbrido da Big N.


A Digital Foundry publicou uma nova análise técnica para o Diablo III: Eternal Collection (Switch) hoje (6), revelando aspectos bem interessantes. A resolução final de Diablo III no modo dock é em 900p. Entretanto, é possível encontrar quedas para 1344 × 756, geralmente durante alta ação com muitos efeitos especiais. Além disso, a resolução portátil tende a se estabilizar em 720p nativo, mas pode cair para 960 × 540.


No que diz respeito aos visuais atuais, Diablo III no híbrido da Big N parece estar mais alinhado com as versões da última geração do jogo. Porém, o bloom effect que está presente no PlayStation 4 e no Xbox One está ausente no Switch, além da possibilidade de haver menos partículas quando a ação fica muito intensa. Felizmente os visuais permanecem consistentes no modo portátil.

O Diablo III tem como objetivo 60 quadros por segundo no Switch e quase sempre consegue atingir essa marca. É possível perceber pequenas quedas eventualmente, mas é essencialmente consistente e contínuo. Esta é uma melhoria significativa em relação às versões da última geração. Confira a análise completa da Digital Foundry:

Paulo Vinícius é estudante e apaixonado por games desde seu primeiro contato com Duck Hunt e Ice Climbers do nintendinho em 2002. Fanático por Pokémon e admirador de diversas franquias, reúne seu tempo livre para escrever e tentar colocar suas séries em dia. Está no Facebook e Instagram.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook