Diretor de Fire Emblem: Three Houses (Switch) explica a ausência do "triângulo de armas" no título

O sistema estilo pedra, papel e tesoura era uma das características mais marcantes da série da Nintendo.


O triângulo de armas, uma das características mais marcantes da franquia Fire Emblem, não está presente na mais nova entrada da série no Nintendo Switch, Fire Emblem: Three Houses. Mas o sistema, que proporciona vantagens e desvantagens entre os três tipos de armas do jogo (algo como pedra, papel e tesoura), foi eliminado por um motivo.


O diretor da série, Toshiyuki Kusakihara, explicou a motivação por trás da ausência, confira:
“Achamos que o triângulo das armas é um pouco estilizado, não é realista. Se você tem uma situação em que um usuário de machado novato derruba um usuário de lança avançada, bem, isso faz sentido? Provavelmente não. Então, queríamos fazer algo que parecesse mais realista para a guerra e fazer com que os jogadores desenvolvessem suas habilidades com armas individualmente.”
E você, leitor, está contente com esta busca por mais realismo em Fire Emblem: Three Houses ou prefere as possibilidades estratégicas proporcionadas pelo triângulo de armas?


No currículo tem publicidade e jornalismo, mas no coração tem games. É um entusiasta da história dessa indústria infame e um colecionador esporádico. Se quiser conversar sobre a guerra dos consoles e outros assuntos, pode mandar uma mensagem no Twitter para @carloscirne

Comentários

Google
Disqus
Facebook