Perfil

Kamek: mais do que um magikoopa genérico

Conheça Kamek, o grande “protagonista” de Mario Party, inimigo número 1 de Yoshi e padrinho do Bowser.



No início de Super Mario Party, os amigos do agora ex-encanador decidem fazer alguns jogos para se divertirem. Todos aprovam a ideia, inclusive Bowser, o eterno rival de Mario. Assim, algumas regras precisam ser estabelecidas e juízes são necessários para o bom andamento das competições. Mario indica Toad e Toadette. Bowser escolhe Kamek. Juntos, os três vão ditar as regras das partidas no game, mas caberá ao magikoopa disponibilizar todas as “armadilhas” para retirar estrelas, moedas ou itens dos competidores.

Kamek possui, sem dúvida, uma grande importância nas competições. Sua escolha, no entanto, não foi aleatória. Seu passado garantiu uma vaga de destaque em Super Mario Party.


Teu passado te condena

Kamek apareceu pela primeira vez no game como o principal inimigo em Super Mario World 2: Yoshi’s Island. Na trama, ele tenta sequestrar os bebês Mario e Luigi porque havia previsto que ambos poderiam causar diversos problemas aos Koopas. O plano falha e Kamek consegue capturar apenas Luigi, restando Mario (sob a proteção dos Yoshis).





Essa primeira aparição tornou Kamek o inimigo número 1 de Yoshi. Em Yoshi’s Island DS, por exemplo, ele é o último e mais poderoso chefe a ser enfrentado. Assim, a lógica se repete em vários outros jogos que possuem Yoshi como protagonista e, consequentemente, Kamek como seu antagonista. Ele é, portanto, um dos três grandes vilões da franquia Yoshi (os outros são Baby Bowser e Bowser Jr).

Kamek também já foi confundido com outros magikoopas genéricos que haviam aparecido nos jogos da franquia Mario. A aparição em Super Mario 3D World, por exemplo, não é a de Kamek, o arqui-inimigo de Yoshi, mas de uma criatura com habilidades similares. A raça de Kamek, os magikoopas, são seres bem parecidos tanto fisicamente quanto em poderes. Eles podem, por exemplo, fazer uso de feitiços mágicos, teletransportar, duplicar, aumentar os poderes dos aliados e aumentar o tamanho das criaturas.

Se Kamek não é um magikoopa genérico, o que o torna, então, diferente dos outros? O que há de tão especial em Kamek?

Kamek e Bowser: relação familiar?

O temível Bowser possui um lado afetivo e, por assim dizer, “humano” (no bom sentido da palavra). E Kamek representa justamente um laço familiar ao nosso estimado vilão. Kamek é considerado o padrinho de Bowser ou, no mínimo, sua relação primária.

Só isso já faz com que Kamek não seja apenas um rostinho koopa disposto a  tomar o Reino do Cogumelo. Ele é uma espécie de figura paterna e orientador do Bowser. E, conforme mencionamos acima, nos games em que temos as versões bebês de Luigi e Mario, Kamek é o responsável por cuidar do também bebê Bowser.





Além da relação afetiva, Kamek integra a Tropa Bowser, isto é, uma espécie de exército de alto escalão do vilão. Esse grupo é, portanto, um conjunto de notáveis personagens escolhidos por Bowser para liderar e derrotar seus inimigos mais poderosos. Portanto, esse time não é composto por qualquer um. Apenas os mais fortes, sendo que, Kamek é um dos mais poderosos integrantes.

As aparições em Mario Party

Kamek esteve praticamente em toda a série Mario Party. A primeira aparição ocorreu em Mario Party 2, na Terra do Horror. Desde então, sua figura é constante nos games da franquia. 

Em Mario Party DS, Kamek tem um tabuleiro só dele, o Kamek’s Library. Além disso, no modo história, ele é um dos articuladores do plano para derrotar Mario e seus companheiros tornando-se um dos chefões no seu próprio campo de jogo.





Outra aparição de destaque de Kamek ocorre em Mario Party 10. No jogo, o vilão é nada mais, nada menos, que o chefe final. Ele aparece em uma versão gigante no campo Airship Central.

Kamek e Super Smash Bros.

Apesar de Kamek ter uma grande importância para as franquias de Mario e Yoshi, conforme foi dito anteriormente, ele não costuma ser uma figura recorrente no principal jogo de lutas da Big N.

Sua aparição ocorre em Super Smash Bros. Brawl e Super Smash Bros. for Wii U, apenas como um assist trophy. Além dos dois jogos, há a presença de Kamek como inimigo no modo Smash Run, exclusivo no Super Smash Bros. for Nintendo 3DS.





Com o lançamento do novo Super Smash Bros. Ultimate, os fãs das franquias Mario e, principalmente Yoshi, questionaram a ausência, pelo menos até o momento, de Kamek. Tudo o que sabemos é que ele ainda não é um personagem jogável (talvez possa ser inserido futuramente ou, no mínimo, ter algum modo, minigame ou fase com sua presença). A verdade, no entanto, é que Kamek nunca teve um grande destaque no principal jogo de lutas da empresa japonesa.

Kamek: o dono da festa?

Se, por um lado, Kamek não está tão presente assim em Super Smash Bros., por outro, sua presença em Super Mario Party é quase que obrigatória. O que seria de nós sem aqueles Bad Luck Spaces com aparições de um Kamek “malandro” doido para nos levar a derrota? Ou, quem sabe, quando um amigo/npc/rival cai em um desses espaços no tabuleiro, nos dando aquela quase certeza de vitória?





Enquanto ele não sai como o desejável lutador que os fãs já pensaram, nos resta rir/chorar de suas peripécias em Super Mario Party ou ainda nas suas importantes aparições no universo Yoshi.

Revisão: Vinícius Fernandes


Rafael C. Oliveira é goiano e já foi astro do rock (no Guitar Hero), líder de uma grande civilização (no Age of Empires) e bem casado (no The Sims). Ele diz que está escrevendo um livro de ficção científica numa tentativa de fazer novos amigos assim. Você pode tentar convencê-lo de desistir dessa ideia absurda no Twitter ou Facebook dele.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook