Presidente da Nintendo diz que a censura nos jogos pode comprometer a diversidade na indústria

Diferentemente de outras plataformas, a Big N vai deixar a CERO tomar as decisões.


A Nintendo disse, durante a sua 79° reunião de acionistas, que está satisfeita em deixar as decisões de censura para os sistemas de classificação. O presidente da empresa japonesa, Shuntaro Furukawa, comentou sobre as outras plataformas que aplicam restrições independentemente da CERO (organização que classifica os softwares de videogames e computadores no Japão).


Esta foi a sua resposta em nome da empresa:
A Nintendo, assim como outras third-parties e seus softwares, se candidatam a uma classificação objetiva de organizações terceirizadas antes do lançamento. Se as donas de plataformas escolherem arbitrariamente, a diversidade e a equidade no jogo seriam significativamente inibidas. Fornecemos controles para pais que podem ser usados para aplicar limites.
De acordo com o presidente da Big N, o controle parental também pode ser usado para impedir o público mais jovem de acessar conteúdos com temas mais adultos.

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook