Conheça os modos de Super Smash Bros. Ultimate — Smash

Afinal, é bem fácil ficar perdido em um jogo completo como esse.

Os jogos da série Smash Bros. geralmente são bem grandes e lotados de conteúdo. Cheios de opções, modos de jogo e objetos digitais colecionáveis (como troféus, stickers, spirits) para entreter até o mais cético quanto aos jogos de luta — Smash, afinal, é um jogo diferente. No entanto, em meio a esse universo de opções, às vezes é interessante parar e ver com calma quais são exatamente todas essas possibilidades de jogo. Hoje, começaremos vendo tudo que se pode fazer dentro da aba “mais importante" de Smash Ultimate, que, não por acaso, é chamada de Smash

SMASH



O foco da franquia Smash Bros desde os seus primórdios: o modo Smash — ou melhor, a porradaria generalizada dos "bróders". Junte no "ringue" (em 103 estágios diferentes) até 8 pessoas simultaneamente (seus amigos ou o CPU) e jogue um bom e velho "cada um por si" ou divida a galera em times. 

O primeiro passo aqui é criar um (ou vários) conjunto/s de regras. O modo central da partida é dividido em três estilos: Time (tempo), no qual o objetivo é conseguir o maior número de abates (kills) durante a duração da partida; Stock, em que você e seu/s oponente/s possuem um número pré-determinado de vidas, e quem sobreviver até o final é o vencedor; e Stamina, modo que troca o tradicional sistema de porcentagem de dano por uma "barra" de vida — assim, quando o seu HP (health points) acabar, você perde. Lembrando que o estilo Stock ainda permite que você escolha um tempo de duração para a partida, e no Stamina, além do tempo, você também pode decidir o número de vidas (stocks). 


Outras opções gerais são: ligar ou não o FS Meter — a "barrinha" de especial que se preenche durante a batalha —, ligar ou não os spirits — itens equipáveis em forma de personagens de videogame que podem alterar diversos atributos do lutador —, ligar ou não o handicap — recurso no qual os jogadores podem escolher começar a partida já com certa porcentagem de dano, com o objetivo de equilibrar o jogo —, decidir o nível de dificuldade/inteligência do personagem controlado pelo CPU — do nível 1 até o 9 —, decidir como se dará a escolha de fases/estágios — livre, ordenada por jogador, decidida pelo perdedor da última partida, em ordem, aleatória, só modo battlefield (fase reta com três plataformas) e omega (fase reta, estilo final destination), só battlefield e só omega — e, por final, decidir ativar todos ou alguns dos 82 itens e sua frequência de aparição (baixa, média e alta) e escolher quais estágios você quer que apareçam no random (escolha aleatória de fase). 


Algumas opções avançadas também estão disponíveis, como: alterar o número total de vitórias para vencer o jogo, ligar ou não o stage morph (quando você escolhe 2 estágios para uma mesma partida) e definir o intervalo de tempo da alternância entre eles, ligar ou não os stage hazards — elementos inconstantes dos estágios, como inimigos e objetos que causam dano —, ligar ou não o team attack, também conhecido como friendly fire — a habilidade de você atacar o seu parceiro durante uma partida em equipe —, mudar a launch rate — a intensidade com a qual o personagem é lançado longe após receber um ataque —, ligar ou não o underdog boost — um bônus de poder que o jogo concede ao jogador que está perdendo a partida —, ligar ou não a habilidade de pausar o jogo, ligar ou não a habilidade de ver a porcentagem de dano de cada personagem, e ligar ou não o aparecimento do score individual de cada jogador durante a partida — número de abates (kills). 

Como você pode ver, são muitas as formas de se jogar Smash Bros. Tente diferentes combinações e divirta-se!

SQUAD STRIKE



Um novo modo, introduzido pela primeira vez agora em Super Smash Bros. Ultimate, mas considerado um certo clássico em outros jogos de luta. Como o nome sugere, aqui colocamos um "esquadrão" de cada lado para disputar quem é o melhor — em modalidade 3 contra 3, ou 5 contra 5.

As regras são basicamente as mesmas do modo Smash, mas o modo central da partida é definido por três formatos distintos: Tag Team, Elimination e Best Of.

No Tag Team, assim que o primeiro personagem que você escolheu morrer, o próximo já entra na partida, mais ou menos como se cada vida fosse um personagem diferente. No Elimination, cada escolha de personagem joga uma partida, sendo que o vencedor continua para a próxima. E o Best Of 3 ou 5, personagens se enfrentam em uma melhor de 3 ou 5 partidas — o time que ganhar mais vezes é o vencedor do Best Of.

TOURNEY



No melhor estilo Dragon Ball, o modo Torneio, que se absteve do último Smash Bros. para o Wii U, agora volta com tudo — cheio de chaves e posições para você e até 31 amigos decidirem, enfim, quem é o melhor de todos. O número de participantes pode variar de 4 a 32, mesclando humanos e CPUS como você achar melhor, e 4 formatos de torneio diferentes estão disponíveis.

SPECIAL SMASH

Desta vez, o Special Smash está dividido em três modos diferentes para deixar toda a experiência Smash Bros. ainda mais caótica e maluca. São eles: Custom Smash, Smashdown e o tradicional Super Sudden Death



O modo Custom Smash permite diferentes combinações de regras para você criar, verdadeiramente, o seu próprio modo especial. As alterações não são tão numerosas, mas afetam o jogo profundamente. Divididas em categorias de tamanho, itens para cabeça, itens que alteram o corpo, status, peso, velocidade e câmera, partidas bastantes confusas e específicas podem acontecer através das diferentes combinações dessas categorias.

As alterações de regras são: quanto ao tamanho (size)mega, que deixa o personagem gigante, e mini, que deixa ele pequeno —, para a cabeça (head) flower, que coloca o item que drena vida no seu personagem, e bunny, que disponibiliza o item Bunny Hood para o seu personagem saltar mais alto —, para o corpo (body)metal, corpo metálico, clear, corpo invisível, tail, cauda que faz o personagem flutuar assim como em Mario Bros. 3, rocket belt, item que dá a habilidade de voar com um jetpack, screw attack, item baseado no ataque da Samus na série Metroid e back shield, item que defende projéteis vindos de trás —, quanto ao statuscurry, o item que faz o personagem cuspir fogo sem parar, e reflect, item que reflete projéteis —, quanto ao peso (weight)light, que deixa o personagem muito mais leve, e heavy, que deixa mais pesado, ambos principalmente em relação aos pulos — quanto à velocidade (speed)slow, que deixa o personagem mais lento, e fast, que deixa mais rápido — e quanto à câmera do jogo (camera)fixed, que deixa a câmera parada no mesmo lugar, e angled, que coloca a câmera um pouco acima da ação da partida. 



O modo Smashdown é um dos mais interessantes e diferentes de toda a série Smash Bros, e faz a sua estréia agora nessa nova versão para o Switch. Basicamente, a batalha segue até que todos os personagens tenham sido utilizados pelo menos uma vez. E toda vez que você escolher alguém para batalhar, esse personagem não poderá mais ser usado por ninguém. O grande vencedor é aquele que tiver mais vitórias quando todos os personagens acabarem. ]

Esse é um modo que realmente obriga você e os seus amigos a jogarem com um grande número de personagens diferentes, inclusive alguns que vocês provavelmente nunca usaram antes. Por isso, o Smashdown pode ser uma boa alternativa para variar um pouco o ritmo — e, claro, lembre-se de roubar os "mains" da galera sempre que possível para garantir um pouco daquele caos e competitividade típicos do "Smashzinho". 



Por fim, o Super Sudden Death entrega exatamente o que ele promete: sudden death, ou melhor, a morte súbita. Aqui, todo mundo já começa com 300% de dano e pode morrer com apenas um ataque inimigo. No entanto, em Smash Bros. Ultimate, diferente de outros títulos da franquia, as bombas não caem mais do céu após alguns minutos. Agora, toda a tela vai se aproximando cada vez mais da ação, criando um clima de tensão e imediatismo digno de uma morte súbita.

CONTROLS



Este não é bem um modo, mas é interessante comentar o que pode ser feito e alterado na seção dedicada aos controles do jogo. Cada nome de jogador pode salvar as suas próprias configurações de controle e alterar quase todos os botões para cada um dos controles permitidos no jogo (gamecube, pro controller, joy-con no grip, Switch no modo portátil e joy-con virado de lado).

Lembre-se de dar uma olhada na parte chamada "other settings", em que você pode ligar e desligar o tremer do controle (rumble), ligar e desligar o smash attack pela combinação do botão A com o B, ligar e desligar a habilidade de saltar colocando para cima na alavanca analógica, e mudar a sensibilidade da alavanca (baixa, média ou alta). São várias opções diferentes de controle, com certeza você consegue encontrar uma que é ideal para destruir os seus amigos — qualquer coisa, é só mudar e testar outras opções.

Revisão: Vinícius Rutes

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook