Por que a Nintendo não faz um MMO de Pokémon?

Analisamos algumas hipóteses que dificultam a ideia de um provável Pokémon MMO.



A Nintendo nunca cogitou essa possibilidade. Não tivemos sequer um rumor ou qualquer informação desde o início da franquia Pokémon de que um Multiplayer online chegaria em algum momento. No entanto, mesmo sem tocar no assunto, nós sempre quisemos um MMO de Pokemon, independente do que a Big N pensa disso.

Hipótese 1: O sucesso impede modificações 

Como o titulo desta matéria sugere, nós vamos tentar entender os motivos que fazem com que a empresa japonesa considere, pelo menos até o momento, impensável um Pokémon que agrade os fãs.




A nossa teoria/hipótese número um é que a franquia Pokémon é um sucesso tremendo. Ora, como assim? Se você analisar um pouco os jogos e suas respectivas gerações ao longo dos anos você vai perceber que, tirando os gráficos, os novos monstrinhos de cada fase e alguma especificidade das batalhas, pouco mudou em Pokémon.

Sabe aquele ditado que diz que “em time que está ganhando não se mexe”? Pois bem, a franquia arrecadou cerca de 220 bilhões. Essa cifra representa, a fins de comparação, muito mais do que Harry Potter e Star War, com 98 e 160 bilhões, respectivamente.

Se está dando certo, por que a Nintendo promoveria uma mudança tão brusca em seus jogos? Mas, você deve ter pensando na possibilidade de se criar uma série MMO desvinculada dos lançamentos principais, isto é, um spin off, como é Pokémon GO, Shuffle e outros. Vamos, então, para nossa segunda hipótese.

Hipótese 2: a Nintendo e os jogos MMO

A Big N não é uma empresa que investe muito em MMOs. Aliás, o tal do online nunca foi o forte da Nintendo. Ainda que vários de seus jogos ofereceram multiplayer online, eles são feitos de maneira bem tímida e simples. Sem nenhuma novidade ou complicação.

A empresa sempre deixou claro que seu foco com seus consoles sempre foi atingir os jogadores casuais como famílias e amigos. Para isso, o multiplayer local realmente é o ponto alto dos consoles. Vários jogos oferecem modos que envolvem toda a família e no final das contas é a diversão coletiva que vale.

É claro que a Nintendo possui seus jogos para o público mais exigente e hardcore, mas boa parte de suas produções envolvem jogos como Mario Party, Arms, 123 Switch e outros similares. Quanto a jogos que são exclusivamente online, Splatoon foi a mais grata surpresa recentemente.





Esperamos, claro, que a postura mude (e pelo visto tem mudado), mas Pokémon definitivamente parece ainda não estar nos planos da Nintendo para ser o protagonista desta grande mudança.

Hipótese 3: a essência de Pokémon

Muitos argumentam que Pokémon é uma jornada para se tornar o número 1, um verdadeiro mestre. A premissa é tão verdadeira que ao final dos jogos de qualquer geração, o nosso objetivo é vencer os melhores colocados e chegar ao topo. Após a longa jornada e o desafio final, você é, de fato, o número 1.

Como essa ideia se aplicaria em um MMO? Se pensarmos que o MMO é um jogo contínuo, então logo vamos perceber que não é possível se tornar o número 1. Talvez o mais provável de ocorrer é que tenhamos uma infinidade de lutadores no topo.





No final das contas, você não é o número 1 e jamais será. sso pode ser, para alguns, um dos motivos que fazem com que a Nintendo resista à ideia de um jogo multiplayer online e de mundo aberto.

Eles podem mudar de ideia e se atualizarem quanto a esse conceito, certo? Ora, é bem possível, mas talvez não acontece por conta da hipótese 1.

Hipótese 4: Já existe o Pokémon GO

O mais próximo que temos de jogar Pokémon com os amigos se chama Pokémon GO. Ele já mobilizou e ainda mobiliza muitas pessoas para caçarem criaturas em conjunto pelas cidades e se juntarem para batalhar e adquirir novas espécies.





Pokémon GO é, portanto, o mais próximo de um MMO que temos até porque a graça de um jogo de mundo aberto online é a quantidade de players interagindo. Os smartphones são os produtos de tecnologia mais consumidos hoje e eles garantem um enorme público para qualquer jogo mobile. Com Pokémon não seria diferente e ele vai para além disso, afinal, o jogo da Niantic está sempre no topo das listas de mais baixados.

Pokémon GO não acaba com a hipótese 3 e abre portas para novas possibilidades. Talvez. Mas é bom lembrar que o jogo sofreu várias descaracterizações para se tornar jogável nos mobiles. Pokémon GO em hipótese alguma poderia se parecer com os jogos principais ou isso comprometeria as vendas. Dessa forma, a hipótese três pode ser mantida.

Qual a sua hipótese?

Como você deve ter percebido, tudo o que foi dito são reflexões com base em algumas análises. Outras tantas são possíveis e é por isso que acreditamos que nossos leitores possam ter suas próprias visões a respeito do assunto.

O fato é que, mesmo com o ambiente desfavorável, todos acreditamos, lá no fundo, que um dia a Nintendo possa lançar o tão sonhado MMO de Pokémon.

Revisado por Vinícius Rutes


Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook