Nintendo x Sega: a guerra dos consoles nos anos 90 vai virar série de TV

Console Wars, antigo projeto para o cinema de Seth Rogen e Evan Goldberg, agora vai virar minissérie para a TV com direção de Jordan Vogt-Roberts.


Finalmente parece que a história da acirradíssima disputa entre SEGA e Nintendo no mercado de vídeo games, no início dos anos 90, vai sair do papel. Depois de terem anunciado, ainda em 2014, que adaptariam ao cinema o livro “Console Wars” (A Guerra dos Consoles), de Blake J. Harris, Seth Rogen e Evan Goldberg agora confirmaram que a história vai virar uma minissérie para a TV pelas mãos da produtora Legendary Television.


O livro — cujo nome completo é “A Guerra dos Consoles. Sega, Nintendo e a Batalha que Definiu Uma Geração” — narra de forma livre os bastidores da batalha dos consoles na década de 90. Em especial no lado da SEGA, que contou com um marketing agressivo e com a chegada do executivo ex-Mattel, Tom Kalinske, para abalar a hegemonia da gigante Nintendo no mercado americano de games. E, claro, a chegada de um certo ouriço azul também ajudou no processo.
Tom Kalinske e Sonic sacudiram a SEGA (e a indústria) nos anos 90 (Foto: TecToy)
Jordan Vogt-Roberts, roteirista e diretor de “Kong: A Ilha da Caveira” e constantemente cotado para dirigir a adaptação para as telonas de Metal Gear Solid, será o diretor dos episódios. O piloto contará com roteiro escrito por Mike Rosolio (American Vandal). Rogen e Goldberg seguem como produtores executivos através de sua produtora Point Grey Pictures, que já levou para a TV a série baseada em “Preacher”.

E se você ainda não leu o livro de Blake J. Harris, não sabe o que está perdendo! É uma viagem fantástica ao período que marcou para sempre a indústria dos games. Se quer saber mais sobre essa batalha épica, clica nessa matéria especial que fizemos sobre o tema.

Fonte: Variety
Carlos Eduardo Cirne escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook